Conta Loios

bastidores

Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP
Com o resultado da CDU direitos e rendimentos dos trabalhadores saem enfraquecidos.

Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP<br />
Com o resultado da CDU direitos e rendimentos dos trabalhadores saem enfraquecidos.. Comício para o dia 26 de Outubro às 15 horas, no Seixal, com a participação de Jerónimo de Sousa, Secretário Geral do PCP

"Estes resultados eleitorais, apesar de alterações verificadas na expressão eleitoral das diferentes forças políticas, traduz-se num quadro político com uma relação de forças semelhante ao que resultou das eleições para Assembleia de República em 2015. Este facto não permite iludir que esta arrumação de forças no plano institucional corresponde a uma conjuntura política distinta da verificada em 2015.", sublinha a Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP.

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS
Direcção da Organização Regional Setúbal

A Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP, reunida a 9 de Outubro, procedeu à análise dos resultados eleitorais para Assembleia da República, da situação política deles decorrente e definiu linhas de intervenção imediatas para desenvolver a iniciativa política e o reforço do Partido.

I. As eleições para a Assembleia da República e o quadro político

Os resultados eleitorais na Península de Setúbal comportam elementos distintos que importa ter presente na avaliação do seu significado e no quadro político que deles resultam. O PS apesar de ver reforçados a sua votação e mandatos não consegue, quer no plano regional quer no plano nacional obter a maioria absoluta; a CDU obtém 62 336 votos e três mandatos, um dos quais do PEV, um resultado inferior ao anteriormente alcançado; o PSD e o CDS vêm ser reconfirmada e aprofundada a condenação que há quatro anos os portugueses tinham dado à sua politica; o BE reduz a sua votaçãona Região e não cresce a sua influência; o PAN consegue eleger um deputado.

Estes resultados eleitorais, apesar de alterações verificadas na expressão eleitoral das diferentes forças políticas, traduz-se num quadro político com uma relação de forças semelhante ao que resultou das eleições para Assembleia de República em 2015. Este facto não permite iludir que esta arrumação de forças no plano institucional corresponde a uma conjuntura política distinta da verificada em 2015.
Com este resultado da CDU são os trabalhadores e o povo que veem as perspectivas de defesa, conquista e avanços de direitos e rendimentos sairem enfraquecidos.

A DORS do PCP reafirma aos trabalhadores e ao povo da Região que, hoje como sempre, seremos fiéis aos compromissos assumidos, iremos com os resultados eleitorais obtidos e os mandatos alcançados, prosseguir com determinação e independência política a intervenção e luta pela melhoria das condições de vida dos portugueses e para a criação de caminhos e condições politicas para o desenvolvimento de uma politica patriótica e de esquerda que defendemos e responde aos problemas nacionais e às aspirações populares.

A DORS saúda os militantes do PCP, da ID, do PEV e os candidatos pela sua corajosa e dedicada participação na campanha eleitoral que, com o seu valioso e imprescindível contributo militante, construir uma campanha eleitoral que venceu obstáculos, silenciamentos e preconceitos e permitiu assegurar o resultado obtido.

II. A luta e a intervenção dos trabalhadores e do povo Região

A luta dos trabalhadores e das populações da Região é no presente, como foi e será, o elemento nuclear e o caminho seguro para não permitir retrocessos e alcançar novos avanços necessários à urgente melhoria das condições de trabalho e de vida.
Os trabalhadores as populações prosseguiram na Península de Setúbal a luta pelo aumento dos seus salários e rendimentos e pelo combate à precariedade, pela defesa e valorização da contratação colectiva, por melhores serviços públicos e por investimentos em infraestruturas e equipamentos.

A DORS saúda as lutas em curso e manifesta a sua solidariedade e empenho no seu aprofundamento e alargamento pela defesa do que foi alcançado, por melhores condições de vida e conquista de novos direitos.

III. Reforçar o Partido, dinamizar a intervenção e iniciativa política na Região

A DORS valoriza e saúda as organizações e militantes do Partido e da JCP que com a sua corajosa intervenção asseguraram nos últimos meses a resposta às tarefas e iniciativas que decorrem, de que se destaca a Festa do Avante! a campanha eleitoral, a concretização de medidas de reforço do Partido e ao desenvolvimento da luta de massas.

O PCP e as forças que compõem a CDU não só conhecem os problemas da região e do País como apresentaram um Compromisso Eleitoral Programa e têm soluções para os enfrentar e superar, que no novo contexto político serão elementos centrais da nossa iniciativa e intervenção política de que destacamos: o aumento geral dos salários para todos os trabalhadores, do público e do privado – salário mínimo nacional de 850€; aumento das reformas e pensões; creches gratuitas para todas as crianças com idade inferior a 3 anos; investimento em mais e melhores serviços públicos, nomeadamente através do reforço do Serviço Nacional de Saúde e da Escola Pública gratuita de qualidade e inclusiva, da reabertura dos serviços e valências encerradas e com a contratação de mais profissionais reforço de meios e equipamentos, por melhores transportes públicos, com mais barcos, comboios, autocarros e trabalhadores, e em equipamentos como os Hospitais no Seixal e Alcochete / Montijo, centros de saúde em falta e infraestruturas como a ponte rodo-ferroviária Barreiro-Lisboa, pela construção de um Novo Aeroporto de Lisboa por fases no Campo de Tiro de Alcochete.

A DORS do PCP anunciou a realização de um comício para o dia 26 de Outubro às 15 horas, no Seixal, com a participação de Jerónimo de Sousa, Secretário Geral do PCP, e afirma que a dinamização da sua iniciativa política e o reforço da sua organização são elementos nucleares para prosseguir e ampliar a luta pela melhoria das condições de vida dos trabalhadores e das populações, para o crescimento da sua influência política e apela aos militantes e organizações a um renovado empenho na concretização destes objectivos.

Setúbal, 9 de Outubro de 2019
A Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP

10.10.2019 - 15:53

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.