Conta Loios

bastidores

OS VERDES LEVAM A CAMPANHA SOS NATUREZA A SETÚBAL
ARRÁBIDA, ICNF E POLUIÇÃO DAS ÁGUAS EM DESTAQUE

OS VERDES LEVAM A CAMPANHA SOS NATUREZA A SETÚBAL<br />
ARRÁBIDA, ICNF E POLUIÇÃO DAS ÁGUAS EM DESTAQUE<br />
O Partido Ecologista os Verdes dá, assim, voz a problemas ambientais que ameaçam o desenvolvimento sustentável e que põem em causa o património natural e a qualidade de vida das populações.
Os Verdes lançam um SOS identificando 40 pontos negros que ameaçam a biodiversidade, a conservação e o usufruto sustentável da natureza.

No ano em que o PEV assinala os seus 40 anos de lutas, foi lançada, no dia 21 de março, a Campanha SOS Natureza que percorrerá todo o país até dezembro, para alertar para o estado de degradação dos ecossistemas.
Com esta campanha, Os Verdes lançam um SOS identificando 40 pontos negros que ameaçam a biodiversidade, a conservação e o usufruto sustentável da natureza. Estes pontos serão assinalados com a fixação de uma bandeira negra e com a distribuição à população de documentos de informação e sensibilização sobre os problemas em causa.

No próximo sábado, dia 26 de novembro, a campanha SOS Natureza estará em Setúbal com a seguinte programação:

10h - Parque da Comenda, onde os interesses privados impedem o usufruto público do Parque da Comenda e dos trilhos;

11h30 - Jardim da Beira-Mar, junto ao ICNF, para assinalar a escandalosa falta de vigilantes da natureza e a ameaça do Governo de extinção do ICNF;

14h30 - Gâmbia (ponto de encontro junto à Junta de Freguesia), onde a qualidade de vida da população é bastante afetada por descargas industriais ilegais para a vala de Brejo de Canes

O Partido Ecologista os Verdes dá, assim, voz a problemas ambientais que ameaçam o desenvolvimento sustentável e que põem em causa o património natural e a qualidade de vida das populações.

24.11.2022 - 23:02

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.