desporto

Comité Olímpico de Portugal em Setúbal visita de apoio a Pedro Pichardo
que vai representar as cores nacionais nos Jogos Olímpicos Tóquio 2021.

Comité Olímpico de Portugal em Setúbal visita de apoio a Pedro Pichardo <br />
que vai representar as cores nacionais nos Jogos Olímpicos Tóquio 2021.<br />
<br />
O Comité Olímpico de Portugal esteve em Setúbal no dia 22, numa deslocação ao Complexo Municipal de Atletismo para uma visita de apoio a Pedro Pichardo, atleta que vai representar as cores nacionais nos Jogos Olímpicos Tóquio 2021.

Pedro Pichardo, triplista de renome mundial, natural de Cuba e naturalizado português, representando, a nível de clubes, o Sport Lisboa e Benfica, treina regularmente no Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal, equipamento que escolheu para centro de treinos para as várias provas nacionais e internacionais nas quais participa regularmente.

O presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, esteve com Pedro Pichardo no âmbito de um ciclo de visitas que está a realizar aos núcleos de treino e preparação desportiva do país onde se encontram em preparação os atletas portugueses apurados para os Jogos Olímpicos Tóquio 2021.

Durante a visita ao Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal, o dirigente deixou uma mensagem de apoio e confiança a Pedro Pichardo, que esteve acompanhado pelo treinador, Jorge Andres Pichardo, também pai do atleta, e pela mulher, Arialis Gandulla.

Em 2019, na prova da Liga Diamante realizada em Roma, Itália, o atleta alcançou a marca necessária para garantir a estreia pessoal nos Jogos Olímpicos, na altura, Tóquio 2020, evento entretanto adiado para 2021 devido à pandemia de Covid-19.

O presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, o diretor da preparação olímpica e chefe da missão portuguesa ao Jogos Olímpicos Tóquio, Marco Alves, e o diretor desportivo do Comité Olímpico de Portugal, Pedro Roque, também estiveram presentes na visita ao Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal.

Com 27 anos, Pedro Pablo Pichardo, um dos únicos cinco triplistas que conseguiram ultrapassar a marca dos 18 metros em competição, tem no currículo vários pódios internacionais, sendo uma das principais referências mundiais da modalidade na atualidade.

23.07.2020 - 17:06

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.