Conta Loios

as escolas

No Barreiro
Cerca de 500 professores protestam contra Ministra de Educação

No Barreiro<br>
Cerca de 500 professores protestam contra Ministra de Educação Foram muito perto dos 500 professores que, hoje, a partir das 18 horas, se concentraram junto à Estátua Alfredo da Silva em protesto contra as politicas do Governo em matéria de Educação.

“Está na hora, está na hora, da Ministra ir embora!” – foi a palavra de ordem mais gritada pelos professores, muitos vestidos de negro e empunhando velas.
Os professores acenaram de lenços brancos apelando, em coro, para que Ministra da Educação vá embora.

O presidente da Câmara Municipal do Barreiro e a Vereadora Regina Janeiro, do Pelouro da Educação, da Câmara Municipal do Barreiro estiveram no local e acompanharam os manifestantes que se deslocaram pelos passeios da Avenida Alfredo da Silva e Rua Miguel Bombarda, até aos Paços do Concelho, local, onde, Carlos Humberto e Regina Janeiro expressaram com aplausos e cumprimentos a solidariedade aos professores.

Apupos à passagem junto à sede do Partido Socialista

Entre os participantes neste protesto, refira-se, porque são personalidades conhecidas da vida pública, encontravam-se professores conotados com os mais diversos partidos – PCP, PS, PSD ou Bloco de Esquerda.
Mas, de facto, esta acção de protesto uniu os professores em defesa da profissão e, sem dúvida, acima de quaisquer intervenção de ordem político-partidária.
No entanto, os manifestantes na Rua Miguel Bombarda, quando se deslocavam para o edifício dos Paços do Concelho, ao passarem junto à sede da Comissão Politica Concelhia do Barreiro do Partido Socialista, na circunstância, ergueram as suas vozes, escutando-se um coro imenso de assobios e gritos : “Mentirosos! Mentirosos!”

5.3.2008 - 21:38

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.