Conta Loios

bastidores

Quinta Braamcamp - PSD espera que a vereação Socialista
Não esteja a ser imprudente e a correr o risco de prejudicar o Barreiro

Quinta Braamcamp - PSD espera que a vereação Socialista<br>
Não esteja a ser imprudente e a correr o risco de prejudicar o Barreiro<br>
 O grupo Municipal do PSD tem reservas quanto à estratégia seguida pelo PS para a requalificação da Quinta Braamcamp, bem como quanto a alguns dos termos do concurso publico para o Projeto de Venda e Requalificação da Quinta.

Nós teríamos feito diferente! .Teríamos delineado um Plano Estratégico Global para o Barreiro 2050, contratando uma consultora de Planeamento Estratégico de referência mundial. Com as largas dezenas de milhares de euros já gastas avulsamente com contratações para o concurso publico da Braamcamp, este estudo estratégico já teria sido pago e realizado.

Declaração de Voto Grupo Municipal PSD
QUINTA BRAAMCAMP

O grupo Municipal do PSD tem reservas quanto à estratégia seguida pelo PS para a requalificação da Quinta Braamcamp, bem como quanto a alguns dos termos do concurso publico para o Projeto de Venda e Requalificação da Quinta.
Nós teríamos feito diferente!

Teríamos delineado um Plano Estratégico Global para o Barreiro 2050, contratando uma consultora de Planeamento Estratégico de referência mundial, como a Mckinsey, BCG, Roland Berger, AT Kearney, entre outras, tal como foi realizado na década de 90 com o Modelo de Michael Porter para Portugal, de onde resultou a forte aposta vencedora nos sectores do Turismo, Vinicultura, PME especializadas no Calçado e Têxteis e em Clusters Sectoriais como os do sector Automóvel e Indústria de Moldes.

Com as largas dezenas de milhares de euros já gastas avulsamente com contratações para o concurso publico da Braamcamp, este estudo estratégico já teria sido pago e realizado e hoje estaríamos não a discutir a venda isolada da Quinta de uma forma avulsa, sem planeamento nem enquadramento com as áreas limítrofes como o Barreiro Velho ou Alburrica, mas sim a forma de maximizar e potenciar este espaço de características únicas enquadrado com a Estratégia definida e aceite pelos Barreirenses para o Concelho, na visão Barreiro 2050.

Assim, esta área de excelência seria uma âncora para catapultar a estratégia definida na visão do Barreiro 2050 que resultasse deste estudo, que deveria ser amplamente analisado e discutido pelos Barreirenses, nas suas múltiplas vertentes, que poderiam passar por:




- Centro de excelência para o Turismo Sénior Europeu, estando perto de aeroportos, hospitais, Lisboa e simultaneamente praia e campo, com boas condições hospitaleiras e competitivas de preço e qualidade;

- Centro de excelência para o ensino Técnico e Superior, com ligações a Universidades de prestígio Europeu e Mundial;

- Centro de excelência para empresas do conhecimento, preparando a onda 5 G;

- Estrutura museológica ou cultural de dimensão e atratividade internacionais, potenciando o turismo e também a visitação e preservação do património natural, histórico e industrial do concelho;

- Outros;

MAS, chegando a este ponto de decisão política, também não podemos muito simplesmente embarcar em slogans e em atitudes de bloqueio:

. Não vendas!
. Não faças nada!
. Deixa estar assim!

Porque foi muito frequentemente assim condicionada a gestão dos anteriores governos deste município, com os resultados à vista de todos:

1. Concelho mais envelhecido da margem sul;

2. Concelho com maior redução do número de habitantes pós 25 Abril;

3. Concelho com a zona antiga (Barreiro Velho) mais degradada, abandonada, ocupada e entaipada da zona sul do Pais.
Entendemos, pois, dever viabilizar a requalificação da Quinta Braamcamp.

O projeto vencedor deverá ter todas as condições para proporcionar aos Barreirenses a manutenção de 80% desta área livre e desocupada para o lazer e passeio ao ar livre, em harmonia com o Tejo e a cidade.

Destacamos que é positivo ter surgido dois investidores a apresentar propostas e com vontade de investir no Barreiro. Vamos esperar que os seus financiadores mantenham a sua capacidade de investimento pós-Covid19 …

Dito isto, tínhamos agora de optar entre bloquear ou viabilizar a decisão do Sr. Presidente da Câmara de avançar no concurso de venda e requalificação da Quinta sem esperar pela sentença do procedimento cautelar.

Com dúvidas, MAS fazendo fé no que a vereação Socialista tem documentado, afirmado, reafirmado e garantido publicamente sobre a “blindagem” técnica e jurídica do concurso, assim como sobre a sua aplicabilidade no terreno, sobre as garantias de cuidado ambiental e do demais património em causa, sobre a recuperação urbanística, sobre a requalificação do espaço público e sobre a oportunidade do investimento que ali será feito, desejavelmente gerador de valências e emprego no concelho, a maioria do Grupo Municipal do PSD - sem prejuízo do voto divergente do líder da bancada, a quem, aliás, se agradece não ter imposto disciplina de voto - opta por se abster, deste modo contribuindo para viabilizar a decisão do Sr. Presidente da Câmara de avançar no concurso, sem aguardar.
Esperamos, deste modo, que a vereação Socialista não esteja a ser imprudente e, com isso, a correr o risco de prejudicar o Barreiro!

Barreiro, 7 de maio de 2020.

10.05.2020 - 00:15

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.