Conta Loios

as empresas

Dias 16 de 17 de junho na Transtejo e Soflusa
Greve parcial com a duração de 3 horas de paralisação por turno.

Dias 16 de 17 de junho na Transtejo e Soflusa<br />
Greve parcial com a duração de 3 horas de paralisação por turno. Amanhã, os trabalhadores da Transtejo e Soflusa iniciam um novo período de greve parcial que termina no dia seguinte, com a duração de 3 horas de paralisação por turno.

Confrontados com a ausência de discussão e negociação do seu caderno reivindicativo, os trabalhadores voltam à luta na defesa daquilo que é um seu direito, o da revisão anual dos seus salários, conforme está determinado nos respectivos acordos de empresa, que foram também assinados pela administração das duas empresas.

Porque será que quando é uma obrigação do governo para com os trabalhadores, os acordos e compromissos têm menos valor, do que quando é para injectar dinheiro no Novo Banco e nas PPPs?

Vamos ter luta em defesa da dignidade de quem trabalha e para demonstrar aos que mandam nestas empresas, que são os trabalhadores que criam riqueza e que é com o aumento do poder de compra de todos os trabalhadores, que se criam as melhores condições para se relançar a economia.

No dia 17 de Julho, pelas 07h30m em Cacilhas e 09h00m no Barreiro, a secretária geral da CGTP-IN, terá um encontro com os membros dos piquetes de greve e trabalhadores em luta.

Fonte -

15.06.2021 - 19:13

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.