Conta Loios

as escolas

Programa «Escola Alerta» - SETÚBAL
Cerimónia distrital de entrega de prémios no Seixal

Programa «Escola Alerta» - SETÚBAL<br>
Cerimónia distrital de entrega de prémios no Seixal . Dia 21 de Abril, pelas 14 horas, no Pavilhão do Clube de Pessoal da Siderurgia Nacional

Lançado em 2003, o Programa “Escola Alerta” pretende mobilizar as comunidades educativas para o combate à discriminação de que são alvo as pessoas com deficiência, através da eliminação das barreiras urbanísticas, arquitectónicas e de comunicação, que dificultam ou impedem a sua acessibilidade e o pleno gozo da sua cidadania.

Este ano, o Distrito contou com a participação de 26 escolas e instituições, 1004 alunos e utentes e 74 professores e técnicos, num total de 28 trabalhos a concurso.

O Governo Civil de Setúbal, enquanto entidade coordenadora do Programa “Escola Alerta” no Distrito, promove, no próximo dia 21 de Abril, pelas 14 horas, no Pavilhão do Clube de Pessoal da Siderurgia Nacional, no Seixal, a cerimónia distrital de entrega de prémios, atribuídos aos projectos concorrentes neste ano lectivo.

Lançado em 2003, o Programa “Escola Alerta” pretende mobilizar as comunidades educativas para o combate à discriminação de que são alvo as pessoas com deficiência, através da eliminação das barreiras urbanísticas, arquitectónicas e de comunicação, que dificultam ou impedem a sua acessibilidade e o pleno gozo da sua cidadania.

O Programa, que este ano tem como lema a Acessibilidade a Todos, destina-se a alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, público e particular e às crianças e jovens que frequentem centros educativos do Instituto de Reinserção Social ou outras instituições educativas sob a tutela do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social.

O concurso “Escola Alerta” é uma iniciativa do Instituto Nacional para a Reabilitação (INR), desenvolvida em colaboração com os Governos Civis e as Direcções Regionais de Educação.

A organização, a cargo do Governo Civil, conta com a participação da Câmara Municipal do Seixal, das Direcções Regionais de Educação do Alentejo e de Lisboa e Vale do Tejo e da CCDR/LVT. Colaboram, ainda, todas as autarquias com trabalhos a concurso e a GNR.


Setúbal apresenta a concurso 28 trabalhos

Este ano, o Distrito contou com a participação de 26 escolas e instituições, 1004 alunos e utentes e 74 professores e técnicos, num total de 28 trabalhos a concurso.

Mais uma vez, o Distrito registou uma ampla participação, com um aumento, em relação a 2009, do número de escolas envolvidas neste projecto, bem como de alunos (mais 456 que em relação ao ano passado), resultado do interesse que as comunidades educativas e IPSS demonstraram pela temática da deficiência

Crianças, jovens, portadores de deficiência ou não, acompanhados pelos seus Professores e Técnicos, produziram trabalhos de reflexão e de intervenção na área da deficiência, abarcando uma ou mais incapacidades, dentro da escola e na comunidade (bairro, rua, freguesia, concelho).

Identificaram barreiras físicas, mas também de atitude e comportamentais, sugeriram soluções para correcção, levaram autarcas, comerciantes, empresários, responsáveis da administração pública a firmar compromissos que melhorassem o espaço físico e social, em 9 dos 13 concelhos do Distrito.

20.4.2010 - 0:19

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.