Conta Loios

bastidores

Concelhia do Barreiro do PSD
Problema não é político partidário é dos Barreirenses e do Barreiro
. O caos na Soflusa

Concelhia do Barreiro do PSD<br />
Problema não é político partidário é dos Barreirenses e do Barreiro <br />
. O caos na SoflusaA Câmara Municipal do Barreiro tem responsabilidades às quais não pode fugir. Dizer que o problema não pode por esta ser resolvido não é a forma correta de agir. Há que exigir, garantir e principalmente fazer parte da solução.

O caos na Soflusa

O transporte fluvial entre o Barreiro e Lisboa, e vice-versa, permite a deslocação diária de passageiros entre as duas margens. Este garante está, nos últimos tempos, em causa.

Mais do que uma questão político partidária, esta é uma questão dos Barreirenses e do Barreiro. Governos e decisões políticas à parte, estamos perante um estado de calamidade diário, sem conhecimento prévio do que pode, a qualquer momento, acontecer.
Quem tem a possibilidade de decidir politicamente tem a obrigatoriedade de o fazer urgentemente. Quem tem a responsabilidade de o fazer, tem igualmente a obrigação de o fazer já.

A Câmara Municipal do Barreiro tem responsabilidades às quais não pode fugir. Dizer que o problema não pode por esta ser resolvido não é a forma correta de agir. Há que exigir, garantir e principalmente fazer parte da solução.
Verdadeiramente, como já referido, o problema não é político partidário, é dos Barreirenses e do Barreiro.
A reposição imediata da normalidade não pode ser um mero slogan político e tem, isso sim, que ser a realidade. Sacudir, como habitualmente, a posse da responsabilidade, não pode, neste caso, ser forma de ação política.

O Governo e a Geringonça têm responsabilidades, têm o dever de as assumir e garantir o bem-estar dos passageiros. Têm a responsabilidade e o dever de garantir que, quem usa este meio de transporte, chega a horas ao seu emprego, à escola, à Universidade, enfim, aos seus afazeres diários.
As promessas de investimento apregoadas com pompa e circunstância onde estão? Na gaveta.
O desinvestimento na frota da Soflusa é uma realidade!

Os passageiros e utilizadores regulares deste serviço de transportes precisam de respostas e merecem um serviço de qualidade que permita que vivam a sua vida com normalidade. Precisam de ser respeitados e não constantemente esquecidos por este Governo. Precisam dos barcos no rio e não de ficar presos em terra.

O Presidente da CPS / PSD Barreiro
Luís Murilhas

15.05.2019 - 18:47

Imprimir   imprimir

PUB.

PUB.





Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.