Conta Loios

as escolas

Escola Técnica Profissional da Moita
A Escola como Primeira Empresa!
Parece que sim….Só que não!

Escola Técnica Profissional da Moita <br />
A Escola como Primeira Empresa!<br />
Parece que sim….Só que não! Parece que estamos parados, que o tempo não passa, que tudo travou… Só que não! A Escola Técnica Profissional da Moita não pára de se reinventar, de unir esforços para que o tempo seja produtivo, para que aprendas, para que te sintas bem!

O ensino profissional está cada vez mais integrado nos projetos de vida dos nossos jovens, com forte incidência no desenvolvimento de competências transversais e no desenvolvimento das aprendizagens com um sentido. Caminhos de sucesso, preparação para o mercado de trabalho, acesso ao ensino superior, orientação vocacional, ensino inclusivo, fazem parte desta linha de aprendizagem.

Parece que a vida clicou no “pause” e faz constantemente “rewind”... Só que não!

A Escola Técnica Profissional da Moita aposta na resiliência, com forte capacidade de adaptação e superação de obstáculos, com o trabalho colaborativo, junto dos nossos alunos...sempre! O nosso Plano de Contingência e o Plano de Ensino@Distância são resultado do ajuste e da conciliação das nossas práticas pedagógicas, da utilização de novas ferramentas e da renovação de mais instrumentos que reforçam essencialmente a relação professor-aluno nas sessões de aprendizagem. Promover o bem estar individual e coletivo é a meta principal.

Parece que as pessoas só olham para trás… Só que não!

Somos uma escola do Futuro! Aprendemos, inspiramos, ensinamos e vivemos com o olhar no futuro dos jovens. Seguros e confiantes no caminho a seguir, lado a lado com as famílias, com os alunos, com a equipa, rumo ao sucesso. É importante olhar para trás, aprender com as experiências, mas é crucial sentirmos o presente e trabalharmos para o futuro. Somos pessoas que formam pessoas e que aprendem umas com as outras e que se fortalecem mutuamente. Somos todos ETPM! Dizemos não ao abandono escolar, dizemos não ao negativismo e a tudo o que impeça os jovens de crescer e de se tornarem cidadãos ativos. Uma geração que vive momentos de incerteza, marcada pela pandemia, mas também sinalizada pela inovação e pela mudança. Estamos parados? Nem por isso!

Parece que sim…. Só que não!

26.02.2021 - 21:09

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.