Conta Loios

ambiente

Estudo DECO PROTESTE - As melhores cidades para viver
Em Portugal, Viseu está em primeiro lugar e Setúbal em último

Estudo DECO PROTESTE - As melhores cidades para viver<br>
Em Portugal, Viseu está em primeiro lugar e Setúbal em último . 62% dos inquiridos de Setúbal preferiam viver no campo ou noutro local da cidade

Bruges, na Bélgica, é a melhor cidade para viver, enquanto Salvador, no Brasil, é a pior. Em Portugal, Viseu está em primeiro lugar e Setúbal em último.

Setúbal e Lisboa são referidas como menos seguras mesmo durante o dia e em toda a cidade. Crimes, como assaltos, roubos ou agressões são os fenómenos mais problemáticos denunciados nestas capitais de distrito.

Na edição de Julho da revista Proteste será publicado os resultados do estudo à qualidade de vida nas cidades.
Entre setembro e novembro de 2011, a Deco enviou um questionário a uma amostra representativa da população de cada capital de distrito de Portugal continental.
Incluíu ainda Funchal, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada, das regiões autónomas da Madeira e dos Açores.
A mesma investigação foi feita pelas associações de consumidores de Espanha, Itália, Bélgica e Brasil.

Os grandes centros urbanos são procurados desde sempre por proporcionarem melhores condições de vida.
A DECO procurous saber, mais em pormenor, os principais fatores que pesam na decisão dos portugueses quando
resolvem morar e, eventualmente, constituir família numa determinada cidade.
Apontado por 19% dos inquiridos, o emprego e o mercado de trabalho é o critério com maior impacto na qualidade
de vida nas grandes cidades. Com mais de 10% de respostas, seguem-se a segurança e criminalidade, a saúde, a mobilidade e transportes e a habitação.
Contudo, o emprego, ou a falta deste, também é o fator mais negativo em 13 das 21 cidades analisadas. Apenas em Lisboa e Faro o emprego é um ponto positivo.
No índice de qualidade de vida alcançado por cada cidade, é liderado por Viseu, que repete a posição do estudo publicado em julho de 2007.
No fundo da tabela está Setúbal: o centro urbano que menos agrada, logo seguido por Lisboa.
É referido que 62% dos inquiridos de Setúbal preferiam viver no campo ou noutro local da cidade
As três cidades das ilhas estão no grupo da frente, avaliadas com uma boa qualidade de vida pelos inquiridos que aí moram.

Insegurança em Setúbal

O sentimento de segurança é essencial para se apreciar a experiência de morar numa cidade. Mas as opiniões variam
muito de uma zona para outra. A grande maioria dos inquiridos indicou sentir-se sempre segura em casa. Já na rua ou em lugares públicos dos bairros onde vivem, os inquiridos de Setúbal, Lisboa, Porto e Faro sentem alguma insegurança durante a noite. No centro das cidades, a percentagem de habitantes que acusam insegurança aumenta, sobretudo à noite.
Setúbal e Lisboa são referidas como menos seguras mesmo durante o dia e em toda a cidade. Crimes, como assaltos, roubos ou agressões são os fenómenos mais problemáticos denunciados nestas capitais de distrito.

26.6.2012 - 10:32

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.