Conta Loios

reportagem

Helena Gonçalves, Procuradora da República
O idoso é a vítima de violência doméstica mais desprotegida
. No Barreiro há 20 situações de mulheres em programa de teleassistência

Helena Gonçalves, Procuradora da República<br />
O idoso é a vítima de violência doméstica mais desprotegida<br />
. No Barreiro há 20 situações de mulheres em programa de teleassistência<br />
. As prioridades devem centrar-se na “prevenção” na “educação”

. É inexistente o programa para agressores de violência doméstica em meio prisional

Helena Gonçalves, Procuradora da República, no decorrer das Jornadas sobre violência doméstica, promovidas pela Delegação do Barreiro da Ordem dos Advogados, alertou para as situações que afectam os idosos vitimas de violência doméstica, pela sua fragilidade e vivência solitária.

Helena Gonçalves, Procuradora da República, na sua intervenção salientou que a violência doméstica é “um problema de saúde pública”, assim como é “um problema de educação sobre “igualdade de género” e de defesa dos “direitos humanos”.
Referiu que nas acções a desenvolver as prioridades deviam centrar-se na “prevenção” na “educação”.
Os programas para agressores de violência doméstica deviam aumentar em número e diversidade.

Sistema devia servir a vitima

“A rede nacional não propicia uma cooperação efectiva entre todos os parceiros relevantes”, disse.
Alertou para as falhas de interacção entre Tribunais, para a necessidade de cooperação, porque, nestes processos a vitima devia estar no centro.
O sistema devia servir a vitima, devia estar ao serviço da vitima, mas o que acontece é que vitima anda à volta do sistema.

O idoso é a vítima mais desprotegida

No âmbito da violência doméstica, a Procuradora da República, alertou para as situações que afectam os idosos vitimas de violência doméstica, pela sua fragilidade e vivência solitária.
Recordou que estes calam-se, por um sentimento de protecção em relação ao agressor, têm vergonha de denunciar os seus filhos, porque eles, afinal, são o resultado da sua falha ao nível da educação.
Os filhos exercem violência sobre os pais, por vezes, quando estão em situação de desemprego, e, os seus pais acabam por ser a sua única fonte de rendimento.
“O idoso é a vítima mais desprotegida”, disse.
Referiu que 81 % das vitimas são mulheres, sendo 65% com mais de 65 anos. Quanto aos agressores 685 são do sexo masculino, com idades entre os 34 e 45 anos.
Entre 2013 e 2017, foram registados, pela APAV, 3.387 processos de apoio a pais vitimas de violência doméstica.

Inexistente programa para agressores de violência doméstica em meio prisional

Helena Gonçalves, na sua intervenção recordou que as vitimas são de todos os extractos sociais, económicos e étnicos, no geral cerca de 80% das vitimas são mulheres e 84% dos agressores são nhomens, enquanto 13% das vitimas são menores de 6 anos.
Recordou que ao longo dos anos temos trilhado um caminho de consciência e da grande especificidade sobre este crime, desenvolvendo programas para os agressores.
Referiu que é inexistente o programa para agressores de violência doméstica em meio prisional.


Vitima de violência doméstica é uma vitima vulnerável

Salientou o facto de se registar um aumento de situações de teleassistência, que protege as vitimas da proximidade dos agressores.
Se, no ano 2011, existiam 28 situações de tele assistência, em 2018, foram registados 675 situações.
No Barreiro, segundo divulgou a Chefe Conceição, da Divisão da Policia de Segurança Pública do Barreiro, neste momento, há 20 casos de vitimas no programa de teleassistência.
As vitimas encontram no apoio policial “uma voz amiga”, alguém com quem “partilham problemas”.
“A vitima de violência doméstica é uma vitima vulnerável”, referiu a Chefe Conceição, que, acrescentou, ao longo deste processo, pelas relações que estabelece forja amizades.
“Há pessoas que anos depois de já não estarem no programa, ainda telefonam para conversar. Dizem que sentem-se bem por escutar a minha voz”, referiu.

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156225117067681

18.06.2019 - 22:09

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.