Conta Loios

personalidades

CTT APRESENTAM SELOS SOBRE OS 150 ANOS DO NASCIMENTO DE ALFREDO DA SILVA
Inclui vista aérea do complexo industrial da CUF no Barreiro, do início do século XX

CTT APRESENTAM SELOS SOBRE OS 150 ANOS DO NASCIMENTO DE ALFREDO DA SILVA<br />
Inclui vista aérea do complexo industrial da CUF no Barreiro, do início do século XX Os CTT apresentam, esta quarta-feira, dia 30 de junho, uma emissão filatélica sobre os 150 anos do nascimento de Alfredo da Silva, um dos maiores industriais portugueses dos séculos XIX e XX, com quatro selos e um bloco filatélico com um selo.

Nesta emissão filatélica, estão inseridas duas perspetivas do bairro operário do Barreiro, anos 50 do séc. XX; uma vista aérea do complexo industrial da CUF, no Barreiro, do início do século XX e uma perspetiva da fábrica.

Nesta emissão filatélica, o primeiro selo mostra uma imagem de Alfredo da Silva em 1894, a Fábrica das Fontaínhas da CUF, do final do séc. XIX e a Chaminé da fábrica das Fontaínhas de 2020; o segundo selo mostra Alfredo da Silva em 1900 e duas perspetivas do bairro operário do Barreiro, anos 50 do séc. XX; o terceiro selo mostra Alfredo da Silva, em 1920, a vista aérea do complexo industrial da CUF, no Barreiro, do início do século XX e uma perspetiva da fábrica, de 2020; por sua vez, o quarto selo mostra Alfredo da Silva, em 1940, “A Cirurgia”, baixo-relevo em gesso, uma obra de Leopoldo de Almeida no hall de entrada do Hospital da CUF, e uma perspetiva do Hospital CUF Tejo, de 2020.

Já o bloco filatélico apresenta em cima, a Lisnave, em Almada e em 1995, o Lagar do Marmelo, do Grupo Sovena, de 2020; a Cirurgia, baixo-relevo em gesso e o Hospital CUF Tejo, em Lisboa, de 2020; em baixo, o bloco mostra o olival do Grupo Sovena, na Herdade do Marmelo, em Ferreira do Alentejo, 2020.

Alfredo da Silva contribuiu para o desenvolvimento da indústria química, dos azeites e óleos alimentares e do têxtil em Portugal, bem como para o incremento dos transportes urbanos e marítimos e da reparação naval, para o crescimento da atividade bancária e seguradora, e para o aumento e melhoria de prestação de serviços, designadamente na área da saúde. Criou um dos maiores grupos económicos portugueses – a Companhia União Fabril (CUF) – instalado numa das mais importantes cidades industriais do país – o Barreiro.

Esta emissão filatélica é composta por quatro selos com o valor facial de 0,54€, 0,75€, 0,88€ e 0,91€ e uma tiragem de 100 000 exemplares cada, e um bloco filatélico com um selo no valor de 2,50€ e 35 000 exemplares cada. O design dos selos esteve a cargo de Folk Design. As obliterações de primeiro dia serão feitas nas lojas dos Restauradores em Lisboa, Munícipio II no Porto, Zarco no Funchal, Antero de Quental em Ponta Delgada e Loja CTT Funchal.

30.06.2021 - 14:17

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.