Conta Loios

bastidores

Bruno Vitorino quer que famílias continuem a poupar dinheiro no IMI
Uma ajuda às famílias para fazer face às dificuldades que muitas delas enfrentam

Bruno Vitorino quer que famílias continuem a poupar dinheiro no IMI<br />
Uma ajuda às famílias para fazer face às dificuldades que muitas delas enfrentam O vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, vai apresentar quarta-feira uma proposta em sessão de Câmara para que o IMI Familiar continue a ser aplicado no concelho do Barreiro, continuando a ajudar as famílias barreirenses com a redução da carga fiscal.

Este ano, devido à aprovação da proposta em 2019, as famílias com um filho tiveram uma redução de 20 euros, com dois filhos uma redução de 40 euros e com três ou mais filhos uma redução de 70 euros.

Em 2015, o então governo PSD quis dar uma oportunidade a que as autarquias aliviassem a carga fiscal sobre as famílias, numa medida englobada num conjunto de propostas a incentivar a natalidade. A concretização desta medida ficaria a cargo das Câmaras Municipais.

Desde essa data que Bruno Vitorino tem defendido a sua implementação no concelho do Barreiro, o que até nunca tinha sido aceite quer pela CDU, quer pelo PS, até ao ano passado.
Importa ainda referir que nos últimos anos, por pressão sua, o IMI baixou de 0,40% para 0,38%.
Contudo, o vereador quer reduzir ainda mais a carga fiscal, pois estes valores “estão ainda aquém do que pretende, que são os 0,35%”.

“A descida do IMI, juntamente com o IMI familiar, apesar de não ser um valor muito alto, é uma ajuda às famílias, a que se deverão juntar outras medidas, para fazer face às dificuldades que muitas delas enfrentam, devido a uma perda de rendimentos por assistência à família, despedimento ou por lay-off”, acrescenta.

20.10.2020 - 11:35

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.