Conta Loios

as escolas

Agrupamento de Escolas de Santo António - Barreiro
De SONHO em SONHO

Agrupamento de Escolas de Santo António - Barreiro<br />
De SONHO em SONHOAgrupamento de Escolas de Santo António revelou o seu caminho no âmbito da Flexibilidade Curricular e da Inclusão nos dias 4 e 5 de abril, com abertura a toda a comunidade

Deus quer, o homem sonha e a obra nasce…

E foi assim que nasceu esta nossa viagem que se projetou e foi tomando forma.
O nosso sonho foi-se tornando realidade, uma realidade que se foi construindo, momento a momento, de experiência em experiência, com aprendizagens essenciais no dia-a-dia, com boas práticas de verdadeira cidadania e de construção de competências evidenciadas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.

Começámos por unir vontades numa ação de formação para professores, traçámos a rota deste SONHO, procurámos aliados para a viagem e, parafraseando Miguel Torga,” Prestes, largámos a vela e dissemos adeus ao cais, à paz tolhida, desmedida, transformando dia a dia a embarcação”.
Ninguém se perdeu nesta Viagem!

Caminhámos com sentido de oportunidade e para conhecer o mundo e para o transformar. Medimos o possível com os nossos projetos, com práticas diárias de inclusão e com paragens à medida de cada tripulante. No caminho de cada um, encontrámos o norte de todos os que connosco aprendem a crescer, almejando o sucesso.

Reforçámos a fé de marinheiros porque era” longe o nosso SONHO”: andámos por terras e mares, conhecemos povos e culturas, difundimos a fé, promovemos a força da palavra entre os povos e o respeito pela identidade de cada um.
Em primeiro lugar porque o “mundo” está no nosso Agrupamento, nas nossas vidas, nas nossas mãos. Dar a volta por ele remete-nos para o tema da viagem real e metafórica porque formamos cidadãos responsáveis, tolerantes e capazes de promover no nosso dia a dia a paz e a justiça social, numa sociedade cada vez mais multicultural.
Juntos andámos, corremos e ainda queremos voar mais alto, aliando a força de todos à missão da educação: dar a cada aluno aquilo que ele precisa.

É neste enleio entre o desejo e a realidade, entre as ciências e a arte que os nossos sonhos seguram o mundo na sua órbita, à boa maneira do músico Scarlatti que se uniu ao padre Bartolomeu de Gusmão, Baltasar e Blimunda, para fazerem voar a passarola na obra de Saramago.

O sonho comanda a vida, mas mais importante que sonhar com a vida é viver os sonhos que ela nos oferece, porque como nos diz Miguel Torga:

O que é bonito neste mundo,
E anima,
É ver que na vindima de cada SONHO
Fica a cepa a sonhar outra aventura….

A diretora
Manuela Espadinha

06.04.2019 - 21:07

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.