Conta Loios

livros

Paulo Freixinho principal autor de Palavras Cruzadas em Portugal
Comemora 30 anos de carreira com livro «Palavras Cruzadas 2015-2020»

Paulo Freixinho principal autor de Palavras Cruzadas em Portugal<br />
Comemora 30 anos de carreira com livro «Palavras Cruzadas 2015-2020» Paulo Freixinho é o principal autor de Palavras Cruzadas em Portugal. A sua profissão tem um nome pouco conhecido, cruciverbalista, e esta paixão pelas palavras vem desde a adolescência. Com uma carreira de 30 anos, é um militante das palavras: divide o seu tempo entre a criação de passatempos - para publicações e para o seu site palavrascruzadas.pt -, na dinamização do Clube de Palavras Cruzadas para escolas e bibliotecas.

Paulo Freixinho, editor de Palavras Cruzadas do Público, está a comemorar os 30 anos de carreira como cruciverbalista (autor de Palavras Cruzadas), com o lançamento do livro “Palavras Cruzadas 2015-2020”. O livro está disponível exclusivamente online, em
www.palavrascruzadas.pt, página dinamizada por Paulo Freixinho.

Ao longo de cada capítulo do livro, um por cada ano, é possível acompanhar alguns dos marcos mais relevantes do cruciverbalista, como a descoberta daquela que é a sua palavra favorita (xurdir) e acompanhar histórias, comentários, curiosidades e apontamentos pessoais cuidadosamente escritos por Paulo Freixinho, como pequenas confidências sobre a profissão que escolheu. Inclui uma compilação de passatempos publicados na página www.palavrascruzadas.pt entre 2015 (ano da criação desta página) e 2020, mais 10 criados unicamente para o livro, perfazendo um total de 110 Palavras Cruzadas dedicadas a temas tão variads como Dieta Mediterrânica, Cante Alentejano, Professores, Direitos da Criança ou Doença de Alzheimer, além da diferença entre solarengo e soalheiro ou mandato e mandado, entre muitos outros.

“Há muito que tinha planeado lançar um livro comemorativo dos meus 30 anos de cruciverbalista. Chegou o momento. Já cruzei muitas palavras, e continuarei a cruzá-las, mas agora tenho uma nova missão: fazer com que as Palavras Cruzadas façam parte do programa escolar”.

Coincidência, ou não, Paulo Freixinho, assume que foi mau aluno a português e que isso o incentivou a saber mais sobre palavras.

Sobre Paulo Freixinho

Paulo Freixinho é o principal autor de Palavras Cruzadas em Portugal. A sua profissão tem um nome pouco conhecido, cruciverbalista, e esta paixão pelas palavras vem desde a adolescência.
Com uma carreira de 30 anos, é um militante das palavras: divide o seu tempo entre a criação de passatempos - para publicações e para o seu site palavrascruzadas.pt -, na dinamização do Clube de Palavras Cruzadas para escolas e bibliotecas e ainda tenta arranjar tempo para ser baixista da banda Bon Sauvage.
É o editor de Palavras Cruzadas diárias do Público. Colabora com alguns dos principais jornais e revistas da imprensa nacional e também de Países de Língua Oficial Portuguesa, como o Jornal de Notícias ou as Selecções do Readers Digest. Além do livro “Palavras Cruzadas 2015-2020”, publicou “Palavras Cruzadas com Literatura” (Quetzal, 2011), que apresenta 72 Palavras Cruzadas em torno de obras de 12 autores portugueses e dois livros para crianças, “Sabe Mais k(que) os teus Pais”, volumes I e II, em parceria com Sílvia Alves (escritora) e Maria del Toro (ilustradora).

Tem uma palavra preferida, xurdir, que significa fazer pela vida. Inventou a palavra cruziscar, que significa fazer Palavras Cruzadas.
Desde 1990, quando começou, já cruzou milhões de palavras.
Paulo Freixinho nasceu em Lisboa, em 1968, e vive no Barreiro desde os 3 anos. É casado e tem 2 filhas.

Nota - Paulo Freixinho já honrou o jornal «Rostos» com a edição de palavras cruzadas de sua autoria, em edições comemorativas dos nossos aniversários. Aqui fica o nosso agradecimento, gratidão e parabéns pelos seus 30 anos de uma brilhante carreira..

26.03.2021 - 00:37

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.