Conta Loios

bastidores

Concelhia do Barreiro do PCP
Terminal Aeroportuário na BA6 no Montijo
Má solução para o Barreiro, para a Região e para o País

Concelhia do Barreiro do PCP<br />
Terminal Aeroportuário na BA6 no Montijo<br />
Má solução para o Barreiro, para a Região e para o País O PCP, mantendo uma posição coerente, de intransigente defesa dos interesses da população do Barreiro, continuará a luta pelo abandono deste projecto de apeadeiro e pela concretização da construção do Novo Aeroporto de Lisboa, no Campo de Tiro de Alcochete.

Terminal Aeroportuário na BA6 Má solução para o Barreiro, para a Região e para o País

Negando à população a participação no necessário debate público sobre a instalação de um Terminal Aeroportuário na BA6 e à revelia dos interesses da população do Barreiro, o PS e o PSD, no âmbito da consulta pública respeitante ao Estudo de Impacto Ambiental daquela alegada “importante infraestrutura regional”, aprovaram ontem, na sessão extraordinária da CMB, um parecer favorável à sua concretização.

Na verdade, mais uma vez, em vez de escolher a via do desenvolvimento, o PS local, em sintonia com o PSD, embora admitindo que o “apeadeiro” do Montijo trará evidentes prejuízos para a população, facto que não conseguem esconder, cederam à chantagem da multinacional Vinci, acompanhando a posição contrária aos interesses do País, que sobre esta matéria tem sido seguida pelo Governo minoritário do PS em companhia do PSD e do CDS.

A insistência nesta solução só é explicável pelo inexplicável abandono das populações face aos interesses da multinacional Vinci, concedendo-lhe a prerrogativa de, em vez de construir o Novo Aeroporto de Lisboa na zona do Campo de Tiro de Alcochete a que estaria obrigada com os lucros arrecadados desde a privatização da ANA, se libertar dessa responsabilidade com a construção de um “apeadeiro”, beneficiando ainda de novos direitos de cedência no actual aeroporto da Portela.

De facto, a solução preconizada, da instalação de um terminal aeroportuário na Base Aérea do Montijo, não sendo mais do que um remendo, desbarata os recursos nacionais, não resolve o problema do aumento da actividade aeroportuária, põe em causa a segurança da própria actividade aeronáutica, não responde às necessidades de desenvolvimento do País, coloca em causa a segurança e saúde das populações, particularmente nos Concelhos do Barreiro, da Moita e do Montijo e constitui uma enorme agressão ambiental a uma zona extremamente sensível, como é o estuário do Tejo.

Não ter isto em conta, como ontem evidenciaram o PS e o PSD, na CMB, com a aprovação do parecer favorável ao Estudo de Impacto Ambiental, confirma que estes Partidos não hesitam em assumir uma posição de subserviência, colocando-se, objectivamente, de acordo com os interesses monopolistas alheios, ignorando os interesses do Concelho e do País, procurando impedir, desta vez, que a Região e Portugal disponham de uma infraestrutura estratégica indispensável ao seu desenvolvimento.
O PCP, mantendo uma posição coerente, de intransigente defesa dos interesses da população do Barreiro, continuará a luta pelo abandono deste projecto de apeadeiro e pela concretização da construção do Novo Aeroporto de Lisboa, no Campo de Tiro de Alcochete.

27 de Agosto de 2019
A Comissão Concelhia do Barreiro

28.08.2019 - 11:08

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.