bastidores

Catarina Marcelino candidata à Comissão Política Concelhia de PS Montijo
Com o lema “Montijo e o Futuro”

Catarina Marcelino candidata à Comissão Política Concelhia de PS Montijo<br />
Com o  lema “Montijo e o Futuro” No dia 05 de julho de 2024 irão realizar-se as eleições para as Comissões Políticas Concelhias, biénio 2024-2026. É neste contexto que Catarina Marcelino se candidata à Comissão Política Concelhia de Montijo, sob o lema “Montijo e o Futuro”.

Esta candidatura pretende preparar as eleições autárquicas de 2025, fortalecendo o Partido na sua ação e na sua abertura à comunidade montijense, mantendo o apoio inequívoco à Câmara Municipal de Montijo e às Juntas de Freguesia do Concelho lideradas pelo PS.
O Montijo tem uma sociedade civil forte e empenhada, um setor público comprometido e setores empresariais de grande valia e dinamismo. É um grande desígnio desta candidatura trazer estas pessoas a participar, criando unidade na construção de um projeto para o futuro.

Pretendemos garantir espaços, iniciativas e ações temáticas que, durante o ano de 2024 e o primeiro trimestre de 2025, permitirão construir o programa eleitoral do PS para as eleições autárquicas trazendo a comunidade montijense a ser parte fundamental deste grande desafio.
Esta candidatura nasce da vontade de um grupo alargado de militantes que se revê num projeto que pretende a união do PS em torno de uma candidatura autárquica vencedora e ambiciosa.
É importante lembrar que as eleições para a Comissão Política Concelhia estiveram marcadas para janeiro desde ano, e que por força das eleições legislativas foram adiadas para o mês de julho. Neste período houve sempre a total disponibilidade desta candidatura para encontrar a melhor solução para servir o PS Montijo, através do diálogo com outras sensibilidades internas,
na tentativa de uma candidatura única. Apesar desta tentativa de encontro de vontades não foi possível um entendimento que respondesse às propostas de todas as partes.

Na política, o debate de ideias e a clarificação através de sufrágio eleitoral interno é a prática democrática que deve ser sempre observada. Razão pela qual esta candidatura se apresenta a eleições com toda a humildade, coragem e elevação democráticas. Que se dê início a um novo ciclo na política autárquica local onde todos e todas, sem exceção, contribuem com a sua militância e as suas ideias e, simultaneamente, abrindo o Partido a personalidades independentes, que tragam um mais valia ao projeto.
Esta candidatura pretende focar toda a ação política na preparação das próximas eleições autárquicas, com empenho, vontade e ambição do Partido como um Todos.

Fonte - Candidatura Catarina Marcelino

21.06.2024 - 11:59

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.