Conta Loios

reportagem

Barreiro / Moita - Gala Solidária assinala 26º aniversário da Persona
Uma noite de emoções para apoiar a inclusão social

Barreiro / Moita - Gala Solidária assinala 26º aniversário da Persona<br />
Uma noite de emoções para apoiar a inclusão social<br />
Ontem à noite, o Forum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, acolheu a Gala Solidária, evocativa do 26º aniversário da associação Persona.

Foi uma noite vivida com mutas emoções, com uma sala bem composta a dar um abraço aos que no dia-a- dia trabalham pela inclusão de cidadãos com deficiência mental.

A Gala Solidária, acontece pelo segundo ano, é um ponto de encontro da associação, dos seus técnicos, dirigentes, utentes e familiares com a comunidade.
Como referiu, Fernanda Gaspar, presidente da Direcção este iniciativa é o culminar de uma semana actividades que abriu as portas da associação á comunidade e motivou os utentes a aproximarem-se da vida quotidiana.
Na abertura da Gala Elisabete Pio, recordou que a Persona desempenha um papel importante na sociedade, promovendo a inclusão social dos seus utentes e ocupando um espaço que ficou vazio em Portugal, com o encerramento dos Hospitais Psiquiátricos.
A Persona desenvolve a sua acção nos concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, tendo a sua sede social no Barreiro.
Nesta Gala Solidária marcaram presença a Vereadora Vivina Nunes, da Câmara Municipal da Moita e Nuno Cavaco, presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, que deram apoio na realização deste evento solidário.

A Gala Solidária começou com a participação de Toni da Costa, um voz inconfundível que aqueceu o ambiente e proporcionou uma viagem pelos sons de Portugal e evocou Zeca Afonso.
Seguiu-se a voz juvenil de Beatriz da Conceição, com a suave melodia do fado, igualmente, a fadista, Flava Pessoa, fez sentir saudade e emoção.
à banda Petit Gatô, das melodias judaicas à bossa nova, com originais inspirados no blues ou no tango, o trio – Ricardo Torres, no clarinete; Emanuel Soares, no acordéon, e, Pedro Sousa, no contra baixo, proporcionaram um momento de criatividade e emoção musical.
Elizabete Pio, técnica da Persona – do Acorda o Fado – com uma voz melódica e doce, acompanhada pela banda Petit Gatô, marcou um momento de referência na Gala Solidária.
A encerrar o programa, vivido com intensidade e participação activa do público, foi a actuação de Gonçalo da Câmara Pereira, padrinho da Persona.

No final foram entregues lembranças aos participantes.
Fernanda Gaspar, presidente da Direcção da persona, sublinhou a presença do jornal «Rostos», recordou e agradeceu a atribuição do «Rosto do Ano 2018 – Solidariedade Social».

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156178837957681

26.05.2019 - 18:34

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.