as escolas

No topo nacional segundo o Times Higher Education Impact Rankings 2024
Politécnico de Setúbal destaca-se pelas políticas de promoção da igualdade de género

No topo nacional segundo o Times Higher Education Impact Rankings 2024<br />
Politécnico de Setúbal destaca-se pelas políticas de promoção da igualdade de género O Politécnico de Setúbal (IPS) está entre as instituições de Ensino Superior portuguesas que mais se destacam pela promoção da igualdade de género, ocupando a terceira posição nacional, segundo o Times Higher Education (THE) Impact Rankings 2024, instrumento mundial de avaliação do desempenho da academia no que respeita aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pelas Nações Unidas.

Na lista global, onde se incluem 1 361 instituições de Ensino Superior de 114 países, o THE Impact Rankings 2024 atribui ao IPS o 89º lugar no que respeita ao Objetivo 5: Igualdade de Género, nomeadamente pela implementação de políticas e práticas inclusivas que permitem o acesso equitativo à educação e a criação de ambientes propícios onde as mulheres possam prosperar, académica e profissionalmente.

“É com grande satisfação que recebemos este reconhecimento, pelo THE Impact Rankings, que demonstra bem a abordagem e as práticas do IPS no que respeita aos ODS, em particular na área da igualdade de género”, refere a presidente da instituição, Ângela Lemos, sublinhado tratar-se de um resultado que “reforça a nossa motivação para continuarmos, com o envolvimento da comunidade académica e envolvente, a trabalhar para este compromisso à escala global”.

Além da criação de uma Comissão de Igualdade de Género enquanto órgão consultivo, o IPS lançou também recentemente, em parceria com a consultora NTT DATA, uma pós-graduação em Gestão e Visualização de Dados na Cloud que dispõe de 10 prémios de mérito para mulheres, como forma de promover a igualdade de género nas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), setor ainda maioritariamente masculino.

Com o mesmo intuito, a abertura de horizontes para as inúmeras oportunidades do mundo digital, foram também criados a academia de verão TalentOn, dirigida exclusivamente a alunas do ensino secundário e profissional, e o Prémio EmpowerED, como forma de reconhecimento das boas práticas escolares em promoção da igualdade de género nas chamadas áreas CTEAM - Ciências, Tecnologias, Engenharias, Artes e Matemática junto de alunos do 3º ciclo do Ensino Básico.

O podcast “Que mulher é essa?”, integrado no programa de comemorações do Dia Internacional da Mulher, 8 de março, com cinco entrevistas a diplomadas do IPS, dando a conhecer os seus percursos inspiradores em diferentes áreas profissionais, é outro dos exemplos de iniciativas recentes neste domínio.

No que respeita ao desempenho global em matéria de sustentabilidade, considerando todos os 17 ODS, o THE Impact Rankings 2024 coloca o IPS na 11ª posição a nível nacional, numa lista liderada pela Universidade de Coimbra, e mundialmente no intervalo de 601-800, num universo de 1 963 universidades.

14.06.2024 - 09:44

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.