Conta Loios

reportagem

«Almofadas do Coração» chegaram ao Barreiro
Apoio para mais de 200 utentes que anualmente recebem intervenção cirúrgica

«Almofadas do Coração» chegaram ao Barreiro <br />
Apoio para mais de 200 utentes que anualmente recebem intervenção cirúrgica<br />
Depois do Hospital da Figueira da Foz o Centro Hospitalar Barreiro Montijo é segundo no país a receber a almofada desenhada para facilitar o descanso do braço após o processo cirúrgico

A Associação de Mulheres com Patologia Mamária, hoje, entregou na Unidade de Senologia do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, as primeiras «almofadas do coração»

As primeiras «almofadas do coração» foram entregues pela Associação de Mulheres com Patologia Mamária à equipa da Unidade de Senologia do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, num breve intervalo, entre as consultas e reuniões de trabalho, de uma equipa que não tem mãos a medir, para dar a sua dedicação a cerca de 1000 utentes.
Segundo fomos informados, mensalmente são realizadas cerca de 20 intervenções cirúrgicas, sendo o valor anual muito superior a 200 acções de intervenção de cirurgia mamária.

Tragam-nos com muitas cores

Lurdes Ramalho, coordenadora da equipa, agradeceu o apoio da AMPM e recordou que existe “uma boa relação institucional”.
“Estas almofadas são muito importantes para ajudar os nossos utentes”, disse.
“Tragam-nos com muitas cores, que os nossos utentes gostam delas coloridas”, disse.
“Mas para os homens têm que ser mais escuras. Sim, porque também há homens com intervenção de cirurgia mamária”, comentou alguém.

Dos Estados Unidos para a Europa

Fernanda Ventura, presidente da Direção da AMPM, sublinhou que a associação aderiu ao a Projecto Almofadas do Coração, um projecto descoberto nos Estados Unidos e divulgado por Janet Kramer Mai especialista em cancro de mama, do "Erlanger Breast Resource Center", em Chattanooga Tennesse.

Refira-se que este projecto foi levado dos Estados Unidos para a Dinamarca pela enfermeira Nancy Fries-Jansen do Hospital Frederiksberg, de onde se espalhou por grande parte da Europa.

Aliviar a dor da incisão cirúrgica

A «almofada do coração» foi desenhada para facilitar o descanso do braço após o processo cirúrgico.
Fernanda Ventura, sublinhou que a almofada “aliviar a dor da incisão cirúrgica” e “reduz o inchaço linfático provocado pela cirurgia”, para além de “diminuir a tensão nos ombros”
A almofada pode ser usada debaixo do cinto de segurança do carro para proteger contra eventuais golpes.
Em Portugal, referiu Fernanda Ventura, o Hospital da Figueira da Foz já utiliza a Almofada do Coração, sendo o Centro Hospitalar Barreiro Montijo, o segundo a receber este projecto.
Alguns utentes foram de imediato contemplados com a oferta da «almofada do coração».
“Quando precisarem mais peçam”, disse Fernanda Ventura.

VER FOTOS

https://www.facebook.com/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10153688051707681

18.07.2016 - 18:43

Imprimir   imprimir

PUB.

PUB.





Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.