desporto

Campeonato Nacional Absoluto de Xadrez -Sérgio Rocha do Barreiro na liderança
Raquel Duque do Barreirense no Nacional Feminino

Campeonato Nacional Absoluto de Xadrez -Sérgio Rocha do Barreiro na liderança<br />
Raquel Duque do Barreirense no Nacional Feminino O ambiente inspirador do Teatro Garcia de Resende, em Évora, serve de palco para a Fase Final do Campeonato Nacional Absoluto e do Campeonato Nacional Feminino de xadrez.
Na primeira das nove rondas da prova absoluta, que decorrerá até ao dia 15 de setembro, destacou-se o triunfo do mestre internacional Paulo Dias (A.XAT Montemor-o-Novo) sobre o multititulado grande mestre António Fernandes (Individual), que foi traído pelo relógio nos chamados “apuros de tempo”.

António Fernandes já conquistou 16 títulos e procura em Évora uma 17.ª coroação como rei do xadrez nacional, mas a derrota a abrir diminui-lhe as possibilidades. No entanto, é sabido que o competitivo grande mestre já ganhou alguns títulos em recuperação.
Além do triunfo de Paulo Dias, também o mestre internacional Sérgio Rocha (Barreirense) e o mestre FIDE Bruno Martins (A.XAT Montemor-o-Novo) entraram no torneio a ganhar, respetivamente frente aos mestres FIDE José Guilherme Santos (GX Alekhine) e José Padeiro (O Amanhã da Criança).

Na outra partida da primeira ronda realizada verificou-se um empate entre o mestre nacional André Fidalgo (Estrelas S. João de Brito) e o mestre FIDE José Francisco Veiga (A.XAT Montemor-o-Novo).
A ronda inaugural ficou incompleta, pois ainda não se jogou aquela que seria a partida mais aguardada, entre o grande mestre e número 1 nacional Jorge Ferreira (GD Dias Ferreira) e o mestre internacional e campeão nacional André Sousa (EP Gaa-Clube de Xadrez. Os dois jogadores estiveram no Campeonato da Europa de Reiquejavique, Islândia (onde se defrontaram na penúltima jornada, com vitória para Ferreira) e a longa viagem de regresso não lhes permitiu apresentar-se em Évora a tempo. Assim, a partida entre ambos ficou marcada para as 9 horas de quinta feira, dia 9.

Resultados – 1.ª Jornada: José Guilherme Santos (MF, GX Alekhine)-Sérgio Rocha (MI, Barreirense), 0-1; André Fidalgo (MN, Estrelas S. João Brito)-José Francisco Veiga (MF, A.XAT Montemo-o-Novo), empate; Paulo Dias (MI, A.XAT Montemor-o-Novo)-António Fernandes (GM, Individual), 1-0; Bruno Martins (MF, A.XAT Montemor-o-Novo)-José Padeiro (MF, O Amanhã da Criança), 1-0; Jorge Ferreira (GM, GD Dias Ferreira)-André Sousa (MI, EP Gaia-Clube de Xadrez), adiado para dia 9 (9 horas).

Classificação: 1.ºs Bruno Martins, Paulo Dias e Sérgio Rocha, 1 ponto; 4.ºs André Fidalgo e José Francisco Veiga, 0,5; 6.ºs Jorge Ferreira e André Sousa, 0 (menos um jogo); 8.ºs António Fernandes, José Guilherme Santos e José Padeiro, 0

Três candidatas lideram Feminino

Paralelamente à Final do Absoluto, também se joga no salão nobre do Teatro Garcia de Resende o Campeonato Nacional Feminino, este ano no formato de poule - todas contra todas -, dado o número de participantes (sete) o permitir.
Na primeira jornada, a jogadora mais cotada em prova (Filipa Pipiras, GD Dias Ferreira, 2007 pontos Elo) ficou de folga e viu de fora os desenvolvimentos das partidas das adversárias diretas. Entre elas, Mariana Silva (CX A2D), campeã em 2019, começou com um triunfo, perante a estreante Beatriz Machiavelo (GD Dias Ferreira).
Também vitoriosas saíram Camila Avelino (ADRC Mata de Benfica), recentíssima campeã nacional de Sub-18, frente a Raquel Duque (Barreirense), e Sara Monteiro (também da ADRC Mata de Benfica), no duelo cm Maria Elisa Oliveira (GD Dias Ferreira).
Mariana Silva, Camila Avelino e Sara Monteiro começaram assim da melhor mane.

Fonte - FPX

08.09.2021 - 13:45

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.