Conta Loios

reportagem

Barreiro é o concelho mais envelhecido na área Metropolitana de Lisboa
Há um deficit de respostas à doença do Alzheimer e outros tipos de demência

Barreiro é o concelho mais envelhecido na área Metropolitana de Lisboa<br />
Há um deficit de respostas à doença do Alzheimer e outros tipos de demência<br />
. É preciso romper com os estigmas e o silêncio que rodeiam este tipo de patologias

Sara Oliveira, Provedora da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro, afirmou que a situação de pessoas afectadas por problemas da memória ou demência “é preocupante” ao nível do Barreiro.

Sara Ferreira, Vereadora da Câmara Municipal do Barreiro, responsável pela área social, defendeu a necessidade de se aumentar as respostas sociais que faltam nesta área.

Sara Oliveira, Provedora da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro, ontem à tarde, na abertura da sessão de assinatura do protocolo que visa a criação de um Café Memória, no Barreiro, salientou o “impacto social” das pessoas que padecem de demência em Portugal.
A Provedora referiu que no país são 205 mil pessoas atingidas por problemas da memória ou demência, situação que afecta a vida das famílias e a comunidade.

Situação no Barreiro “é preocupante”

Sara Oliveira, afirmou que a situação no Barreiro “é preocupante”, devido ao aumento do número de idosos e envelhecimento da população – “o aumento exponencial de idosos contribui para o crescimento da doença do Alzheimer e outros tipos de demência.
Salientou que a Santa Casa da Misericórdia está atenta a esta situação por essa razão definiu como estratégia uma opção de intervir com prioridade nesta área.

É preciso romper com os estigmas e o silêncio

A provedora da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro, sublinhou que a criação do «Café Memória» tem como objectivo sensiblizar o poder público e a população do Barreiro para esta temática – “é preciso romper com os estigmas e o silêncio que rodeiam este tipo de patologias”, disse.
O Café Memória vai ser um espaço que vai proporcionar a reflexão alargado a familiares e profissionais.
Recordou que as pessoas com problemas de memória e demência perdem a sua identidade, a sua vida anterior e interior, perdem os laços e afectos.

Existe no concelho um deficit de respostas sociais

Sara Ferreira, Vereadora da Câmara Municipal do Barreiro, responsável pela área social, salientou que o Barreiro é o concelho mais envelhecido na área Metropolitana de Lisboa e, disse, que existe no concelho um deficit de respostas sociais nesta área.
Defendeu a necessidade de se aumentar as respostas sociais que faltam nesta área, para se garantir mais apoio à comunidade.
A doença do Alzheimer tem vindo a aumentar, fruto do aumento da esperança de vida, por essa razão, sublinhou que são necessárias mais respostas – “os cuidadores informais são esquecidos”.
Neste contexto, referiu que o Café Memória é fundamental para proporcionar mais repostas, um projecto que é resultado de uma parceria.
A autarca referiu que as parcerias são fundamentais com IPSS’s, com o Comércio local e e outras entidades para reflectir e criar sinergias.

Café Memória no Restaurante Talho Central

Ontem no final da sessão, que decorreu no auditório da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro, a Sonae Sierra e a Associação Alzheimer Portugal assinaram o Protocolo de criação do Cafè Memória, no Barreiro, numa parceria que envolveu a Santa Casa da Misericórdia do Barreiro, a Câmara Municipal do Barreiro e o Restaurante Talho Central
De referir que a primeira sessão do «Café Memória» vai realizar-se no próximo dia 14 de setembro, das 9h30 ás 11h30, no Restaurante Talho Central, junto ao Parque Catarina Eufémia
As sessões, sempre com entrada livre, e sem necessidade de inscrição prévia, terão lugar aos segundos sábados de cada mês, das 9h30 às 11h30, sempre no restaurante Talho Central

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156393642072681

06.09.2019 - 00:04

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.