Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 20 de Outubro 2017
Por Maria Helena


A(nota)mentos
Kira – um artista com o Barreiro escrito no seu sangue


Rosto da Semana – Barreiro
Augusto Sousa – um exemplo do fazer cidadania


Por dentro dos dias - Barreiro
“Felizmente há luar”!


Inferências - Barreiro
A afirmação do «bloco central» da região de Setúbal


COLUNISTAS
Vigiar e intervir antes de ser tarde demais!
Por Nuno Banza
Barreiro


Coerências
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


AUTARQUIAS e CONTABILIDADE DE CUSTOS
por José Caria
Montijo


Sobre maiorias e nem tanto
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


Notas soltas
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Baixa da Banheira, uma questão de memória
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


BASTIDORES
Barreiro - Freguesia de Santo António da Charneca
Tomada de Posse dos novos órgãos autárquicos


Almada - Europa Social debatida na Costa de Caparica
Seminário internacional reúne dezenas de sindicalistas de vários países da Europa


Social-democratas na reunião da Assembleia Distrital de Setúbal
Analisam Fogos florestais e constrangimentos da Soflusa


Eduardo Cabrita do Barreiro
Vai ser o novo Ministro da Administação Interna


PSD Barreiro
Retira propaganda eleitoral


Continuar a intervir pelas aspirações dos trabalhadores e do povo do Barreiro
Resultados eleitorais verificados não reduzem a determinação do P


CDU vence as eleições autárquicas em todas as autarquias do Concelho da Moita
Merecendo uma vez mais a confiança do povo do nosso concelho


Situação da EMEF no Barreiro
PCP questionou Governo


Bloco de Esquerda nas Autárquicas no Concelho da Moita
Aumentou número de votos em todos os órgãos autárquicos e autarcas eleitos


Concelhia do Barreiro do Bloco de Esquerda
«Subiu a votação quer em número de votos, quer em termos percentuais»


Construir um melhor Barreiro em conjunto com todos quantos queiram colaborar neste objetivo.
Move-nos a ambição de dar futuro à terra que amamo


Com a vitória do PS o distrito de Setúbal
Ganhou condições para afirmar-se como um distrito moderno e cosmopolita


CDU é a força mais votada na Região de Setúbal
sublinha a Organização Regional de Setúbal do PCP


CDS Barreiro apela ao entendimento no futuro executivo camarário
De forma à obtenção de uma solução estável e promotora do crescimento


ENTREVISTA
Dois jovens de Huelva para o Barreiro
«Nós nos enamorámos pelo Barreiro»



AS EMPRESAS
Palmela - Porto de Setúbal já exporta novo modelo da Volkswagen
1800 T – ROC tiveram primeiro embarque


DESPORTO
Barreiro - Jornada Campeonato Nacional Veteranos Badminton
Cidade do Barreiro no mapa do Badminton Nacional.


Moita - 1º Passeio de BTT CRI/abreOLHOS
Inscrições estão abertas


Um regresso de equipas do Barreiro a competições internacionais
GDESSA nas competições europeias de clubes


A 1ª Regata de Remo de Mar no Barreiro no Clube Naval Barreirense
4ª Etapa do Circuito Nacional de Remo de Mar - Fundação do Desporto - 2017


Clube de Vela do Barreiro
Maria Tavares termina no 4º lugar da geral (3º feminino) no Nacional de Iniciados


PERSONALIDADES
»Regina Janeiro - Aprendi tanto que o Barreiro tinha para me ensinar»
Esta Terra também me marcou e passou a fazer parte da minha vida


AS ESCOLAS
Barreiro - Um ano de intensa atividade formativa em diversos países europeus
Atividades em países com vasta experiência em ensino bilingue


MagicBit, start-up de jogos digitais foi criada por dois diplomados do Politécnico de Setúbal
Incubadora de negócios IPStartUp lança primeira


IPS divulga oferta formativa e incubadora de negócios no Alegro Setúbal
Mostra de Oportunidades de Emprego decorre entre 20 e 21 de outubro


Na Escola Superior de Educação de Setúbal
Orquestra Académica Metropolitana em concerto no IPS


Barreiro - Duas turmas do 2º ano da Escola Básica Telha Nova 1 colocaram a ‘mão na massa’
«Cozinhar a Brincar» na Escola


Barreiro - «A Escola Somos Todos Nós 2017/18»
Subordinada ao tema «Os Nossos Moinhos»


Divulgação dos recursos educativos disponibilizados pelo Município da Moita
Quinzena da Educação marca arranque do ano letivo no concelho


REPORTAGEM
«Obrigado, por tudo o que fez pelo Barreiro»
palavras do Chefe do Estado Maior da Armada.


Doação do Espólio de Augusto Valegas
Honrado por ser um dos meus últimos actos com Presidente da CM do Barreiro


Barreiro - No ano dos 150 anos da velhinha lavradiense
O «Hino da SFAL» tocado por três bandas foi vivido com muita emoção


Barreiro - Concurso de Fotografia
António Mendes Rosa foi o vencedor
. Premiados Filipe Cardeira e Joaquina Coelho Bernardo


MOLDURA
Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro em reunião com administração do grupo Transtejo
Próximas semanas melhorias ao nível da limpeza dos na


Barreiro - ADAO – Associação Desenvolvimento Artes e Ofícios
Apresentação do Projeto «Love Music»


Barreiro - OUT.RA - Associação Cultural
Retorna com uma das verdadeiras lendas vivas do jazz mundial


Barreiro - Salão de Arte Postal
Promover uma cultura para a paz


Barreiro Rocks
Dias 3 e 4 de novembro


Barreiro - Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe
Fado enCante – Mestre António Chainho & Monda


Barreiro - Auditório Municipal Augusto Cabrita
Concerto com João Pedro Pais


Barreiro, Moita, Montijo, Seixal
OesteSustentável – Inscrições abertas para a competição interescolar
«Ventos de Poupança 2: Energia +


AUTARQUIAS
Barreiro - União de Freguesias de Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena
Tomada de Posse


Moita
Instalação dos Novos Órgãos Autárquicos


Montijo - Tomada de Posse dos Titulares dos Órgãos Autárquicos
Dia 20 de outubro no Salão Nobre dos Paços do Concelho.


No AMAC – Auditório Municipal Augusto Cabrita - Barreiro
Vai decorrer a tomada de posse do novo executivo Municipal


OPINIÃO
D. Manuel Martins fez-me «nascer de novo».
Por Eugénio Fonseca
Setúbal


Sobre o processo Autoeuropa Volkswagen
O antes e o agora, falta o depois!
Por Fernando Sequeira
Palmela


DIREITOS GARANTIDOS E NÃO TEMPORÁRIOS
Por Francisco Oliveira
Barreiro


ACÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL E O OSTOMIZADO, INTERNACIONALIZAR O NOSSO CONHECIMENTO
Potr Vitor Bento Munhão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Moita / Barreiro - NO Ginásio Atlético Clube da Baixa da Banheira
Isabel Angelino apresenta «Cante P’ra NÓS» a 21 de outubro


Barreiro – Na SFAL Sociedade Filarmónica Agrícola Lavradiense
Noite de Fados dia 28 de Outubro


Barreiro - Marcha Solidária da Associação de Mulheres com Patologia Mamária
Vai «pintar» o Barreiro de verde no dia 22 de Outubro


POSTAIS
Barreiro – Ardeu autocarro dos TCB
Estava parado e sem passageiros


Barreiro - Um abraço a Augusto Sousa na hora da despedida
Porque a vida é sempre...uma aprendizagem em todo o tempo que vivemos


Barreiro - Associação Vem Vencer
A nova carrinha já está ao serviço da comunidade


«Aqui na margem sul - no Barreiro - encontrei um grande Mestre»
Salientou Sei Miguel na abertura do segundo espectáculo do OUT.FEST


ARTES
Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro
Concerto de Canto e Órgão


TAS - Teatro Animação de Setúbal
«A Noite dos Poetas»


AGENDA
FORUM BARREIRO
Castello Lopes Cinemas
Programação Semanal


No Auditório Municipal Augusto Cabrita - Barreiro
AMAC Júnior


EUROPA
Rede Europeia de Cidades do Vinho
Vai promover o Dia Europeu do Enoturismo


entrevista rostos.pt - o seu diário digital

Barreiro - Uma viagem pela obra de André Letria
A Foxy e Meg continuam presentes na memória de pais e filhos

Barreiro - Uma viagem pela obra de André Letria <br />
A Foxy e Meg continuam presentes na memória de pais e filhos<br />
Até ao próximo dia 21 de Maio está patente ao público, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, uma exposição de André Letria, tendo como tema «Vaga Mente», que junta ilustrações de origens e de períodos diversos que permitem viajar pela vida criativa do ilustrador.

“As pessoas, felizmente, continuam a comprar livros para os miúdos e, nós, notamos que existe uma geração de pais, com crianças dos 6 aos 10 anos, que está muito atenta aos livros de qualidade”, salienta André Letria.

André Letria, é natural de Lisboa, tem 43 anos e assume – “sou do Benfica”. Já conhecia o Barreiro, marcou presença na Ilustrarte e, mesmo antes desse evento realizou uma exposição na Biblioteca Municipal do Barreiro.
Os seus trabalhos estão até dia 21 de Maio no Auditório Municipal Augusto Cabrita. Não perca esta oportunidade.
No decorrer da exposição alunos das escolas do ensino básico vão visitar e conversar sobre os livros e o autor.
Enquanto, estávamos por ali, escutámos, uma professora do Ensino Básico, da Escola Laura Seixa, a dialogar com André Letria – “Queria pedir-lhe um autógrafo. Sou sua fã. Estou a trabalhar na minha aula os seus livros”.

Foi um convite assustador

Após uma visita à exposição e nos deliciarmos com os trabalhos de André Letria, em breve conversa com o jornal «Rostos», o ilustrador referiu que a convite da Câmara Municipal do Barreiro, foi-lhe proporcionado o espaço do AMAC – “para preencher como eu quisesse”.
Refere que – “foi um convite assustador, eu já conhecia o auditório de outras exposições que fiz cá há alguns anos, mas que eram relacionadas com lançamentos de livros e portanto mais especificas”.
“De repente estar assim, com este espaço tão aberto e disponível só para mim tornou-se assustador ao inicio, não só pela área a preencher, mas pelo que isso implicava, até de esforço de recuperação de trabalhos antigos”, sublinha.

Uma viagem por 20 anos de ilustrações

“O que nós vemos nesta exposição é um conjunto de trabalhos que têm muitos anos, a maior parte deles, de livros que já estão esgotados e não têm reedições.
Não foi fácil fazer esta recolha e pensar sobre o que devia ser apresentado, ou não”, refere André Letria.
“Aqui na exposição estão uma série de trabalhos que abrangem, períodos que vão de acerca de 20 anos, até hoje, e que passam por uma área de trabalho de ilustração editorial para jornais e para revistas, de publicações como «Público», outras de publicações que já não existem. O conjunto mostra uma diversidade de trabalho que existia neste panorama editorial, que não se vê hoje, para além disso existem muitas ilustrações de livros, que é, no fundo, a minha actividade principal, como ilustrador de livros infanto-juvenis.
Essa é a área que ocupa a maior parte de exposição, até a uma área de ilustração para livros que tem a característica de serem livros de uma editora a Pato Lógico, que criei em 2010, que é a fonte prioritária do meu trabalho hoje em dia, aqui, neste espaço, estão as edições mais recentes.
Existem outras peças gráficas, cartazes com ilustrações minhas. A exposição dá um panorama geral do trabalho que tenho feito”

Aposta no trabalho dos ilustradores portugueses

Como é a vida de um ilustrador, hoje, em Portugal? – perguntámos.
“A vida de um ilustrador, hoje, é muito mais fácil que era no tempo que eu comecei, as coisas felizmente, mudaram para melhor, e, mesmo o facto de existir um número muito grande de ilustradores a trabalhar , que felizmente conseguem dedicar-se quase exclusivamente, só à ilustração. Apesar dessa concorrência, ela é saudável, e faz com que nós tenhamos esta necessidade de nos aperfeiçoarmos cada vez mais.
Faz que haja uma comunidade que trabalha, felizmente, com contacto muito próximo, e que nos obriga a elevar o nível constantemente, isso faz, que a ilustração em Portugal, seja vista lá fora, com qualidade e de dimensão mundial, tendo esse reconhecimento em Portugal.
Notamos que há essa perspectiva em relação a nós, ilustradores portugueses, o que está provado pelos trabalhos que os ilustradores vão fazendo, para jornais muito conceituados como o New York Times, até mesmo para editoras de referência ao nível mundial.
Trabalhar hoje, como ilustrador, é mais fácil porque há mais encomendas, o que significa que as editoras têm noção que vale a pena fazer a aposta no trabalho dos ilustradores portugueses.
Ainda há uma outra vantagem que se pode tirar daqui, com uma boa visão, que os livros para crianças, provavelmente são dos sectores editoriais, com maior sucesso. As pessoas, felizmente, continuam a comprar livros para os miúdos e, nós, notamos que existe uma geração de pais, com crianças dos 6 aos 10 anos, que está muito atenta aos livros de qualidade”.

Foxy e Meg na memória de pais e filhos

André Letria, na nossa conversa, recordou duas personagens que criou que o marcaram e marcaram gerações.
“A Foxy (raposa) e Meg (galinha), são personagens criadas para uma editora que já não existe, elas não tiveram uma vida muito longa, mas como foram criadas para uma colecção de livros de crianças pequeninas, de crianças que não sabem ler, sendo livros que serviam para tomar contactos com primeiros conceitos, com primeiras palavras, temas como a «Quinta», os «Opostos», as «férias».
Eram personagens curiosas, pelas características particulares delas, uma galinha e uma raposa que são amigas e invertem a ideia tradicional da inimizade, que acontece na vida real entre elas, mas, nos livros vivem de outra forma.
Esta colecção não é muito comum no nosso panorama editorial, dedicados a um público que não e muito trabalhado pelas editoras portuguesas, e, infelizmente, deixou de ter continuidade em formato de livro, mas transforam-se numa série de animação e acabaram por ir sobrevivendo, ao fim da editora, e, pelos vistos, deixaram marcas, há muitas pessoas que se lembram delas, pois os seus filhos foram crescendo com essa companhia”.

Uma sequência natural das coisas
Como descobriu o mundo da ilustração?
“Foi graças ao meu pai, o escritor José Jorge Letria, grande parte da obra dele é dedicada a livros para crianças. Como fui seguindo o meu percurso de estudante direcionado para a artes, acabei por entrar na Faculdade de Belas Artes, para tirar o curso de pintura, até lá chegar, sempre soube que era uma área relacionada com este tipo de trabalho que eu queria seguir, não sabia o que era ser ilustrador, mas foi uma sequência natural das coisas começar a trabalhar, como ilustrador para um livro que meu pai escreveu, começou como uma experiência. Foi um risco que se correu, mas foi a ordem natural das coisas. Foi como me inicie nestas lides, embora trabalhasse como paginador do JL – Jornal de Letras e já fazia ilustração de alguns contos, que escritores publicavam regularmente no jornal.”

10.03.2017 - 19:31
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2017 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

ROSTOS APOIA

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

PUB. - ANUNCIO

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND