Conta Loios

as escolas

Projeto BUILD2050 visa criar uma rede europeia de técnicos qualificados
Politécnico de Setúbal lança formação piloto na área da construção sustentável

Projeto BUILD2050 visa criar uma rede europeia de técnicos qualificados <br />
Politécnico de Setúbal lança formação piloto na área da construção sustentável O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) tem aberto, até ao próximo 7 de fevereiro, o período de inscrições para uma formação piloto na área da construção sustentável e promotora da saúde e bem-estar, no âmbito do projeto europeu BUILD2050, que está a ser desenvolvido desde fevereiro de 2022 sob sua coordenação.

Enquadrado na estratégia de transição ambiental instituída pelo Pacto Ecológico Europeu, que visa tornar a Europa climaticamente neutra até 2050, o BUILD2050 foca-se no desenvolvimento de uma formação integrada e transnacional de técnicos capacitados para projetar e construir novos edifícios ou renovar os existentes tendo em vista a redução das emissões de carbono, assim como a produção de poluição.
A formação piloto contempla oito cursos gratuitos, cada um deles dirigido por um parceiro do consórcio, desenhados para dar resposta aos desafios emergentes do setor da construção civil no que toca à meta da descarbonização. Podem candidatar-se todos os interessados que tenham formação superior ou se encontrem a desenvolver atividade profissional nas áreas de Arquitetura, Física e Engenharias (Ambiental, Civil, Mecânica, Eletrotécnica e Energética), em qualquer um dos seis países a que pertencem os parceiros do projeto. Em Portugal são disponibilizadas 10 vagas.

A ações previstas, a decorrer entre o próximo mês de março e abril de 2024, assentam em métodos de ensino inovadores e conteúdos interdisciplinares, oferecendo um ambiente de trabalho e de partilha à escala europeia. Para mais informações e inscrição, consultar a página oficial do projeto, em https://build2050.weebly.com/.
Financiado pelo programa Erasmus+, o projeto BUILD2050 - Training for Sustainable and Healthy Building for 2050, a decorrer até 2025, é desenvolvido por um consórcio de sete instituições de ensino superior sob coordenação do IPS, através de uma equipa de 14 investigadores de várias áreas disciplinares, liderada pela docente Susana Lucas, da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro/IPS).

Entre os principais resultados a alcançar neste âmbito, além da criação dos conteúdos transnacionais dos oito cursos referidos, destaca-se a formação dos primeiros 70 graduados, provenientes de diferentes países europeus, assim como o lançamento de uma plataforma e de um eBook que disponibilizará os respetivos conteúdos ministrados e resultados das ações.

O projeto prevê igualmente a criação do Guia Europeu BUILD2050, pretendendo, em última instância, dar origem a uma rede europeia consolidada de profissionais, investigadores e decisores políticos nas áreas temáticas da Construção 2050.
Além do IPS, são instituições parceiras do consórcio a Universidade de Bolonha e o Politécnico de Milão (Itália), a Universidade de Atenas (Grécia), a Universidade de Bochum (Alemanha), a Universidade de Ciências da Vida de Varsóvia (Polónia), e a Universidade de Tecnologia de Luleå (Suécia).

24.01.2023 - 14:00

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2023 Todos os direitos reservados.