Conta Loios

europa

Política de coesão da União Europeia
Cerca de 385,5 milhões de euros do Fundo de Solidariedade da UE para ajudar Portugal
e outros 18 países a enfrentar a emergência sanitária do coronavírus

Política de coesão da União Europeia<br />
Cerca de 385,5 milhões de euros do Fundo de Solidariedade da UE para ajudar Portugal <br />
e outros 18 países a enfrentar a emergência sanitária do coronavírus A Comissão já fez todos os pagamentos do apoio do Fundo de Solidariedade da UE (FSUE) para fazer face à emergência sanitária causada pelo coronavírus em 19 países, num montante total de quase 385,5 milhões de euros.

Este montante vem juntar-se aos 132,7 milhões de euros atribuídos em 2020 aos Estados-Membros que solicitaram um adiantamento a título do FSUE. 17 Estados-Membros e três países candidatos solicitaram o apoio do FSUE: Áustria, Bélgica, Croácia, Chéquia, Estónia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Portugal, Roménia e Espanha; Albânia, Montenegro e Sérvia. No contexto da emergência sanitária da COVID-19, o apoio financeiro do FSUE financia a assistência médica, a aquisição e a administração de vacinas, equipamentos de proteção individual e dispositivos médicos, custos de cuidados de saúde, análises laboratoriais, apoio de emergência à população e medidas para prevenir, monitorizar e controlar a propagação de doenças, salvaguardando assim a saúde pública. No âmbito da resposta excecional da UE à pandemia de COVID-19, o âmbito de aplicação do FSUE foi alargado em março de 2020 para abranger também emergências de saúde pública graves.

19.01.2022 - 17:18

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.