Conta Loios

bastidores

Presidente da Distrital de Setúbal do PSD, Paulo Ribeiro
Acusa PS de usar o aparelho do Estado para interferir na campanha eleitoral autárquica

Presidente da Distrital de Setúbal do PSD, Paulo Ribeiro<br />
Acusa PS de usar o aparelho do Estado para interferir na campanha eleitoral autárquica O presidente da Distrital de Setúbal do PSD, Paulo Ribeiro, diz que o Governo está a tentar interferir na campanha eleitoral, por um lado usando os fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e por outro ao tentar limitar a ação das outras forças políticas, nomeadamente dos sociais-democratas.

“Nos últimos dias temos assistido aos anúncios de milhões por parte dos candidatos do PS às autarquias do distrito. Usam o dinheiro do PRR para fazerem campanha, como se esse dinheiro fosse seu e como se o facto de serem socialistas lhes desse vantagem no acesso a estes fundos. Tudo isto com a conivência do Governo” afirma Paulo Ribeiro.

O dirigente social-democrata critica ainda a instauração de um processo contra o candidato do PSD ao Seixal, por parte da Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) que alega existir discriminação e xenofobia nuns cartazes virtuais.
“Mais uma vez o radicalismo de esquerda fica refletido nesta tentativa de condicionar a campanha do PSD.

Este organismo governamental, que abandonou o dever de isenção que pende sobre a administração pública, mais não está a fazer do que interferir na liberdade de propaganda eleitoral”, esclarece.Paulo Ribeiro lamenta que o PS continue a usar o aparelho da Estado para fins eleitorais, mesmo que isso signifique “tentar condicionar as campanhas das outras forças políticas, designadamente do PSD”.

Fonte - PSD

16.09.2021 - 00:00

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.