Conta Loios

ambiente

Dia Mundial do Vigilante da Natureza – 31 de Julho
Ministério não valoriza homens e mulheres que defendem património natural e cultural

Dia Mundial do Vigilante da Natureza – 31 de Julho<br>
Ministério não valoriza homens e mulheres que defendem património natural e cultural<br>
Comemora-se hoje o Dia Mundial do Vigilante da Natureza. Em todos os recantos do mundo onde exista um Vigilante da Natureza o dia será de celebração.

“Em Portugal Continental é uma profissão mal amada pelo Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território que não valoriza a dedicação destes homens e mulheres na defesa do nosso património natural e cultural.” – sublinha a Associação Portuguesa de Guardas e Vigilantes da Natureza.

Divulgamos o texto integral do comunicado da Associação Portuguesa de Guardas e Vigilantes da Natureza:



DIA MUNDIAL DO VIGILANTE DA NATUREZA
31 de Julho


Comemora-se hoje o dia Mundial do Vigilante da Natureza. Em todos os recantos do mundo onde exista um Vigilante da Natureza o dia será de celebração.
Os Vigilantes da Natureza têm como missão a preservação das Áreas Naturais e a protecção do Meio Ambiente. Estes profissionais são a peça vital para a protecção da Natureza devido ao seu conhecimento do terreno e dos habitats, sendo o reconhecimento da sua missão por parte das populações uma mais valia para a resolução de muitos dos problemas que afectam o meio ambiente.
O Dia Mundial do Vigilante da Natureza é um dia de reflexão e de homenagem aos nossos companheiros falecidos no cumprimento do dever, que tudo fizeram para proteger os santuários selvagens que ainda perduram no nosso planeta.
É um dia dedicado ao reconhecimento do árduo trabalho a que estes profissionais se dedicam de corpo e alma, sacrificando a sua vida familiar por largos períodos de tempo, suportando as inclemências do tempo e da natureza, enfrentando com coragem a sua missão de salvaguarda do Ambiente, apesar da falta de meios, de condições de trabalho e por vezes da falta de apoio das instituições a que pertencem.
Em Portugal Continental é uma profissão mal amada pelo Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território que não valoriza a dedicação destes homens e mulheres na defesa do nosso património natural e cultural.
É um dia de esperança de um futuro melhor para a profissão e para a preservação da natureza!

Associação Portuguesa de Guardas e Vigilantes da Natureza

31.7.2010 - 0:03

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2023 Todos os direitos reservados.