Conta Loios

ambiente

Eficiência energética na iluminação interior de Escolas Básicas
S.ENERGIA apresenta os resultados do EduLUX

Eficiência energética na iluminação interior de Escolas Básicas<br />
S.ENERGIA apresenta os resultados do EduLUX A medida EduLUX é um exemplo claro da intervenção das Agências de Energia e nesse sentido o promotor S.ENERGIA procura nesta fase partilhar os resultados da implementação do EduLUX – Eficiência energética na iluminação interior de Escolas Básicas, que contou ainda com a parceria das agências de energia AMEAL, AMESEIXAL e ENA.

Esta medida teve como objetivo melhorar a eficiência energética da iluminação interior das Escolas Básicas do 1º Ciclo dos concelhos do Barreiro, Moita, Montijo, Alcochete, Setúbal, Palmela, Sesimbra, Seixal e Loures através da troca de lâmpadas tubulares fluorescentes T8 por lâmpadas tubulares LED.

A escala conseguida com esta parceria conseguiu fazer baixar o preço unitário das lâmpadas e assim, com menores custos, foi possível aumentar em 60% o número de lâmpadas a trocar e atingir um total de 30.749 lâmpadas em 188 escolas. Esta operação permite uma redução de consumo de 2.206.289 kWh/ano, e uma poupança anual de 261.225 €, 58% acima do previsto em candidatura. Ainda como resultado, conseguiu-se uma redução anual de 800 t de CO2.

Em termos financeiros a implementação deste projeto, ao longo de 3 anos (2017-2019), representou um investimento total de 310.665,34€, sendo financiado a 68% no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de energia elétrica (PPEC), aprovado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Para os concelhos da área de intervenção da S.ENERGIA, esta é uma medida que se enquadra no Pacto de Autarcas de cada um dos municípios, e com a qual se atingiu uma redução total de consumo elétrico de 651.875 kWh/ano, originando uma redução emissões anuais de 235,7 t CO2, de acordo com a seguinte distribuição:

 No Barreiro substituíram-se 2.586 lâmpadas em 17 escolas do 1º Ciclo e Jardins de Infância, atingido 211.561 kWh/ano de poupança de energia, graças a 72,8% de redução de consumo, o que se traduz numa poupança anual de 25.049€ e evita a emissão de 76 toneladas de CO2 por ano.

 Na Moita substituíram-se 2.503 lâmpadas em 27 escolas do 1º Ciclo e Jardins de Infância, atingido 139.365 kWh/ano de poupança de energia, graças a 59,4% de redução de consumo, o que se traduz numa poupança anual de 16.501€ e evita a emissão de 50 toneladas de CO2 por ano.

 No Montijo substituíram-se 3.194 lâmpadas em 20 escolas do 1º Ciclo e Jardins de Infância, atingido 217.147 kWh/ano de poupança de energia, graças a 71,9% de redução de consumo, o que se traduz numa poupança anual de 25.710 € e evita a emissão de 78 toneladas de CO2 por ano.

 Em Alcochete substituíram-se 1.344 lâmpadas em 5 escolas do 1º Ciclo e Jardins de Infância, atingido 83.802 kWh/ano de poupança de energia, graças a 64,4% redução de consumo, o que se traduz numa poupança anual de 9.922 € e evita a emissão de 30 toneladas de CO2 por ano.

Para mais informação sobre os resultados deste projeto, no website da S.ENERGIA sugerimos a consulta da Brochura EduLUX disponível em http://www.senergia.pt/wp-content/uploads/2020/08/Brochura-EduLUX.pdf. />
Fonte: S.ENERGIA (11/09/2020)

11.09.2020 - 15:49

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.