Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 16 de Janeiro 2018
Por Maria Helena


Rostos do Ano 2017
Rosto «Inovação» Transportes Colectivos do Barreiro - TCB


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Veterano» Luciano Barata


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Escritor» Fernando Sobral


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Ambiente» S. Energia Agência Regional de Energia


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Autarca» Naciolinda Silvestre


Rostos do Ano 2017
Rosto «Ensino» Escola Superior de Tecnologia do Barreiro


Barreiro - Rostos do Ano 2017
Rosto «Cidadania» Mónica Duarte


Barreiro - Rostos do Ano 2017
Rosto «Solidariedade Social» Rumo, Cooperativa


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Memória» Cabós Gonçalves


Por dentro dos dias – Barreiro
Sozinhos somos apenas uma ausência de comunidade.


Por dentro dos dias – Barreiro
Uma Rede social pode ser um instrumento de relação humana positiva


Barreiro / Moita - Associativismo e Comunicação
Valorizar as dinâmicas de comunicação na vida associatva


COLUNISTAS
Disco virado. E a música?
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Desculpem lá!
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


AUTARQUIAS LOCAIS - QUE FAZER ?
Por José Caria
Montijo


As prendas do Pai Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Três vezes onze
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Saúde um direito constitucional que não se cumpre na Vila da Baixa da Banheira
Quanto mais prometem, menos cumprem!
Por Nuno Cavaco


Vigiar e intervir antes de ser tarde demais!
Por Nuno Banza
Barreiro


BASTIDORES
Maria Luís Albuquerque num encontro com alunos no Seixal
Defende que há muito trabalho a fazer para a igualdade de género


Barreiro -Medida aprovada por PS e CDU triplica o IMI
«Carregada de uma carga ideológica por parte de socialistas e comunistas»


Moita - Candidatura à secção do Partido Socialista da Baixa da Banheira
Luis Cerqueira é o candidato a Coordenador


Movimento «Fazer Barreiro» formaliza candidatura à Concelhia do PS
Lista encabeçada por André Pinotes Batista
. Eduardo Cabrita mandatá


Barreiro - Arranjos Exteriores do Centro de Saúde de Santo António da Charneca
PS saúda Governo pelo arranque das obras


Posição da CDU na Assembleia Municipal da Moita
Orçamento Municipal e GOP 2018


Barreiro - Arranjos exteriores da Unidade de Saúde Familiar de Santo António da Charneca
CDU acompanhou junto da ARS a necessidade desta interv


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
André Camilo, actor do Barreiro
«Através do teatro aprendi a olhar o mundo através da magia»


AS EMPRESAS
Carnaval de Sesimbra é um dos mais reconhecidos do país
Programa de Carnaval do Sesimbra Hotel & Spa já disponível



Palmela - PCP repudia intenção da multinacional Lincoln Electric
Encerrar unidade de produção na Venda do Alcaide (Pinhal Novo).


Seixal / Setúbal - 25% da frota operacional da SIMARSUL já é 100% elétrica
Irá permitir diminuir a pegada de carbono da empresa


DESPORTO
No Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal
Olimpíadas da Corrida


Torneio de Petanca na Moita
Participantes salientam a excelente qualidade da prova


Prova Apuramento Regional – Optimist juvenis 2018 no Barreiro
Clube de Vela coloca vários velejadores no pódio


Taça Cidade do Barreiro
Históricos GD Fabril e FC Barreirense disputam novamente troféu


PERSONALIDADES
Barreiro - Faleceu Lénine Maria Sobreiro
Sua vida foi um compromisso com os trabalhadores e o Partido Comunista Português


Barreiro - Valentim Oliveira / Missa do Trigésimo
Dia 21 de Janeiro na Igreja Matriz de Palhais


AS ESCOLAS
Barreiro - Tertúlias Augusto Cabrita
Informática e Liberdade com Helder Coelho


Moita - 28 computadores portáteis e 16 conjuntos de telas e retroprojetores
Estão a ser distribuídos esta semana pela Câmara


Moita na Rede OCDE Education 2030
ETPM a única Escola Profissional Portuguesa que integra


Barreiro - Agrupamento de Escolas de Santo António «Marca a Diferença»
Este é o lema do Projeto Educativo do nosso Agrupamento


REPORTAGEM
Barreiro - Aumento Tarifário dos TCB
Aprovado com voto de qualidade do Presidente
. PS a favor. CDU contra. PSD abstenção


Abertura de Balcão Único no Barreiro
«Primeiro passo da revolução tecnológica»


Eduardo Cabrita, Ministro da Administração Interna
Barreiro é um exemplo da relação entre as autarquias e os bombeiros


«Se querem matar o Terminal do Barreiro haja coragem de o dizer»
sublinhou Bruno Vitorino, na última reunião de Câmara


Uma nova estratégia de turismo para o Barreiro
Abertura do Posto de Turismo marca o começo


Barreiro - Tarifário da Água mantém preços de 2017
Proposta aprovada com abstenção da CDU e PSD


Barreiro - Um musical para todas as idades
Um convite a mergulhar por dentro da imaginação


MOLDURA
Barreiro - Associação Desenvolvimento Artes e Oficios
Jorge Moniz, João Custódio e Pedro Branco apresentam «Reencontro»


DansaArtes sobe ao palco do Cinema Teatro Joaquim d’Almeida no Montijo
Apresenta «Quero Ser»


Palmela - Igualdade de género em peça teatral no Pinhal Novo
«Vanessa vai à Luta!»


Festa da Dedicação da Igreja de Santa Maria do Barreiro
Em 18 de Janeiro de 1970 foi considerada concluída


Barreiro - No espaço POLIS Santo André
Feira do Fumeiro


Moita - Na Baixa da Banheira
Blues Nights by BBF recebem Hearts and Bones


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
Recebe 58 novos médicos internos


Barreiro - Heavy e Trash Metal presentes no Festival
3ª edição do Camarro Fest


Setúbal - No Forum Municipal Luisa Todi
O corcunda de Notre Dame


Centro Hospitalar Barreiro Montijo deixa de enviar cartas em papel
para informar utentes das datas de consultas externas agendadas


Barreiro - Mais uma «Invasão ao Domingo»
Descasque e arranque de rebentos de acácias na Mata da Machada


Barreiro - Gatos abandonados na Mata da Machada
Vão começar a ser recolhidos pelos serviços da Autarquia


AUTARQUIAS
Barreiro
Balcão Único abre no Mercado Municipal


Setúbal - Estacionamento, lixos gerados por particulares e prevenção
Requalificação urbanística de Pinhal de Negreiros em Azeitão


Montijo - Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários
Um dos temas da reunião de Câmara


Palmela - Município quer reforçar WIFI no Centro Histórico e na Serra do Louro
Candidatura a programa do Turismo de Portugal


Eleitos da CDU na Assembleia Municipal da Moita
O IMI é um imposto muito exposto, também à demagogia, por várias razões.


OPINIÃO
OSTOMIA E A IRRIGAÇÃO NA PRIMEIRA PESSOA
Por Francisco Oliveira
Barreiro


A ARTE PERVERSA DE ADULTERAR CRIANÇAS
Por Abdul Cadre
Barreiro


Reabilitação Urbana: Oportunidade para o Barreiro – II
Por Rui Lopo
Barreiro


ALERTA AOS PAIS!
Por Clara Soares
Bareiro


ASSOCIATIVISMO
Grupo Desportivo Fabril – Barreiro
Comemorações do 81º aniversário


Escutismo católico no concelho do Barreiro
Celebra 82º aniversário do escutismo barreirense


Moita - Projeto Intergeracional «Dar ASAS»
«Cantar os Reis» CRIBB recebe alunos da Escola Básica da Baixa da Banheira


Barreiro - Grupo Desportivo «O Independente»
ASSEMBLEIA GERAL


LIVROS
António Pato apresenta na Biblioteca Municipal do Barreiro
O livro «O Lado Simples – Práticas de Chi Kung e Meditação»


Jéssica Pinheiro residente no Barreiro
Apresenta o livro «Fragmentação»


POSTAIS
Barreiro –Ligação do Parque Empresarial Baía do Tejo ao centro da cidade
Arte de Vhils marca a Alameda da CUF


Barreiro - João Pintassilgo divulgou abertura do Balcão Único
Criação de uma rede de serviços de proximidade


Estação Sul e Sueste Barreiro pode passar para responsabilidade da Câmara Municipal
Um cenário colocado pelas Infraestruturas de Portugal


Barreiro - Encerramento da Estação dos CTT prejudica a população
«Isto é um retrocesso civilizacional»


Barreiro - Protesto contra encerramento dos CTT no Lavradio
«Somos contra que os Serviços dos Correios sejam prestados pela União de Freguesias


Barreiro vai receber a «Chama da Solidariedade»
Uma semana para chamar à atenção para as questões sociais


Terminal de Contentores do Barreiro
APA pede parecer à Câmara Municipal do Barreiro


Nova Esquadra da PSP no Barreiro Velho
Conclusão da Obra prevista para Março de 2019


Alhos Vedros – Moita
Derrocada de muro de antiga fábrica de cortiça
. Atinge diversos veículos


Barreiro – LIDL quer construir na Quinta das Canas
Um investimento de 5 milhões de euros


ARTES
Teatro Animação de Setúbal
Apresenta «A Rainha dos Estapafúrdios»


Barreiro - «O Inspector» de Gogol encenado por Jorge Cardoso
Sentir no teatro o pulsar da vida...porque a vida é uma gaiola!


AGENDA
FORUM BARREIRO
Castello Lopes Cinemas
Programação Semanal


Barreiro - Tertúlias no Convento «Ao Encontro de…»
Emanuel Góis fala de «Leis, Justiça e Cidadania»


Concerto de Fado com Marco Rodrigues
17 fevereiro, 22h00, AMAC


EUROPA
Comissão Europeia propõe-se investir 1000 milhões de euros
em supercomputadores europeus de craveira mundial


reportagem rostos.pt - o seu diário digital

Rui Garcia, presidente da Câmara Municipal da Moita
Poder Local Democrático acção insubstituível na transformação e progresso

Rui Garcia, presidente da Câmara Municipal da Moita <br />
Poder Local Democrático acção insubstituível na transformação e progresso<br />
“Construir uma vivência comum e ultrapassar tensões entre modos de vida e culturas distintas, no meio de processos de rápida transformação social”, é o resultado da realidade social do concelho, sublinhou Rui Gracia, esta manhã, no decorrer da cerimónia de homenagem a a munícipes e instituições, evento que marca anualmente o Dia do Municipio.

Um momento musical com a agradável participação de Pedro Almeida marcou a abertura da cerimónia que decorreu nos Paços do Concelho da Moita
Hoje, Feriado no concelho da Moita, o Dia do Municipio, anualmente marcada por este ponto de encontro, no qual que a autarquia presta homenagem, como referiu Rui Garcia, presidente da Câmara – “a pessoas que, individualmente ou através das instituições em que participam, dão contributos marcantes em áreas diversas da vida da nossa comunidade”.
A abrir um momento musical com a agradável participação de Pedro Almeida.
“Procuramos conferir a este dia um significado mais rico e desejavelmente mais mobilizador”, e, “mobilizados para o desenvolvimento deste território e desta comunidade”, referiu Rui Garcia.

Cruzamento entre lugares multiseculares
.
“O nosso é um Concelho de pequeno território, mas ainda assim marcado pela diversidade” sublinhou o presidente da Câmara Municipal da Moita.
Referiu que este é um concelho – “onde se constrói um destino comum no marco do cruzamento entre lugares multiseculares que transportam uma identidade muito ligada ao mundo rural e ao rio e as novas comunidades resultantes da irrupção brusca e desordenada da industrialização e da urbanização da segunda metade do século passado”.
Recordou que o concelho é formado por pessoas oriundas de “diversas partes do país e do mundo que trouxeram a este território a multiculturalidade que hoje o caracteriza.”.
“Construir uma vivência comum e ultrapassar tensões entre modos de vida e culturas distintas, no meio de processos de rápida transformação social”, é o resultado da realidade social do concelho.

Poder Local Democrático e a sua acção única e insubstituível

.
O autarca salientou o papel do – “Poder Local Democrático e a sua acção, única e insubstituível, na transformação e no progresso ocorrido nas condições de vida das populações nas últimas quatro décadas”.
“Não é possível subestimar a importância para a democracia portuguesa deste Poder Local, com representatividade, com autonomia e com meios para exercer o governo local em prol dos interesses populares”, disse.

Uma contribuição “à nossa vida colectiva”

Sobre os homenageados, o edil, começou por salientar aqueles que são os “anónimos” referindo-se a Manuel Angélica tem 41 anos de serviço na Câmara Municipal da Moita e tem 56 de idade.
“Quer isso dizer que começou a trabalhar no Município ainda com 15 anos. É operário. Se as actuais regras não mudarem, para se aposentar com a pensão de reforma máxima terá de trabalhar durante mais de 50 anos. Se se aposentar agora ficará a receber menos de metade do actual vencimento”, disse.
Uma homenagem, através dele a todos que dão uma contribuição “à nossa vida colectiva”. Ao “Manuel Angélica é devido um grande Obrigado, por uma vida de trabalho nesta autarquia”

Uma importante acção de apoio à infância e à velhice

Sobre o Centro Paroquial de Acção Social da Moita, o autarca, referiu através dele a Igreja Católica desenvolveu – “uma importante acção de apoio à infância e à velhice, com dois importantes equipamentos, assumindo um papel de grande relevo na prestação de cuidados, dos quais a nossa sociedade, por insuficiência do Estado, tem sido muito carente.”
“A sua acção, que pode e deve ser convergente com a acção das autarquias e do Estado, deve contribuir para o objectivo último e mais nobre: eliminar a desigualdade, a pobreza e a exclusão, pois estes fenómenos sociais podem ser ultrapassados por uma evolução social regida pelos princípios do humanismo, partilhados pela religião cristã.”, disse.

Clube vive um importante período de revitalização

Sobre o Sporting Clube Vinhense que completou 50 anosm recordou que integra o vasto movimento associativo que caracteriza o concelho.
“O Vinhense tem um rico historial que, só por si, justifica a homenagem que lhe é prestada. Mas é justo assinalar que o Clube vive um importante período de revitalização”, sublinhou.
“O trabalho que tem estado a ser desenvolvido pelo Vinhense e o sucesso que está a alcançar demonstra qual o caminho necessário para ultrapassar períodos menos bons que sempre podem ocorrer na vida das instituições”, salientou o edil.

Economia do concelho foi condicionada pelo domínio do mundo rural

Rui Garcia, referiu que “a economia do concelho foi condicionada pelo domínio do mundo rural, que se estendia à classe política até ao 25 de Abril de 1974”, dando origem que a agricultura e a pecuária foram sectores dominantes, acrescidos dos transportes fluviais.
“A industrialização não foi fomentada pela governação local e apenas a indústria corticeira teve alguma relevância no Concelho até ao final dos anos de 1970”, sublinhou Rui Garcia.
“O declínio deste sector inicia-se por esta época e, em simultâneo, inicia-se a instalação no território de diversas unidades industriais de vestuário, em regra propriedade ou concessionárias de multinacionais, que no entanto têm também uma presença efémera que dura apenas cerca de trinta anos. É paradoxal que um concelho que tem a sua grande expansão demográfica associada à industrialização, não tenha ele próprio, até ao final do século passado, indústrias de relevo, com excepção da construção civil”, disse.

A maior empresa do sector da distribuição alimentar

Esta nota foi serviu ao edil para referir a importância de Celestino Loução, que abriu o seu primeiro talho em 1980, em pleno início da crise que resultou da destruição da indústria da região.
As Carnes Loução - “é hoje a maior empresa do sector da distribuição alimentar sedeada no nosso Concelho. Com oito lojas, seis das quais espalhadas por Alhos Vedros, Baixa da Banheira e Moita e ainda com a Fábrica de Desmanche e Transformação situada na Quinta dos Machados, as Carnes Loução empregam 60 pessoas e continuam a projectar um futuro de investimento e crescimento, sustentado no prestígio que granjeou junto dos consumidores”.

Força da resiliência de pessoas como Lídia Ortiz

Rui Garcia salientou que – “a paisagem urbana constrói-se também com marcos, lugares que são por todos conhecidos e que contribuem para a identidade própria de cada comunidade.”
Referiu que – “o pequeno comércio foi durante décadas uma grande fonte dessa paisagem social. A memória das vilas da nossa juventude é povoada pela mercearia, pela padaria, pela taberna, pela farmácia, pela papelaria, e por tantas outras pequenas lojas que asseguravam (quase) todas as necessidades da população”
Por outro lado salientou que – “a transformação dos hábitos de consumo, a avalancha da grande distribuição e das marcas internacionais, enfim, a mudança da sociedade nas últimas décadas, não foi clemente para o comércio tradicional.”
“Mas este ainda resiste, com a força da resiliência de pessoas como Lídia Ortiz. Desde o início de 1974 que a retrosaria Ortiz serviu milhares de banheirenses e tantos anos depois lá continua”, disse ao evocar a homenageada na área de Mérito Económico e Social.

Os barcos do Tejo perderam a sua função económica

Rui Garcia. salientou o povoamento deste território está associado ao Tejo e às actividades fluviais.
“É na base do transporte fluvial para Lisboa que crescem as comunidades que integram o território actual do Concelho. Os barcos são o instrumento fundamental dessa actividade e neles foi aplicado, ao longo dos séculos, o conhecimento acumulado por gerações e as mais modernas técnicas de construção naval da época, aliás, as técnicas de construção e de navegação que levaram os portugueses à epopeia dos Descobrimentos.”, afirmou.
Recordou que no final do século XX – “a modernização dos transportes tudo mudou. Os barcos do Tejo perderam a sua função económica. O próprio Rio foi transformado num imenso vazadouro das indústrias que nasceram nas suas margens e das cidades em crescimento. Há trinta anos atrás, em todos os esteiros deste lado do Tejo se encontravam carcaças de barcos a apodrecer. E os barcos do Tejo quase desapareceram”.

Apaixonado defensor dos barcos típicos do Tejo

“Hoje, os barcos típicos do Tejo voltaram a navegar e constituem um património cultural inestimável. Neles estão condensados séculos de história e uma manifestação única de arte popular”, disse.
Rui Garcia salientou o contributo do Professor Carvalho Rodrigues, como – “um apaixonado defensor dos barcos típicos do Tejo e é nessa qualidade que o seu caminho se cruza com o nosso Concelho”.
Salientou que o Professor Carvalho Rodrigues, com sues conhecimentos, ao seu esforço e perseverança foi determinante para a “defesa do património cultural e histórico que são os barcos típicos do Tejo”..
Ao Professor Carvalho Rodrigues foi atribuída a Medalha de Mérito Cultural – “ pelo seu extraordinário contributo para o reconhecimento, salvaguarda e divulgação deste património, que sentimos nosso, mas sabemos que é também de toda a região e do país”. disse Rui Garcia.

Homenagem simbólica aos barcos do Tejo

O autarca a finalizar sublinhou a – “pequena maravilha que embeleza a entrada da Câmara Municipal por ocasião das Festas. Esta réplica da proa do varino Boa Viagem é uma homenagem simbólica aos barcos do Tejo, mas o que quero destacar é que ela foi construída no estaleiro do Mestre Jaime, por ele e pela sua equipa de artesãos, que lhe aplicaram as mesmas técnicas e arte que aplicam na construção de barcos verdadeiros. A eles endereço um profundo agradecimento, bem como ao Carlos Jorge que a concebeu e a todos os demais que colaboraram na sua construção e instalação".

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10154822217742681

12.09.2017 - 17:23
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2018 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

PUB. - ANUNCIO

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND