Conta Loios

as escolas

Barreiro - No Agrupamento de Escolas de Santo António
Os Rankings não conhecem as Histórias de Aprendizagem e de Sucesso

Barreiro  - No Agrupamento de Escolas de Santo António<br />
Os Rankings não conhecem as Histórias de Aprendizagem e de Sucesso Vale a pena, em plena pandemia, dizer que estas listas não honram o trabalho feito nas escolas. As melhores escolas do país — não hesito em afirmá-lo — foram aquelas que, em bairros problemáticos, mantiveram todos os alunos ligados, foram aquelas em que a proteção contra a violência e negligência nunca falhou, foram aquelas em que a proximidade potenciou aprendizagem.
Público, Secretário de Estado Adjunto da Educação, Dr.João Costa,27 de Junho de 2020

Partindo das palavras do Dr.João Costa sobre os Rankings e o valor que lhes é atribuído pela comunicação social, não poderia deixar de acentuar que nos incluímos nas referências de sua Excelência, mas ainda mais.

Em Santo António todos sabemos o terreno que “cultivamos”, mas também, ano após ano, conhecemos os prémios que ganhamos, distintos pelo trabalho pedagógico que fazemos com TODOS: prémio de mérito nacional, em ambientes de aprendizagens“ escola amiga dos direitos humanos ”,bandeira Eco-Escolas, Projeto KID fun no âmbito do desporto com distinções ao nível do basquetebol, ERASMUS Milage + e EDDIS com parceria com a Universidade do Algarve e Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, artes potenciando a inclusão, um sem número de iniciativas e galardões que dignificam as práticas dos nossos docentes e que nos destacaram como ROSTO do ANO de 2019-área de ensino.

Aqui também há alunos que entraram no ano passado no ensino superior em medicina, em biomédica, em enfermagem, em engenharia com médias altas, há alunos que encontraram o seu emprego através do curso profissional que escolheram no nosso Agrupamento, há valorização pessoal e profissional de adultos que nos escolheram para progressão nas suas carreiras, sendo integrados socialmente porque estavam à beira da exclusão social.

Aqui TODOS entram na escola e encontram o seu porto de abrigo, sem qualquer segregação. Aqui há aprendizagens significativas, há pão, há colo, há inclusão.

No seio da pandemia comunicámos com TODOS através de projetos com diferenciação de estratégias, não deixámos ninguém esquecido, nem mesmo os filhos dos profissionais de saúde que encontraram neste Agrupamento um espaço de acolhimento.

Temos muitas lições aprendidas, muitas histórias de aprendizagem para contar repletas de desafios alcançados onde a participação, o compromisso, o envolvimento, a criatividade, o conhecimento, o sucesso, a inclusão são páginas do livro da nossa vida pedagógica. Os Rankings não conhecem estas histórias.

Deixo uma palavra de apreço e de agradecimento a todos os que aqui trabalham e que, como eu e as minhas equipas, honramos a nossa missão e deveres na Escola Pública de TODOS e para TODOS.

A diretora
Manuela Espadinha


28.06.2020 - 10:48

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.