Conta Loios

personalidades

Morreu Neno um nome da selecção nacional que começou no Barreiro
Do FC Barreirense ao Guimarães, do Benfica ao Vitória de Setúbal

Morreu Neno um nome da selecção nacional que começou no Barreiro <br>
Do FC Barreirense ao Guimarães, do Benfica ao Vitória de Setúbal Morreu Neno, tinha 59 anos, vitima de doença súbita, um nome que defendeu as balizas da selecção nacional.
No ano de 1981, quando jogava no Futebol Clube Barreirense, Neno revelou-se e foi jogar para o Vitória de Guimarães, sendo posteriormente contratado pelo Sport Lisboa e Benfica.

Neno para além de ter defendido as balizas da Selecção nacional, defendeu as redes do Benfica, do Vitória de Guimarães e do Vitória de Setúbal.
Adelino Augusto Graça Barbosa Barros, nasceu na Cidade da Praia, em Cabo Verde, no dia 27 de janeiro de 1962, morreu ontem dia 10 de Junho, vitima de doença súbita.
Neno,inscrevu seu nome na história do futebol português, e, ficará gravado como um dos muitos que foi forjado nas escolas do futebol do Barreiro.

Um homem bom

“Foi comigo e Fernando Cardoso que tratamos da transferência para o Benfica onde se viria a afirmar”, comenta o barreirense Emanuel Gois, numa nota a propósito da morte de Neno.
“Do Benfica foi para o Vitória de Guimarães onde também jogou, foi internacional e há muitos anos era dirigente daquele clube para o futebol. Neno era um apaixonado de Júlio Iglesias e Roberto Carlos, sendo um intérprete das canções destes grandes da música, demonstrando uma excelente voz e também predestinado para a música, no gênero das canções daqueles artistas. Excelente para todos, bastante simpático e sempre sorrindo. Um bom homem”, salienta Emanuel Gois.

11.06.2021 - 01:28

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.