Conta Loios

bastidores

Animais domésticos durante a crise pandémica
Eleitos do Bloco de Esquerda no distrito de Setúbal propõem medidas para prevenir

Animais domésticos durante a crise pandémica<br />
Eleitos do Bloco de Esquerda no distrito de Setúbal propõem medidas para prevenir A crise pandémica, sanitária, social e económica que atravessamos trouxe desafios enormes às famílias, à sociedade civil, mas também ao poder governativo, central e local.
As autarquias são responsáveis por serviços públicos fundamentais e de proximidade.

Assinalando desde já o papel desempenhado pelas autarquias no esforço conjunto de resposta à crise que vivemos, o Bloco de Esquerda, não pode deixar de alertar para um problema que persiste muitas vezes invisível e que esta crise, necessariamente, agudizou.

Os animais não podem ser esquecidos na intervenção que o momento exige.

As medidas de isolamento e distanciamento social conduziram à redução drástica de donativos de rações, areia e medicamentos às associações de apoio aos animais de rua. Esta é também uma responsabilidade das autarquias.

Neste sentido, os deputados municipais/vereadores do Bloco de Esquerda eleitos nos mais diversos concelhos do Distrito de Setúbal, irão apresentar junto dos Executivos Camarários as seguintes recomendações de aplicação de medidas para prevenir o abandono de animais domésticos durante a crise pandémica.

Recomendações:

1 – Convoque os meios necessários, incluindo o apoio financeiro direto às associações, para garantir, neste período de isolamento, as necessidades de alimentação e cuidados destes animais.

2 – Assegure, em articulação com as Juntas de Freguesia, o apoio necessário a pessoas em situação de confinamento que estejam impossibilitadas de garantir o bem-estar dos seus animais, seja para alimentação, cuidados veterinários ou passeios higiénicos, mobilizando redes de apoio para a realização destas tarefas por pessoas que não se encontrem em grupos vulneráveis.

3 – Promova, onde tal não exista ainda, a identificação das colónias de gatos e a articulação entre cuidadores, assim como uma bolsa de pessoas disponíveis para substituir cuidadores habituais sujeitos a confinamento obrigatório.

02.04.2020 - 20:03

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.