Conta Loios

reportagem

Barreiro – CDU e PSD criticam ausência de informação sobre PDM
Desenvolvimento económico também é habitação nova refere Rui Braga

Barreiro – CDU e PSD criticam ausência de informação sobre PDM<br />
Desenvolvimento económico também é habitação nova refere Rui Braga<br />
. Oficinas da EMEF ninguém fala, sublinha José Paleta

. Vai ser debatido primeiro Regulamento Municipal de Concessão de Incentivos ao Investimento,

Rui Braga, vereador responsável pela área do planeamento, sobre o PDM referiu que
foi distribuído aos partidos da Assembleia Municipal do Barreiro um documento onde está patente a estratégia de revisão do PDM.
Quer o Bloco de Esquerda, quer a CDU não receberam o documento. O Presidente da AMB salienta que foi recepcionado e que terá sido distribuído.

Na reunião da Assembleia Municipal do Barreiro, ontem à noite, nas instalações do Sporting Clube Lavradiense, no decorrer do ponto da ordem de trabalhos sobre a informação escrita do presidente, o desenvolvimento económico do concelho e a estratégia de revisão do PDM – Plano Director Municipal, foram temas que suscitaram alguns momentos de debate politico.

Não há informação sobre intervenções a este nível

José Caetano, deputado da CDU, ontem à noite, na reunião da Assembleia Municipal do Barreiro, sublinhou que o crescimento económico é uma questão central no futuro do concelho do Barreiro, de forma a superar a perda de emprego e crise económica que começou na década de 80.
Referiu que, no anterior executivo municipal, na informação periódica do presidente, eram divulgados dados sobre esta temática, quer sobre o que era feito na promoção do concelho, quer ate de contactos feitos, sublinhando que, actualmente - “não há informação sobre intervenções a este nível”.
O deputado da CDU, interrogou sobre a situação do Terminal de Contentores, sobre o Aeroporto do Montijo e também sobre o Plano de Ordenamento do Território da Quimiparque/ Baía do Tejo.
José Caetano, comentou o facto de na informação do presidente não existir informação sobre o crescimento económico, nem sobre estratégia para o concelho sobre esta temática – “não vem nada”.

Plano Director Municipal – “não é mencionado”

Também sobre esta temática, Victor Castro Nunes, deputado do PSD, interrogou sobre o PDM – Plano Director Municipal, porque acerca desta matéria na informação do presidente – “não é mencionado”.
O deputado social democrata salientou que o crescimento económico e a criação de emprego são matérias importantes, que não está referidas na informação do presidente da Câmara.
Igualmente solicitou informações sobre o Terminal de Contentores, o aeroporto do Montijo, a Ponte Barreiro-Seixal e a Ponte Barreiro – Montijo.

Documento sobre estratégia de revisão do PDM

Rui Braga, vereador responsável pela área do planeamento, a propósito do Plano de Urbanização da Quimiparque/Baía do Tejo, referiu que está em desenvolvimento em sintonia entre a Câmara e a Baía do Tejo.
Sobre o PDM – Plano Director Municipal, disse, desconhecer o que vem de trás sobre esta matéria, e divulgou que foi distribuído aos partidos da Assembleia Municipal do Barreiro um documento onde está patente a estratégia de revisão do PDM.
Referiu que o referido documento com a estratégia vai a reunião de Câmara.

Bloco de Esquerda não tem conhecimento de documento.

Sobre o documento de estratégia para elaboração do PDM, Francisco Alves, do Bloco de Esquerda, sublinhou não ter conhecimento de qualquer documento.
O presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, André Pinotes, salientou que o mesmo foi recepcionado, e, que, terá sido enviado aos líderes dos partidos políticos.

Porque não foi envolvida AMB

José Caetano, da CDU, referiu desconhecer o documento sobre estratégia de revisão do PDM, e interrogou se a elaboração de um documento desta natureza, não devia ter sido previamente analisado com a Comissão de Planeamento da Assembleia Municipal – “Porque não foi envolvida?”, interrogou.
O deputado da CDU criticou que sobre esta matéria se apresentem “ideias acabadas”, assim como quem afirma quem decide sou eu e “os outros abanam a cabeça”.

Concessão de Incentivos ao Investimento

O vereador do planeamento, sobre o desenvolvimento económico salientou que na ordem de trabalhos da Assembleia Municipal do Barreiro, vai estar em discussão, o primeiro Regulamento Municipal de Concessão de Incentivos ao Investimento, com o objectivo de sediar empresas, dando benefícios fiscais, criando capacidade de captar e criar emprego.
Recordou que desenvolvimento económico também é habitação nova, uma temática que referiu deve ser debatida.

Pedir responsabilidades à Administração Central.

José Caetano, CDU, manifestou a sua discordância que se conseguem atrair investimentos para o Barreiro, por se baixar o IRC ou outras taxas, sublinhando que sobre esta matéria é preciso pedir responsabilidades à Administração Central.

Ainda não foi discutido

Rui Braga, sobre o Terminal de Contentores, após o parecer negativo da APA, não existem novidades.
Acrescentou sobre o PDM que estão distribuídos os documentos sobre a estratégia de revisão à Assembleia Municipal – “ainda não foi discutido”.
E interrogou José Caetano sobre as suas ideias de revisão do PDM- “Qual é sua ideia?”

Oficinas da EMEF ninguém fala

José Paleta, CDU, defendeu que ao nível do desenvolvimento económico o Barreiro precisa de um sector produtivo, sendo necessário pressionar o governo, nomeadamente sobre o Terminal de Contentores, ou sobre o polo ferroviário, como é o caso das Oficinas da EMEF – “ninguém fala”.
Referiu, igualmente, a importância de avançar a Ponte Barreiro – Seixal.
Segundo o deputado da CDU, o PS tem outra concepção de desenvolvimento económico, mas é bem vindo a esta discussão.

Exercer diplomacia económica

Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro, salientou que a criação de emprego não é á Câmara Municipal do Barreiro que compete, pode é exercer uma “diplomacia económica”, neste contexto considerou importante a criação do Regulamento Municipal de Incentivos.
O edil recordou o investimento anunciado de 400 postos de trabalho em Palhais, por essa razão, apesar de salientar que “há boas novidades”, não pretende anunciar nada porque – “não quero que aconteça como a nova fábrica de Palhais”.

Requalificação e a reabilitação do Barreiro

O presidente da Câmara Municipal do Barreiro, referiu que está em curso a concretização da cartografia do concelho, essencial á elaboração do PDM, um trabalho que está a decorrer partindo da estratégia.
A requalificação do Barreiro e a reabilitação são fundamentais, disse.
Sublinhou, ainda, que o Regulamento de Incentivos é essencial.
“Querem o desenvolvimento e estão contra isto tudo”, afirmou.

APL está a fazer o contraditório

Isidro Heitor, PS, referiu que o PS sempre apostou no desenvolvimento económico do Barreiro e, recordou que sobre o Terminal de Contentores a APL está a fazer o contraditório do parecer negativo da APA.

03.07.2019 - 05:35

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.