Conta Loios

as escolas

Investigação a termo certo?
O futuro da próxima geração de investigadores portugueses em análise na Universidade de Coimbra

Investigação a termo certo? <br>
O futuro da próxima geração de investigadores portugueses em análise na Universidade de CoimbraA situação vivida pelos Investigadores Auxiliares com contratos a termo e a interação entre o sistema político e o sistema científico nacional vão estar em debate, no próximo dia 15 de junho, no 3º Simpósio da Associação Nacional de Investigadores em Ciência e Tecnologia (ANICT), a decorrer no auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

Composta por duas sessões, a iniciativa começa por avaliar os programas Ciência 2007 e 2008, através dos quais foram contratados a termo mais de 1000 cientistas nas universidades e centros de investigação nacionais e a sua contribuição para o desenvolvimento científico e tecnológico do país. De seguida, os responsáveis da ANICT apresentam o “Plano para a Excelência”, um plano que visa promover uma verdadeira cultura de mérito no meio académico Português e potenciar a excelência da investigação.

A segunda sessão incidirá sobre o Futuro da Ciência em Portugal. Pretende-se chamar a atenção para a situação dos investigadores com contratos a termo que, apesar do seu elevado desempenho, se deparam atualmente com a ausência de perspetivas de carreira em Portugal. Estarão presentes: Paulo Pereira, Vice-Presidente da Fundação para Ciência e Tecnologia (FCT), Dagmar Meyer, responsável na área “Universidades e Investigadores” da Comissão Europeia, e João Gabriel Silva, Reitor da Universidade de Coimbra.

12.6.2012 - 12:24

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.