as escolas

“Governo Mais Próximo” visita Politécnico de Setúbal
Comitiva de secretários de Estado inteirou-se dos principais projetos em curso

“Governo Mais Próximo” visita Politécnico de Setúbal<br />
Comitiva de secretários de Estado inteirou-se dos principais projetos em curso O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) recebeu hoje a visita de vários membros da equipa governamental, no âmbito da iniciativa “Governo Mais Próximo”, que está a percorrer o distrito até amanhã, 30 de março, numa ação de auscultação dos agentes locais, tendo em vista o reforço da coesão territorial.

Ao longo da manhã, os secretários de Estado do Ensino Superior, Pedro Teixeira, da Promoção da Saúde, Margarida Tavares, e do Planeamento, Eduardo Pinheiro, fizeram um périplo pelo campus de Setúbal do IPS, num programa que contemplou, para além de reuniões com a equipa da Presidência do IPS e dirigentes da instituição, também a visita a vários espaços e laboratórios das escolas, permitindo um contacto mais próximo com as atividades de ensino e investigação, no âmbito das áreas de formação do IPS.

A equipa governamental inteirou-se igualmente dos projetos mais relevantes em curso na instituição, nomeadamente através de uma visita ao local onde futuramente será construído o edifício próprio da Escola Superior de Saúde, um dos investimentos previstos com financiamento do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).

Neste âmbito, foram também apresentados os projetos das duas novas residências de estudantes, a erguer em Sines e no Barreiro, bem como da ampliação e remodelação da Residência de Estudantes de Santiago, em Setúbal, que permitirá o reforço da oferta de alojamento estudantil com 182 novas camas.

A comitiva ficou também a conhecer os quatro projetos estratégicos em que o IPS está envolvido, no âmbito do programa Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial, nomeadamente o Aero.Next Portugal, o Nexus, o Produtech R3 e o Drivolution, que se propõem inovar nos setores aeroespacial, de logística, digitalização, indústria 4.0 e automóvel.

Em nome da equipa governamental, o representante da tutela do Ensino Superior, Pedro Teixeira, confessou ter encontrado no IPS “uma instituição muito dinâmica, com um enraizamento muito grande na sua região, na sua comunidade, com parcerias com muitas entidades”, afirmando também a sua “confiança” na concretização atempada de todos estes projetos, que “serão transformadores do IPS e da própria região que o IPS serve”.

O governante assinalou igualmente a “dupla função” dessa passagem da iniciativa “Governo Mais Próximo” pelo IPS. Por um lado, como forma de “dar a conhecer a instituição a representantes de outras áreas governativas que colaboram neste esforço, ou porque gerem programas que financiam atividades no IPS, ou porque beneficiam da qualificação e da transferência de conhecimento desenvolvidas pelo IPS”. Por outro, pela possibilidade de “ouvir quais são as principais preocupações sentidas, e em que medida é que nós podemos, através dessa informação, ajudar o IPS a desempenhar melhor a sua missão”.

Para a presidente da instituição, Ângela Lemos, esta visita “permitiu ao IPS partilhar com o Governo o seu projeto de ensino e investigação, bem com as suas potencialidades e contributo para a região”, ao mesmo tempo que constituiu “uma oportunidade de debater os constrangimentos com que nos defrontamos, numa perspetiva de identificação de soluções partilhadas”.

Quanto aos projetos PRR, que assumiram uma grande centralidade ao longo deste dia de visita, a responsável assinalou o volume global de investimento previsto, de 27 milhões de euros, bem como o impacto da sua execução “no projeto formativo do IPS e seu contributo para a região nos próximos anos”.

O programa da tarde foi dedicado à conferência “Europa Aqui”, conduzida pelo secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Tiago Antunes, que abordou as respostas europeias à pandemia, à guerra e seus impactos, no âmbito de um ciclo de debates sobre o projeto de construção europeia.

Neste evento, que reuniu no Auditório Nobre estudantes e outros membros da comunidade académica, o governante teve ainda oportunidade de apresentar a Estratégia Nacional para as Carreiras Europeias, aprovada recentemente como forma de estimular a candidatura a postos de trabalho na UE e reforçar o número dos funcionários portugueses nas instituições europeias.

29.03.2023 - 20:12

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.