Conta Loios

reportagem

Barreiro - Heritage» uma peça que faz pensar temas da vida quotidiana
O teatro como montra da vida

Barreiro - Heritage» uma peça que faz pensar temas da vida quotidiana<br>
O teatro como montra da vida. Volta a cena nos dias 15 e 22 de Junho, pelas 21h30, na SIRB «Os Penicheiros».

O Teatro Projéctor estreou a sua 40ª produção, a peça «Heritage», com base num texto Colectivo e encenação de Luciano Barata

Quatro mulheres, que vivem os esquemas das personagens, as suas ingenuidades, os seus confrontos humanos, enriquecem a acção dramática vivendo para lá do texto e dando-lhe vida.

O Teatro Projéctor estreou a sua 40ª produção, a peça «Heritage», com base num texto Colectivo e encenação de Luciano Barata.

A «Heritage» é uma peça que nos coloca a pensar temas da vida quotidiana, as relações interpessoais, os complexos, eu e o outro, a vida e a morte. O teatro como montra da vida.
Uma peça que começa com as actrizes num espaço de proximidade com o público, interagindo, puxando, pelo diálogo o público para o meio da cena. Tornando-o actor.
Uma peça de enigmas e de conflitos. Um texto que procura desmitificar a sexualidade, que motiva a pensar, com ironia e riso. Sim, porque o riso até uma tese de mestrado.
Fazer rir. Levar cada uma a pensar como pode começar por rir de si mesmo. Libertar-se.
Uma peça com um texto critico, de sátira social, sem criticismo, onde cada um pode colocar as suas visões e dimensões ideológicas. Acima de tudo é uma viagem pela condição humana.

Uma encenação simples. Interessante as mudanças de espaço cénico, feita de forma subtil e permitindo dar continuidade à acção dramática sem rupturas. Luz, som e guarda roupa dão a dimensão da vivacidade do fazer espectáculo.

As quatro actrizes estão espectaculares. Soberbas. Dominam as personagens, dão-lhes projecção.
Conceição Lopes, aguenta a dicção de uma “prima de Cascais” com perfeição. Agarra os tiques e as suas fanfarronices.
Lilia Pinto é uma personagem que motiva a pensar o seu drama,os seus valores, as suas opções sexuais, concretiza uma interpretação irreverente e humanizada, dando dimensão estética às suas opções de vida. A catarse.
Inês Nunes ou Maria João Quaresma, proporcionam a dimensão psicológica das suas personagens, e contextualizam-se nas situações. Positivo.

Uma peça que ganha com a pujança destas quatro mulheres em palco, que vivem por dentro do texto, caracterizam as personagens, dão-lhes ritmo, dimensão gestual, satírica, irónica e autenticidade dramaturgica.
Quatro mulheres, que vivem os esquemas das personagens, as suas ingenuidades, os seus confrontos humanos, enriquecem a acção dramática vivendo para lá do texto e dando-lhe vida.
Um espectáculo a não perder. Gostei pela acção dramática, pelo texto e pela sobriedade.

António Sousa Pereira

Ficha Técnica

Teatro Projéctor
«Heritage»
Texto Colectivo
Estreia na SIRB «Os Penicheiros» no dia 8 de Junho de 2019

Encenação – Luciano Barata

Actrizes
Lilia Pinto
Inês Nunes
Maria João Quaresma
Conceição Lopes Silva

Sinopse

Silvia, Leninha, Rita e Maria Luisa, são quatro irmãs, que depois de muito tempo afastadas se reencontram durante o velório da mãe. Mas quase de imediato a divisão da herança motiva um mergulho no passado e uma discussão sobre os episódios retidos na memória de cada uma. A subtil separação entre os sentimentos e sua expressão social revela a inegável marca do tempo e sua corrosão sobre as emoções humanas que são a fonte de toda a dramaticidade. O humor não é o elemento que norteia os diálogos e a acção, porque em primeiro lugar está a coerência de cada personagem e as suas bem marcadas contradições.
E esse conflito, que as diferencia e divide, caracteriza-se num jogo competitivo que abre espaço à crueldade muito embora permita que no final se retome a unidade.

Luciano Barata

Cenografia, Imagem e Cartaz – Abílio Apolinário

Nota – A peça volta a cena nos dias 15 e 22 de Junho, pelas 21h30, na SIRB «Os Penicheiros».

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156216605797681

13.06.2019 - 16:26

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.