Conta Loios

bastidores

Juventude Socialista do Barreiro
João Rocha é recandidato à Presidência da JS

Juventude Socialista do Barreiro<br />
João Rocha é recandidato à Presidência da JS As estruturas locais da Juventude Socialista irão eleger este mês os seus órgãos concelhios para o biénio 2021/2023. Assim, os jovens socialistas do Barreiro irão a votos para, uma vez mais, escolher quem vai liderar os destinos da concelhia nos próximos dois anos.

Sob o mote “Uma Nova Maioria Pela Juventude”, João Rocha, atual Presidente da estrutura, recandidata-se ao cargo para “defender, preservar e continuar o bom trabalho desenvolvido nos últimos anos”.

João Rocha tem 23 anos e é licenciado em Administração Pública pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Integrou a Juventude Socialista em 2017, alguns meses antes da vitória do Partido Socialista nas eleições autárquicas desse mesmo ano. Foi eleito Presidente da JS Barreiro nas eleições intercalares que tiveram lugar em junho deste ano, tendo liderado a estrutura durante a campanha que levou o PS a alcançar o melhor resultado da sua história. Foi recentemente eleito para o executivo da Junta de Freguesia de Santo António da Charneca, a freguesia que o viu crescer e onde estudou até ao ensino secundário, e no qual tem a seu cargo o pelouro da juventude. É também membro da Comissão Política da Federação de Setúbal da Juventude Socialista.

“É com uma enorme honra e sentido de responsabilidade que anuncio a minha recandidatura à liderança da Juventude Socialista do Barreiro. “Estou consciente do trabalho que tenho pela frente, sinto-me preparado para continuar a liderar a segunda maior estrutura concelhia a sul do Tejo e uma das maiores do país, mas acima de tudo a maior e mais representativa organização política de juventude no nosso concelho, que transporta um enorme legado histórico para o qual contribuíram várias gerações de jovens militantes e ativistas que, ao longo de 46 anos, ajudaram a implantar e a dar mais força ao nosso ideário, ao nosso projeto político e às nossas causas junto dos jovens barreirenses.” – afirma.

“Durante os últimos meses, a Juventude Socialista esteve mobilizada ao lado do Partido Socialista na caminhada que nos levou a um resultado verdadeiramente histórico. Esse resultado mais não é do que a expressão da confiança que uma larga maioria social do nosso concelho depositou no projeto autárquico do PS. Essa maioria traduziu-se assim numa maioria política à qual devemos procurar responder com trabalho e responsabilidade em prol dos jovens barreirenses. O reforço da nossa representação nos órgãos autárquicos é um importante contributo para melhorar o sentimento e a qualidade da representação política da nossa geração, para dar mais força às ideias com que nos candidatámos e para dar voz aos principais anseios e preocupações da nossa geração e das forças vivas de juventude do nosso concelho.” - Acrescenta

Refere ainda que aquilo que move a sua candidatura é garantir que o Barreiro seja um concelho mais desenvolvido, mais sustentável e com iguais oportunidades para tod@s os jovens poderem cá viver, trabalhar e realizar em pleno o seu potencial.
Nesse sentido, e num quadro em que as autarquias locais vão assumir um vasto manancial de competências, pontuam como principais prioridades do seu programa um aprofundamento do exercício da democracia participativa; uma nova geração de políticas públicas para as classes médias que promovam a igualdade de oportunidades para tod@s, o que considera essencial num contexto de desigualdades sociais crescentes, de paralisação dos fatores de mobilidade social e de cada vez mais difícil emancipação dos jovens – habitação acessível para jovens, uma rede de ensino público que não deixe ninguém para trás, uma rede de cuidados de saúde física e mental de qualidade, e um dispositivo de intervenção social que combata as bolsas e armadilhas de pobreza e exclusão social ainda existentes no nosso concelho e que foram agravadas pela pandemia; dar continuidade a uma política intervencionista na economia local e no apoio ao movimento associativo e cultural, que tenha um papel ativo na atração de investimento privado e na criação de oportunidades de emprego, através de incentivos económicos e de investimento público, e que apoie também o tecido associativo e as iniciativas culturais que não encontram expressão no mercado para se desenvolverem e crescerem; e finalmente o combate às alterações climáticas e o processo de transição justa para um modelo de desenvolvimento hipocarbónico e regenerativo de recursos, no qual o município deve estar na linha da frente, defendendo assim a qualidade de vida das gerações presentes e futuras, e encarando a digitalização da economia como um desafio mas também como uma oportunidade para alcançar estes objetivos.
“Queremos um município mais aberto e integrador, que assuma com coragem e determinação a sua vocação social, que seja um município promotor de desenvolvimento económico e sociocultural, num quadro de sustentabilidade ambiental, e que para isso se assuma também como um município mais verde e mais inteligente.” – refere.

“O trabalho que temos pela frente nos próximos dois anos só nos anima e nos dá ainda mais vontade para continuar e para termos uma JS mais interventiva. É por isso que queremos continuar a cativar mais jovens para participar politicamente, a formar e capacitar quadros para desenvolverem a sua intervenção política e/ou para serem cidadãos informados, conscientes e empenhados na coisa e na causa pública, e a desenvolver plataformas de diálogo estruturado com todos os jovens e forças vivas de juventude do nosso concelho. Porque gostamos muito da JS, vamos continuar a lutar por uma JS mais próxima, mais autónoma, mais aberta à comunidade, uma JS que valorize a militância com base no mérito e no trabalho, uma JS de tod@s e para tod@s, que continue a ter voz e a afirmar a força do Barreiro a nível distrital e nacional, uma JS que lidere uma agenda progressista para a nossa geração e que a novos desafios consiga responder com novas respostas.” – finaliza.

Será anunciada brevemente a equipa candidata à Comissão Política Concelhia e que se propõe a liderar a estrutura nos próximos dois anos, bem como a respetiva comissão de honra.

Fonte - Candidatura de JR

24.10.2021 - 18:34

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.