Conta Loios

personalidades

Morreu o prestigiado médico Eurico Garrido
Cidadão «Barreiro Reconhecido» na área do Trabalho
. Um homem que serviu o Barreiro

Morreu o prestigiado médico Eurico Garrido<br>
Cidadão «Barreiro Reconhecido» na área do Trabalho<br>
. Um homem que serviu o Barreiro Morreu esta madrugada Eurico Garrido, prestigiado médico, homem de grande humildade e humanista que foi agraciado com a distinção de Profissional do Ano 2007, pelo Rotary Club do Barreiro e recebeu o galardão «Barreiro Reconhecido», atribuído pela Câmara Municipal do Barreiro, no ano 2015. Foi Galardoado com o Título de Cirurgião pela Ordem dos Médicos em 1970.

Eurico Garrido teve um papel de referência na instalação do Hospital de Nª Srª do Rosário, no Barreiro, foi Director daquela unidade hospitalar entre os anos de 1985 e 2003.

Eurico Garrido, nasceu em Vila Nova de Gaia no ano de 1940, tendo concluído a Licenciatura em Medicina pela Universidade de Coimbra em 1964, passou como interno de Neurocirurgia no Centro Hospitalar de Coimbra e entre os anos de 1966 e 1968 como médico do Quadro Comum do Ultramar, em Moçambique.
Foi Galardoado com o Título de Cirurgião pela Ordem dos Médicos em 1970.
Entre 1985 e 1987, director do Hospital Distrital do Barreiro, tendo coordenado a transferência dos serviços para o Hospital Novo, continuando a exercer a função de Director Clínico do Hospital de Nossa Senhora do Rosário até 2003, ano em que cessa funções por aposentação.
No ano 2007 recebeu a distinção de Profissional do Ano atribuído pelo Rotary Club do Barreiro. Na sessão que recebeu reconhecimento Eurico Garrido recorreu às suas memórias para recordar quando em 1964 abrimos o serviço de urgência do Hospital do Barreiro, nas antigas instalações onde agora funciona a Santa Casa da Misericórdia do Barreiro – “começámos a trazer para o Barreiro a medicina que se fazia no mundo”.
São muitos profissionais da área da saúde que afirmam se o Barreiro continua a ter um dos bons hospitais do país – “isso em grande parte o devemos ao Eurico Garrido”.
Eurico Garrido foi um homem que sempre cultivou a amizade, homem humilde de grande coração, deu muito do seu saber e de si ao Barreiro, um profissional que sempre defendeu que um hospital – “se não estiver inserido na sua comunidade, e se a comunidade também não trabalhar com ele, não se desenvolve”.
Tive o prazer de com ele conversar quando fui Director do Jornal do Barreiro, tive o prazer de com ele partilhar momentos de convivio, aos seus amigos, familiares e filhos, aqui fica os meus profundos sentimentos.
Obrigado Eurico Garrido. Até sempre!

António Sousa Pereira

Nota - Seu corpo será velado a partir de amanhã, dia 14 de Junho, pelas 15 horas, na Capela da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes, no Parque da Nações, em Lisboa, realizando-se o funeral no dia 15 de Junho, sendo a cremação realizada pelas 13:00 horas, no Crematório dos Olivais, em Lisboa.

13.06.2022 - 18:18

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.