Conta Loios

as escolas

Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
IP Setúbal vai formar quadros intermédios na área da Construção Civil
Novo CTeSP foi aprovado pela DGES e entrará em funcionamento em 2020-2021

Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro <br />
IP Setúbal vai formar quadros intermédios na área da Construção Civil <br />
Novo CTeSP foi aprovado pela DGES e entrará em funcionamento em 2020-2021 A formação, a ministrar na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro/IPS), acaba de ser aprovada pela Direção Geral do Ensino Superior (DGES), que reconheceu a pertinência da proposta, dada a necessária e urgente qualificação de recursos humanos para apoio a pequenas e médias empresas do setor da Construção Civil e Obras Públicas, nomeadamente no que toca ao planeamento e gestão de obras.

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) prepara-se para abrir, já no próximo ano letivo (2020-2021), um novo curso técnico superior profissional (CTeSP) apostado na formação de quadros intermédios especializados na área da Construção Civil.

A formação, a ministrar na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro/IPS), acaba de ser aprovada pela Direção Geral do Ensino Superior (DGES), que reconheceu a pertinência da proposta, dada a necessária e urgente qualificação de recursos humanos para apoio a pequenas e médias empresas do setor da Construção Civil e Obras Públicas, nomeadamente no que toca ao planeamento e gestão de obras.

A criação deste novo curso fundamenta-se numa criteriosa auscultação dos vários agentes do setor na região da Grande Lisboa e Península de Setúbal, entre associações profissionais, municípios, empresas e o próprio ensino secundário e profissional, que revelou a existência de uma grave lacuna no que toca a mão de obra especializada disponível. Refira-se ainda que o respetivo plano de estudos foi desenvolvido em estreita articulação com a Associação dos Agentes Técnicos de Arquitectura e Engenharia (AATAE).

Atualmente numa fase de recuperação de uma crise profunda, que levou a que muitos profissionais procurassem alternativas de trabalho no estrangeiro e, em alguns casos, a aposentação, o setor da Construção Civil e Obras Públicas ressente-se da falta de recursos humanos tecnicamente competentes para assegurar a sua revitalização e dar resposta a um mercado de trabalho hoje francamente mais exigente.

O CTeSP em Construção Civil vem igualmente integrar e complementar a fileira formativa da ESTBarreiro/IPS neste domínio, juntando-se a outras opções de qualificação como o CTeSP em Reabilitação Energética e Conservação de Edifícios (nível 5), a licenciatura em Engenharia Civil (nível 6) e os mestrados em Engenharia Civil e em Conservação e Reabilitação do Edificado. O técnico superior profissional formado em Construção Civil pode, se assim o desejar, prosseguir estudos para licenciatura, sendo-lhe reconhecidos os conhecimentos, competências e aptidões adquiridos no nível de formação anterior, sob a forma de creditações a um número significativo de unidades curriculares.

Importa também sublinhar que a ESTBarreiro/IPS dispõe, desde 2007, de instalações próprias construídas de raiz e equipadas com laboratórios de reconhecida qualidade nas áreas de Engenharia Civil, nomeadamente construção, estruturas, hidráulica e geotecnia.

01.06.2020 - 12:45

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.