Conta Loios

bastidores

Setúbal - Reivindicações dos trabalhadores do Grupo Navigator
BE volta a questionar governo

Setúbal - Reivindicações dos trabalhadores do Grupo Navigator<br />
BE volta a questionar governo "Em causa está a falta de disponibilidade da empresa para negociar a melhoria das condições de trabalho e o adequado enquadramento das carreiras que ponham cobro à estagnação salarial e profissional.", refere o Bloco de Esquerda

Em abril de 2019, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda endereçou uma pergunta ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social a propósito da greve e das reivindicações dos trabalhadores da Fábrica de papel “About the Future, S.A.”, do Grupo “The Navigator Company”, a pergunta com o nº 1857/XIII (4ª) nunca foi respondida.

Face à intransigência da empresa nas negociações com as Organizações Representativas dos trabalhadores, a Fiequimetal (Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Elétricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas) emitiu um pré-aviso de Greve de 13 a 16 de novembro, desta vez respeitando aos trabalhadores de todo o Grupo Navigator.
Em causa está a falta de disponibilidade da empresa para negociar a melhoria das condições de trabalho e o adequado enquadramento das carreiras que ponham cobro à estagnação salarial e profissional.

Para além da justeza das reivindicações dos trabalhadores, com adesão significativa à greve destes quatro dias, não se compreende a intransigência nas negociações, de uma empresa que apresenta sistematicamente bons resultados.
Solidário com os trabalhadores, o Bloco de Esquerda volta a questionar o executivo governamental, através da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, quanto ao facto se:

- Têm existido ações inspetivas às empresas do Grupo, nomeadamente com fundamento em discriminação salarial ou com base em inadequado enquadramento de carreiras? Quais os resultados dessas ações inspetivas?

- Está a tutela disponível para promover a negociação entre as estruturas representativas dos trabalhadores e as empresas com vista a alcançar um acordo que permita ir ao encontro das reivindicações dos trabalhadores e ao cumprimento da lei?

A Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Setúbal

15.11.2019 - 14:47

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.