Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 20 de Janeiro 2019
Por Maria Helena


Rosto da Semana – Barreiro
Agrupamentos da CNE – promover a cidadania activa


Rota 66 – Barreiro
«Podem ampliar aqui no Lavradio»


Rota 66
«Acordo de Geminação das Memórias» entre Peniche e Barreiro


A(nota)mentos - Barreiro
Pensar e projectar a construção de uma nova Biblioteca


Por dentro dos dias - Barreiro
Há dez anos o espaço murado da fábrica abriu-se à cidade.


Barreiro - Uma cidade com rostos é uma cidade com vida!
Sim, dava um filme…


Inferências - «Habemus Terminal»!
«Gostava de ver, no Barreiro, um Porto a sério»


COLUNISTAS
Lamento
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Silêncios supersónicos, o estranho caso do apeadeiro aéreo do Montijo
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


BEM VINDO 2019
Por José Caria
Montijo


Até amanhã Sr. Alexandre. Bom Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


A UBER AGRADECE
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


BASTIDORES
Deputado do PSD do distrito de Setúbal, Bruno Vitorino acusa o Governo
Problemas na travessia fluvial entre Barreiro e Lisboa sem fim à vista


Pedro Vasconcelos Almeida do Barreiro
Eleito Secretário Nacional da Juventude Socialista


Encerramento dos serviços de urgência dos hospitais do Barreiro e Setúbal
Nuno Magalhães quer esclarecimentos


Concurso para a aquisição de dez novos navios para a Transtejo
Juventude Popular do Barreiro acusa o Governo de enganar os barreirenses


Construção do futuro aeroporto do Montijo excelente notícia para distrito de Setúbal.
Número de postos de trabalho diretos e indiretos será superi


Sobre a decisão do Governo relativa ao Aeroporto do Montijo
PEV marca Debate de Atualidade
. Para a próxima 5ª feira


ENTREVISTA
Barreiro - TCB pode alargar serviço a concelhos limítrofes
Colaborar na mobilidade de Sesimbra, Palmela e Seixal para além da Moita
. Novos au


Desconstruir aquela ideia do Barreiro coitadinho
Projecto «Start XXI» uma aposta no desenvolvimento económico


DESPORTO
Boccia no Concelho de Palmela
Promove inclusão pelo desporto


Animação contagiante no Barreiro
2.° ENCONTRO DISTRITAL «JOGA +» AF SETÚBAL


Moita - Cerimónia de Entrega de Méritos Desportivos 2018
Valorizar atletas, treinadores e clubes do concelho


Barreiro – Remo do Clube Naval Barreirense
Deslocou 8 atletas ao «Abierto de Andalucia» em Sevilha


Equipa de Badminton do Luso Futebol Clube - Barreiro
Conquista 3º lugar no Torneio Regional de Equipas.


PERSONALIDADES
Barreiro - Faleceu João Nunes Feijão
Um nome indissociável da história da FRATER.


Barreiro - Faleceu José Paixão «O Zeca»
Um histórico do Hóquei em Patins do Grupo Desportivo da CUF


AS ESCOLAS
Politécnico de Setúbal desafia jovens a gerir uma empresa hoteleira
4.º Jogo de Gestão Interescolas mobiliza 184 alunos de todo o País


Concurso ONcontrol prolonga inscrições até 31 de janeiro
EST Setúbal /IPS desafia alunos do ensino secundário e profissional


Politécnico de Setúbal debate «Pobreza, Exclusão Social e Saúde»
Seminário agendado para os dias 1 e 2 de fevereiro


Escola Secundária de Casquilhos - Barreiro
Percurso por terras helénicas a partir do Projeto Erasmus


REPORTAGEM
Kira deu muito ao Barreiro, o Barreiro deve ajudar o Kira.
Um atelier e uma casa para viver com dignidade


Barreiro - Na Região de Setúbal serão assinalados 96 anos do CNE – Corpo Nacional de Escutas
Preparar os jovens para as profissões que ainda nã


Top Leitores da Biblioteca 2018
Todos premiados receberam «Uma viagem pelo Barreiro» de Bruno Vieira Amaral


Criação do Gabinete de Apoio à Vitima no Barreiro e Moita
Concretiza décima resposta no Distrito de Setúbal na Rede Nacional de Apoio às Vítima


Barreiro - «Sonhos...e ilusões» um livro onde as palavras se cruzam e florescem
Ler e conhecer...«um coração onde muitas marés bateram»


Barreiro - Gala da Diferença
«Prémio Personalidade» atribuído a Angelina Marques
. Uma noite de emoções fortes


MOLDURA
Em Grândola
Detido por recetação de material furtado


Santiago do Cacém - A grande mostra gastronómica do Alentejo
5.ª Edição do Festival da Enguia da Lagoa de Santo André apresenta iguaria de exce


Ordem dos Advogados - Delegação do Barreiro
Conferência «Justiça e a Saúde Mental»


No Auditório Municipal Augusto Cabrita - Barreiro
Bruno Nogueira com espetáculo «Depois do Medo»


Moita - Centro de Experimentação Artística – Vale da Amoreira
Oficina de Movimento e Muay Thai «Se Queres Saber Pergunta!»


Associação de Municípios da Região de Setúbal
7ª edição do Festival Liberdade no concelho de Santiago do Cacém


Sessão comemorativa 160 Anos dos Comboios no Barreiro
«Complexo Ferroviário do Barreiro, que Futuro?»


No CINE TEATRO S. JOÃO em PALMELA
«O CORCUNDA DE NOTRE DAME» sobe ao palco no mês de FEVEREIRO


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
Oncologia renova certificação pela Direção-Geral da Saúde


Iberia em concerto no Fórum Cultural na Baixa da Banheira
Um espetáculo eletroacústico mais intimista


AUTARQUIAS
Município de Alcácer do Sal adere ao programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 4ª Geração
Projeto combaterá Pobreza e Envelhec


Município de Palmela aprova voto de pesar pelo falecimento de Fonseca Ferreira
«Deixa-nos um vasto legado nas áreas do urbanismo»


Seixal não aceita modelo de transferência de competências proposto pelo Governo
Leis aprovadas confirmam subfinanciamento do Poder Local


Barreiro - Concessão de Direitos e Benefícios Sociais aos Bombeiros Voluntários
Projeto de Regulamento está em Consulta Pública


Seixal - Preocupações sobre os impactos ambientais da Siderurgia
Autarquia reúne-se com ministro do Ambiente


Município da Moita recusa transferência de competências
Defende que descentralização deve ter em conta a criação das regiões administrativas


OPINIÃO
O mito «No Barreiro não há nada para ver!»
Por Gonçalo Brito Graça
Barreiro


A Importância do comércio tradicional
Por Sara Machado Gomes
Almada


A propósito da IV Gala da Diferença.
Por Marco Binhã
Barreiro


Gripe e a sua prevenção
Por Joana Peralta e Inês Silva
Barreiro


Viver plena_mente: Mindfullness
Por Sandra Pereira
Barreiro


Mobilidade: um problema prioritário
Tiago Sousa Santos
Barreiro


Era uma vez … uma promessa, um centro de saúde, mais médicos e a credibilidade …
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


A DEFESA DOS DIREITOS E PROMOÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA DO OSTOMIZADO UM NEGÓCIO DE DÚVIDAS
Por Vitor Bento Munhão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro - Clube Dramático de Instrução e Recreio 31 de Janeiro «Os Celtas»
Sessão Solene comemorativa do 87º aniversário


Federação das Colectividades do Distrito de Setúbal
Comemoração do 16.º aniversário em Almada


Clube de Fotógrafos do Barreiro
Eleitos Corpos Gerentes para biénio 2019- 2020
. Anabela Carreira Presidente da Direcção


Sociedade de Cultura e Recreio 1º Agosto Paivense - Barreiro
Elegeu corpos gerentes para o ano de 2019.


LIVROS
Na Casa da Cultura em Setúbal
Apresentação do romance «A Noite Passada» de Alice Brito


Barreiro - Escritor Carlos Alberto Correia
Publica «URBI - poemas datados»


POSTAIS
Barreiro - Arteviva «JOSÉ MATIAS, entretém para quatro mulheres»
Estão ali pessoas reais…em personagens reais!


Jogos da Primavera 2019 em Abril no Barreiro
Participam cerca de 4 mil escuteiros da região de Setúbal


Expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa no Montijo
Vai marcar a modernização do país e a internacionalização da região.


Carlos Moreira, Presidente da Direcção dos Bombeiros Voluntários do Barreiro
Concretizar remodelação do quartel


ROTARY CLUB DO BARREIRO
Atribui a António Sousa Pereira a distinção «Profissional do Ano 2018»


Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
Uma bela moldura humana enriqueceu a sessão de entrega de Rostos do Ano


Rotary Club do Barreiro integra primeira mulher
Inês Costa escreve uma página na história


Barreiro – Arte Viva leva a cena peça infantil «Pinóquio»
Uma peça hilariante que envolve o público – crianças e adultos


ARTES
ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro
Em cena «JOSÉ MATIAS, entretém para quatro mulheres»


EUROPA
Comissão Europeia aprova regime de 320 milhões de euros
para apoiar instalações de energia de biomassa próximas das florestas em risco de incê


Volume do comércio a retalho aumenta 0,6 % na área do euro
0,7 % na União Europeia e 1,6 % em Portugal


entrevista rostos.pt - o seu diário digital

Vítor Castro Nunes, líder do Partido Social Democrata na AMB
«Há uma gritante falta de pensamento estratégico para o Barreiro»

Vítor Castro Nunes, líder do Partido Social Democrata na AMB<br />
«Há uma gritante falta de pensamento estratégico para o Barreiro». PSD defende criação de uma Agência Local de Investimento

. Atração de um museu emblemático para a Baía do Tejo que afirme o Barreiro numa escala global

“O Presidente da Câmara não tem actuado - esta é a percepção do grupo municipal do PSD – não tem sido visto a actuar suficientemente, junto do Governo, no sentido, de defender os interesses do Barreiro”, sublinha Vítor Castro Nunes, líder do Partido Social Democrata na Assembleia Municipal do Barreiro.

Vítor Castro Nunes, 50 anos, advogado, militante do PSD, desde há 15 anos. É o líder do Partido Social Democrata na Assembleia Municipal do Barreiro.
Foi com uma conversa com o jornal «Rostos», para um balanço do primeiro ano do actual mandato autárquico.

Criação de uma Agência Local de Investimento

Recordou as ideias centrais apresentadas pelo PSD, na última campanha autárquica, sublinhando que foi apresentado “um programa amplo e detalhado, tendo como ideias centrais a aposta no desenvolvimento económico, na atração de actividade económica para o concelho, insistindo na necessidade de criação de uma Agência Local de Investimento, assim como no tema do apoio ao empreendedorismo”.

Criação da Policia Municipal

“Por outro lado, falámos também dos temas da segurança, da limpeza, do reforço desses aspectos que são cruciais na vida em sociedade”, disse.
Recordou as propostas apresentadas pelo PSD, relativas à criação da Policia Municipal, à criação de um grupo de limpeza de “grafitis selvagens”, para além da redução do IMI, “que é uma bandeira nossa, baixando a carga fiscal no município”.

Aprovada uma redução do IMI

Vítor Castro Nunes, salientou que das propostas eleitorais do PSD – “houve uma que avançou, está aprovada uma redução do IMI, que, aliás, já tínhamos conseguido há dois anos, no mandato da CDU, com Carlos Humberto, quando houve uma redução de 0.40%, para 0.39%; , agora, projecta-se uma redução para 0.38% na taxa do IMI. Esta é uma proposta nossa , que vai ser implementada”.

Juventude e Mata da Machada

“Continuamos com esperança que outras medidas possam ser implementadas, confiamos poder contar com o acordo da maioria relativa do Partido Socialista, mas, temos feito outras coisas.
Como sabe, o PSD tem um vereador com pelouro e, nas suas áreas continuam a desenvolver-se medidas, nomeadamente na reserva natural da Mata da Machada e Sapal do Rio Coina, acrescendo, agora, a actividade na área da Juventude, onde estão a desenvolver-se alguns projectos, algumas ideias e algumas actividades, que, não existiam tanto, anteriormente, e que vão sendo , realizadas na medida dos meios disponíveis. E, até ao final do mandato, esperamos concretizar outras medidas.”

Democratizar mais o funcionamento da Assembleia

O líder do PSD, sobre o funcionamento da Assembleia Municipal, recordou que em 2013, os sociais- democratas propuseram que fosse mais equilibrada a distribuição de tempos entre os grupos da Assembleia Municipal – “na altura não conseguimos, e, voltámos a tentar e voltámos a ser derrotados, nessa nossa proposta. Nesse aspecto não houve alteração. Mas houve uma tentativa real, por parte do Grupo Municipal do PS e do Senhor Presidente André Pinotes Batista, de democratizar mais o funcionamento da Assembleia e, por isso, foram acomodadas, diversas propostas no regimento, muitas propostas, formuladas por todos os grupos municipais, tendo sido acolhidas várias propostas do PSD.
Por exemplo, a possibilidade de todos os grupos municipais se fazerem representar nas várias comissões permanentes, ou eventuais, ou nos grupos de trabalho, podendo designar pessoas, não membros da Assembleia Municipal, permitindo haver mais pessoas a participar, para além dos eleitos. Todos os grupos, assim, têm representantes.”

Nos tempos continua a haver desequilíbrio

“Ainda, assim, na questão da distribuição dos tempos continua a haver um desequilíbrio muito grande, apesar de a distribuição não ser meramente proporcional .
Penso que para a democracia se concretizar cada grupo municipal devia ter um tempo mínimo, que não seja para falar a correr, para expressar a sua opinião. Assim, não temos democracia. Temos alguns que falam e outros que ouvem falar. Isso continua apesar de tudo a existir na Assembleia Municipal, embora, eu entenda que houve de facto, em termos regimentais, na prática, um acréscimo de democracia”.

Ambos são dignos no desempenho da função

“Sobre a condução dos trabalhos, acho que o presidente Frederico Pereira, era extremamente tolerante, era uma pessoa que teve um comportamento bastante maduro, muito exemplar e muito experiente.
Não posso falar de um ou outro, são gerações diferentes, perfis diferentes, pessoas diferentes, não posso dizer que, um ou o outro, tenham sido, na condução dos trabalhos, mais ou menos democráticos. São diferentes, ambos são dignos no desempenho da função de presidente da Assembleia Municipal”.

Projectos maiores ainda não se concretizaram

Qual a avaliação que faz da gestão autárquica neste primeiro ano do mandato? – perguntámos.
“Bom, quanto ao trabalho do vereador eleito do PSD, esse é excepcional.
Relativamente à maioria, e, estamos a falar das iniciativas do presidente da Câmara e dos vereadores socialistas, eu diria que, há iniciativas positivas, pontuais, que parecem ser positivas. Há uma aposta na reabilitação urbana, na tentativa de atracção, para o Barreiro, de mais alguns projectos, de mais algumas actividades relacionadas com o Turismo, na aprovação de medidas que visam combater o insucesso escolar, estas são medidas positivas.
Mas, ainda são, por um lado, medidas avulsas, por outro lado, aqueles projectos maiores ainda não se concretizaram, apesar de algumas promessas eleitorais. Dou como exemplo, captação, de facto, de investimentos estruturantes. Isso não existe.”

Presidente da Câmara não tem actuado

“A realização pelo Estado, que é governado pelo Partido Socialista, a efectiva concretização de infraestruturas diferenciadoras, apesar das muitas promessas, do Primeiro – Ministro António Costa, nas vésperas de eleições, ainda não se concretizou e, a percepção que temos, é que o Presidente da Câmara não tem actuado - esta é a percepção do grupo municipal do PSD – não tem sido visto a actuar suficientemente, junto do Governo, no sentido, de defender os interesses do Barreiro.
Mas, passou pouco tempo, eu ainda dou o benefício da dúvida, acho que os barreirenses dão o beneficio da dúvida, vamos esperar pelo segundo ano.
Sinto que começa a haver, por parte de algumas pessoas, um desencanto. E, em termos de promessas eleitorais, não posso deixar de assinalar as promessas de redução das tarifas de água, que não se concretizou, a promessa da constituição da Agência Local de Investimento, que não se concretizou; , portanto, há algumas bandeiras do Partido Socialista que não foram implementadas, como o Cheque Cultura, de que nunca mais se ouviu falar, sim só passou um ano, mas este executivo, em grande medida, tem gerido projectos que, fundamentalmente vinham do anterior executivo, uns melhores, outros piores, juntando algumas outras medidas como o projecto para o armazém de víveres ou para o dormitório da CP, ou a relocalização de trabalhadores do município para as instalações do LIDL.
A respeito destas iniciativas nós somos mais favoráveis quanto a umas, e, menos quanto a outras, por exemplo, temos muitas dúvidas quanto aos termos da relocalização dos trabalhadores para o LIDL, e, começamos a ter algum receio quanto a um eventual endividamento acelerado do município, que, pode a prazo, se isto continuar nesta via, comprometer a sanidade financeira.”

Desde a primeira hora apoiamos o Terminal de Contentores

Sobre o Terminal de Contentores do Barreiro, Vítor Castro Nunes, recordou que foi o governo PSD/CDS que lançou esse projecto.
“Nós, desde a primeira hora apoiamos o Terminal de Contentores, com os devidos estudos, de impacto ambiental, de viabilidade económica – aliás o grande teste de viabilidade vai ser feito com o surgimento ou não de concorrentes – porque se continuar a manter-se, e espero que sim, o objectivo de ser um projecto a realizar por fundos exclusivamente privados, só se for realmente viável, surgirão concorrentes.
Nós somos favoráveis, com a ressalva da realização dos estudos adequados, desde que esse projecto não prejudique, de forma dramática, as vistas que os barreirenses prezam e muito na Avenida da Praia. Isso, é uma coisa que nós queremos proteger ao máximo.
Nós somos, globalmente, favoráveis a projectos que tragam actividade económica e emprego para o Barreiro.

Ligação do Barreiro ao Montijo e Seixal

O líder do PSD, na Assembleia Municipal do Barreiro, sobre a localização do novo aeroporto na Base Aérea do Montijo, sublinha que o PSD tem uma posição favorável.
“O grupo municipal do PSD Barreiro tem uma posição de principio: , os projectos podem, eventualmente, não ser os ideais, mas, se forem geridos pelo Barreiro de uma forma inteligente, serão aceitáveis e, até, bons para o Barreiro.
O aeroporto aproximará o Barreiro do mundo, mas, inevitavelmente, trará inconvenientes para a população do Barreiro, que devem ser mitigados, o mais possível; , os barreirenses que proponham, que exijam, iniciativas de investimentos compensatórios. Estou a pensar, numa ideia lançada, segundo julgo, pelo arquitecto Porfirio, já nos anos 90: , a ligação do Montijo ao Barreiro, por via rodoviária, numa ponte de 1 km, e, também a ligação do Barreiro ao Seixal por ponte rodoviária. Isto, para nós, era extremamente importante, porque aumentava imenso a mobilidade dos barreirenses e colocava o Barreiro mais no centro da região.
Por exemplo, o Hospital do Barreiro, tornava-se muito mais central e com isso podia ser muito mais valorizado.

Aproximar os turistas do Barreiro

Acerca da Quinta do Braamcamp, Vítor Castro Nunes, referiu que o PSD votou favoravelmente a decisão de compra, sublinhando que, a avaliação do investimento, que justificou o preço que foi pago, contemplava a realização de investimento imobiliário.
Sublinhou que então foi dito que, se fosse necessário algum investimento imobiliário, para recuperar o resto da Quinta do Braamcamp para a população, algum imobiliário seria feito – “não recordo alguém que tenha posto de parte o imobiliário e, com isto, não estou a dizer que quero que haja, ou que deixo de querer, pois não fiz essa análise; , agora, a Quinta do Braamcamp tem de ser posta ao serviço dos barreirenses, com projectos credíveis e projectos que possam ser, na medida do possível, âncoras de desenvolvimento económico. Aproximar o Barreiro de Lisboa, e, aproximar os turistas, portugueses e do mundo, do Barreiro. É um território municipal, priveligiado, que deve servir esse objectivo.
Se pensarmos a Quinta do Braamcamp numa escala pequena, na captação de pequenos nichos, de pequenos projectos, de pequeníssimos investimentos, não estamos a aproveitar devidamente aquele território, que é de excepção e emblemático”.

Um museu emblemático que afirme o Barreiro

Sobre o território da Baía do Tejo, Vítor Castro Nunes, refere que aquele é um território público, neste caso pertencente ao Estado, e, tal como a Quinta do Braamcamp, mas numa escala maior – “é uma sede de oportunidades extraordinárias”.
Sublinha que, naquele território, é fundamental proteger o corredor da Terceira Travessia do Tejo, porque esse é um investimento que, quando for realizado, se for realizado, será determinante para a reafirmação do Barreiro, no país.
“Aquele território da Baía do Tejo, deve ser, o mais possível, devolvido ao Barreiro e à actividade económica. Há espaço para haver actividade económica diferenciada, limpa e de ponta, e, em articulação com as escolas do Barreiro e com a Escola Superior de Tecnologia do Barreiro, mas, também, há espaço ali para actividade cultural, para museus, e, penso, que aquele espaço deve ser pensado globalmente, como ferramenta de desenvolvimento económico e social do concelho.
Deve atrair-se para ali, actividade empresarial limpa, actividades criativas e diferenciadoras, actividades culturais e desportivas.
No plano cultural, até se deveria pensar para ali um edifico âncora, a atração de um museu emblemático que possa afirmar o Barreiro, numa escala global. Se o Barreiro conseguir um Museu, como o Guggenheim, em Bilbau, num território que é público, com uma vista extraordinária sobre o Tejo, isso seria realmente , estratégico para o Barreiro.

Não é fácil para ninguém gerir o Barreiro

Está satisfeito com o Barreiro que temos? - perguntámos
“Não estou satisfeito com o Barreiro que temos, mas, a minha natureza, é uma natureza humana, é muito feita de insatisfação.
Agora, o Barreiro podia ser muito melhor. O Barreiro não está bem, em parte por políticas que foram adoptadas na gestão do concelho, que foram erradas ou não demonstraram suficiente abertura às ideias dos outros, em determinadas épocas, em determinadas alturas, mas, tenho que reconhecer que a presente situação do Barreiro, se deve muito, a uma conjuntura económica adversa, que, com o fim da grande indústria pesada, com o fim da CUF, levou a uma grande depressão no concelho.
O concelho é um concelho com dificuldades específicas, com custos específicos, com um passivo ambiental enorme, que tem de ser superado, e, portanto, não é fácil gerir o Barreiro.
Não é fácil para ninguém gerir o Barreiro.”

Há falta de pensamento estratégico

“Não estou satisfeito com o Barreiro, ainda há muita coisa para fazer, há uma gritante falta de pensamento estratégico para o Barreiro, o Barreiro tem vivido e continua a viver, na minha opinião, à espera dos investimentos estruturantes, que não se têm realizado, apesar das promessas, do governo do Partido Socialista, em véspera de eleições. Os investimentos não se têm realizado e vão-se adiando sucessivamente. Nós, não podemos ficar parados. Nós, devemos todos, de todos os partidos, fazer pressão, em benefício do Barreiro, para que esses investimentos se realizem, mas não podemos ficar à espera.
Se esses investimentos nunca se realizarem, o que é que nós vamos fazer? Não podemos desistir. Até ao momento, o que tem acontecido é essa desistência.
Nós temos que pensar estrategicamente o Barreiro, para o Barreiro ser melhor, a médio e longo prazo, para o Barreiro poder ser, aquilo com que sonhei nos anos 80, quando se vivia com optimismo, e, eu sonhei com um Barreiro desenvolvido, com qualidade de vida”.

Descentralização, uma oportunidade e um risco

Quais são as bandeiras do PSD para o ano 2019?
“O Partido Social Democrata uma das coisas de que, nós, nos orgulhamos, é de ter aberto a nossa candidatura à sociedade civil, com a candidatura – Dar futuro ao Barreiro – abrimos a pessoas que não sendo militantes do PSD, são pessoas muito qualificadas, muito válidas que podem contribuir muito para o governo e para o futuro do Barreiro.
As nossas bandeiras vão continuar a ser as mesmas de 2018, não vamos modificar a nossa atitude, as prioridades para nós, para além dos temas da limpeza e segurança, são também o respeito pelo próximo, são também as bandeiras do desenvolvimento económico. A redução da carga fiscal, sem colocar em risco as finanças do município. Atração de investimento.
Também temos preocupações sociais, temos que nos preparar para enfrentar problemas, como o envelhecimento, a inversão da pirâmide etária no Barreiro, trabalhando todos juntos, trabalhando em rede.
Outro tema, que tem que mobilizar todos os autarcas é o tema da descentralização, porque é uma grande oportunidade, mas, é também um risco. É um tema que tem de ser gerido com muito cuidado, e, com muita informação, com muito estudo e muita sabedoria.
Este processo bem gerido pode ser extraordinário para o município. Este processo mal gerido pode ser desastroso. Estamos a falar em competências em áreas diversificadas, como a Saúde, a Educação, a Cultura, o policiamento de proximidade, são todas matérias de extrema importância, e, este vai ser um grande desafio para todos os autarcas.”

Um tempo de crispação excessiva

A finalizar, Vítor Castro Nunes, disse que, a título pessoal, e, como representante do grupo municipal do PSD – “gostava de comentar o seguinte, que as diferenças existentes entre os diversos autarcas, entre as diversas forças, representadas na Assembleia Municipal, não impedem que existam entendimentos, que exista um bom relacionamento, pessoal, entre todos, ou quase todos”.
“Tem-se registado no Barreiro, um tempo de crispação excessiva, fundamentalmente, entre o Partido Socialista e a CDU, por isso, eu queria apelar, às forças da assembleia municipal e às forças que não estão representadas, no sentido de encontramos uma plataforma mínima de consenso, no sentido de, acima de tudo, defendermos os interesses do Barreiro e dos barreirenses, junto das diversas instâncias, regionais e nacionais.
É um apelo que gostava de deixar e lamento essa crispação, entendo-a, mas penso que ela deve ser superada, o mais depressa possível”.

S.P.

26.10.2018 - 00:53
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND