Conta Loios

as empresas

Resíduos urbanos de 9 municípios da Península de Setúbal
POPULAÇÃO PRODUZ 52 KG /HAB/ANO DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS

Resíduos urbanos de 9 municípios da Península de Setúbal<br />
POPULAÇÃO PRODUZ 52 KG /HAB/ANO DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS A Amarsul, empresa responsável pela valorização dos resíduos urbanos de 9 municípios da Península de Setúbal, no primeiro semestre de 2020 manifestou um crescimento de 36% no encaminhamento de resíduos para reciclagem.

Mesmo em período de pandemia a Amarsul garantiu os serviços mínimos da sua atividade, tendo cumprido a sua missão de valorização dos resíduos nos municípios de Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

O Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2020) estabelece metas nacionais para a recolha seletiva de resíduos, sendo a da Amarsul de 45kg/habitante/ano. É esta a quantidade de resíduos que cada cidadão deverá separar e encaminhar para o contentor correto, sejam embalagens de plástico/metal, de papel/cartão ou vidro. São metas desafiantes, mas até maio de 2020, já tinham sido recolhidos pela Amarsul resíduos recicláveis equivalentes a 52kg/habitante/ano.

Este aumento significativo da Recolha Seletiva em todos os Municípios da área da abrangência da Amarsul, é o resultado do investimento que a Amarsul desenvolveu na recolha seletiva multimaterial de resíduos de embalagens nestes últimos anos em viaturas, ecopontos, contentores e em campanhas de sensibilização ambiental, aproximando os equipamentos da população, para incentivar a reciclagem na região.

Servindo mais de 780 mil habitantes, contribuímos positivamente para a valorização de resíduos, com um aumento de 4 mil toneladas de resíduos recicláveis recolhidas, das quais 47% de plástico e metal, 43% de papel e cartão e 17% de vidro. O aumento da recolha seletiva foi transversal a todos os municípios, tendo apresentado melhores resultados na recolha de embalagens de plástico e metal, assim como nas embalagens de papel e cartão.

Estes indicadores revelam uma maior consciencialização ambiental para a importância da reciclagem das famílias, mas também nos locais de trabalho, o que se manifesta numa correta deposição de resíduos e utilização de ecopontos, que darão origem à triagem e encaminhamento para reciclagem, ganhando um novo ciclo de vida.

Com o regresso à normalidade, as equipas da Amarsul continuam a desenvolver ações de limpeza e higienização de contentores com recurso a um produto desinfetante apropriado, que está a ser aplicado em todos os equipamentos alvo de desinfeção. Outra aposta da Amarsul tem sido no reforço da formação da higiene e segurança dos seus trabalhadores.

A Amarsul terminou 2019 com uma capitação anual de 39 kg de resíduos de embalagens separados por habitante e com o dobro dos pontos de recolha de resíduos recicláveis. Em 2020, com o reforço da cobertura de pontos de recolha efetuada, e mesmo em período de pandemia a Amarsul espera continuar a crescer em todos os Municípios da região, com o apoio da população, para conjuntamente continuarmos a superar as metas nacionais.

30.06.2020 - 15:29

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.