Conta Loios

as escolas

Comitiva chinesa visitou Oficina Lu Ban Portuguesa
Embaixada da China e Politécnico de Setúbal estudam “novos canais de colaboração”

Comitiva chinesa visitou Oficina Lu Ban Portuguesa<br />
Embaixada da China e Politécnico de Setúbal estudam “novos canais de colaboração” . Oficina Lu Ban Portuguesa funciona no IPS desde 2018

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) recebeu, no último dia 23, a visita do embaixador da China em Portugal, Zhao Bentang, para conhecer no terreno a Oficina Lu Ban Portuguesa, uma unidade de ensino e investigação na área da Indústria 4.0 aqui instalada desde 2018 numa parceria com o Governo Municipal de Tianjin, e estudar formas de reforçar e ampliar a colaboração já existente.

Acompanhado da diretora de Educação da Embaixada Chinesa em Portugal, Chen Mo, o representante do Estado chinês disse ter encontrado no IPS uma “combinação entre uma visão muito prática do ensino e uma investigação de alto nível”, considerando por isso que a Oficina Lu Ban “encontrou um parceiro ideal em Portugal”.

Neste sentido, com base nos bons resultados já alcançados, o embaixador Zhao Bentang propôs a criação de “novos canais de colaboração para acrescentar valor a esta plataforma”, nomeadamente através do reforço do ensino da língua chinesa no IPS, área em que já existe oferta, desde 2019, graças a uma parceria com o Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa (ICUL).

Como resultado, teremos “profissionais altamente qualificadas na área da tecnologia e ao mesmo tempo com domínio da língua chinesa, tornando-se mais competitivos no mercado de trabalho”, disse, colocando-se ao dispor para apoiar o desenvolvimento conjunto de uma Oficina Lu Ban que possa ser “uma referência de intercâmbio cultural e interpessoal entre a China e Portugal”.
No encontro, o IPS fez-se representar pela sua presidente, Ângela Lemos, que destacou a importância da Oficina Lu Ban como “espaço único com tecnologia de ponta que permite a docentes, estudantes e parceiros o desenvolvimento de projetos técnico-científicos no âmbito da industria 4.0, permitindo que o IPS tenha um contributo efetivo na indústria da região”. Estiveram também presentes a vice-presidente para a Internacionalização, Luísa Carvalho, o coordenador da Oficina Lu Ban Portuguesa, José Lucas, e o diretor da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal (ESTSetúbal/IPS), Nuno Nunes, estabelecimento onde se encontra instalado este laboratório.

As Oficinas Lu Ban, que levam o nome do carpinteiro, engenheiro e inventor chinês da dinastia Zhou, admirado como um Leonardo da Vinci do Oriente, são plataformas de colaboração tecnológica entre a China e os países destinatários, inscrevendo-se na estratégia de internacionalização do país. A unidade instalada no IPS é a única existente em Portugal e a sexta no mundo, distinguindo-se por ser um espaço agregador de várias áreas disciplinares em torno do paradigma da Indústria 4.0, funcionando em estreita colaboração com o corpo docente da Escola Vocacional de Mecânica e Eletricidade (EVME) de Tianjin.

28.11.2022 - 15:55

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2023 Todos os direitos reservados.