Conta Loios

reportagem

Torneio de Frontball da Vila da Moita
Objectivo cada ano ter mais participantes e inserir um torneio no Circuito Mundial

Torneio de Frontball da Vila da Moita<br />
Objectivo cada ano ter mais participantes e inserir um torneio no Circuito Mundial<br />
Teve Lugar ontem, no Pavilhão Municipal da Moita a 2ª edição do Torneio de Frontball organizado pela Escola de Pelota da Moita no âmbito da Quinzena da Juventude da Câmara Municipal da Moita. O evento contou com a presença de Nelson Saraiva(Presidente da Associação Portuguesa de Pelota Basca), Diamantino Gonçalves (Presidente da Associação de Moradores Bairro Novo) e Daniel Figueiredo (Vice-Presidente da Câmara Municipal da Moita)

Previa-se a participação de atletas de Inglaterra, Espanha e França, o que acabou não sendo possível devido às competições nos respectivos países não terem paragens, impossibilitando a participação dos mesmos neste torneio, contudo este evento serviu para consolidar a ideia de que os praticantes estão empenhados em trazer de volta a modalidade que foi perdendo consistência ao longo dos anos em terras lusas.
O Torneio contou com a presença de duas escolas, a Escola de Pelota da Moita e a União Desportiva de Ourém, embora maior parte dos participantes fossem da equipa da casa, este factor está a ser preponderante para a afirmação da modalidade no concelho da Moita. Em competição estiveram três escalões: Sub-10, Sub-18 e Seniores, onde a Escola de Pelota da Moita arrecadou os três primeiros lugares, foram vencedores respectivamente pelos escalões anteriormente referidos: Bruno Fernandes, André Jorge e André Pagaime.
Daniel Figueiredo, Vice-Presidente da CM Moita, ressalvou a importância da Quinzena da Juventude e da 2ª edição do torneio: " A Quinzena da Juventude tem um conjunto de actividades organizadas pelos jovens onde são apresentadas propostas à Câmara Municipal, que procura dinamizar e facilitar a elaboração das mesmas, esta iniciativa decorre à cerca de 20 anos, ajudando a organização de eventos como o Moita Metal Fest, Alhos Vedros Fest, e os Encontros do Fórum de Juventude. Este evento não é excepção, é a segunda edição e é muito bom ver os mais pequenos a praticar um desporto com menos visibilidade e a conviverem alegremente.
Este evento contou com a presença e participação do Presidente da Associação Portuguesa de Pelota Basca, Nelson Saraiva, luso-francês, que começou a praticar Pelota em 1986 com 17 anos, explicando a grande diferença da modalidade de Portugal para França: " Em França há melhores condições para a prática da modalidade, lá até faz parte do programa do desporto escolar, aqui em Portugal é dificil porque não há dinheiro mas mesmo assim há locais que gostam investem na modalidade casos das Câmaras Municipais de Moita Lisboa e Almada, ainda assim continuamos a dar a conhecer a modalidade e a desenvolver a mesma".
À conversa com André Pagaime, criador da Escola de Pelota da Moita e grande responsável pela divulgação e consolidação do desporto no concelho Moitense, compara a segunda edição à primeira e revela algumas ideias e projectos para o futuro: " A nível técnico este ano foi superior ao ano passado, em termos de participação foi equivalente, a ideia é continuar a organizar este torneio, com o objectivo de a cada ano ter mais participantes e inserir um torneio organizado por nós no Circuito Mundial. Está também nas nossas ambições em conjunto com a Associação Portuguesa de Pelota Basca, a organização de uma Liga dos Campeões a nível Sénior onde participarão os Campeões Nacionais de Cada País a nível Europeu. Continuamos em preparação para competir no Campeonato da Europa de Jovens que se realizará em Julho na cidade de Valência".
Após a entrega de prémios, Diamantino Gonçalves (Presidente da Associação de Moradores Bairro Novo) , agradeceu à Câmara Municipal da Moita e deixou votos para a continuação do torneio nos anos que se seguem.

Rafael Vintém

26.03.2017 - 18:10

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.