personalidades

Uma rua do concelho do Barreiro vai receber o nome
Emanuel Gois, advogado, poeta e colunista do jornal Rostos

Uma rua do concelho do Barreiro vai receber o nome<br />
Emanuel Gois, advogado, poeta e colunista do jornal Rostos<br />
Entre os diversos nomes que vão ser atribuídos a ruas do concelho do Barreiro, que deverão ser aprovados na próxima reunião da Câmara Municipal do Barreiro, está Emanuel Gois, advogado, poeta, escritor, jornalista, dirigente associativo, colunista do jornal Rostos.

Emanuel Góis é natural do Barreiro, licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, e exerceu durante décadas advocacia.
Prestou serviço na Força Aérea durante seis anos na especialidade de Controlo de Tráfego Aéreo.

Foi jornalista desportivo durante doze anos (entre 1970 e 1982), colaborando nos jornais “Record” e nos extintos “Diário Popular” e “Século”, tendo ainda publicado alguns textos na “Gazeta da Sertã”, “Jornal do Barreiro” e “Revista da Força Aérea”.
Foi autor da última peça de teatro carnavalesco representada na SIRB “Os Penicheiros”, do Barreiro, no Carnaval de 1974.
Leccionou História no ensino particular nocturno.

Na área desportiva, a que tem dedicado grande parte da sua vida, foi atleta, treinador, dirigente de clube, de Associações Distritais e Federações, nas modalidades de futebol e basquetebol.

Na área cívica foi co-fundador da Associação Cívica do Barreiro e da Persona- Associação de Apoio a Doentes Mentais Crónicos, onde durante vários anos desempenhou diversos cargos directivos.
Foi vereador da Câmara Municipal do Barreiro no período de 1997/2001.
Distinguido pelo Jornal “Rostos On Line” como Rosto do Ano de 2016 na área Escritor.

O seu primeiro livro de poemas foi “Algures no tempo”, no ano 2015, editou em 2016, o seu segundo livro de poesia “Momentos”. Após a poesia editou o seu primeiro livro de prosa “Contos que vos conto”, seguindo a obra «Pedaços de Escrita», no ano de 2018.
«CEM SENTIDOS» um livro de «pensamentos», nasceu em 2019. Em 2022, lançou o seu último livro de poemas «Se fosse tão simples assim».
Emanuel Gois morreu em Janeiro de 2023.

31.05.2024 - 15:12

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.