Conta Loios

carta ao director

Carta ao Director
É inadmissível que a Junta e a Câmara permaneçam de braços cruzados
. Um problema de Saúde Pública

Carta ao Director<br />
É inadmissível que a Junta e a Câmara permaneçam de braços cruzados<br />
. Um problema de Saúde Pública Esta água é proveniente de duas sarjetas que devido a se situarem num ponto mais baixo e ao refluxo do esgoto criam um retorno fazendo com que a água do esgoto se acumule em frente às garagens e galgando as próprias entrando para dentro das mesmas.

De salientar que sendo isto, água de esgoto a céu aberto é um caso de saúde publica, o cheiro é nauseabundo e propicio a criar uma serie de perigos para a saúde publica.



Carta ao Director

Muito boa tarde;

Venho por este meio contactar o Jornal Rostos no sentido de denunciar um problema que há muito se vem a arrastar no concelho do Barreiro. Depois de não ter encontrado resposta junto das autoridades competentes, Junta de freguesia e Câmara Municipal do Barreiro procuro então denunciar esta situação de perigo para a saúde pública. Na rua da Estremadura junto do café Alhinho na Vila Chã, Freguesia de Santo António da Charneca, concelho do Barreiro, os proprietários das garagens adjacentes à mesma rua estão impedidos de aceder às garagens para retirarem os seus veículos por causa de um “lençol” de água de esgoto.

Esta água é proveniente de duas sarjetas que devido a se situarem num ponto mais baixo e ao refluxo do esgoto criam um retorno fazendo com que a água do esgoto se acumule em frente às garagens e galgando as próprias entrando para dentro das mesmas. De salientar que sendo isto, água de esgoto a céu aberto é um caso de saúde publica, o cheiro é nauseabundo e propicio a criar uma serie de perigos para a saúde publica.

Há semanas que esta situação se encontra por resolver, no passado dia 12 de Dezembro falei pessoalmente com a presidente da Junta de Freguesia de Santo António da Charneca, freguesia à qual pertence a rua em questão, e a mesma, pediu-me que enviasse então um email para a junta descrevendo a situação, depois disto e até hoje encontra-se tudo na mesma. Tornei a contactar a junta de freguesia depois disto e sempre em vão. Por diversas vezes que ligamos para os serviços de piquete da Câmara para virem ao local desentupir isto, porém nada melhora, pois a solução não passa por desentupir as sarjetas, mas por toda uma reestruturação da estrutura de saneamento e esgoto.

É inadmissível que depois de tomarem conhecimento disto quer a Junta, quer a Câmara permaneçam de braços cruzados. Junto envio algumas fotos e vídeos bem elucidativos.

Com os melhores cumprimentos;
Eduardo Almeida de Andrade

16.01.2020 - 19:22

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.