Conta Loios

reportagem

Pedro Dominguinhos, Presidente do Instituto Politécnico de Setúbal
EST Barreiro é «uma escola que é uma referência ao nível internacional»

Pedro Dominguinhos, Presidente do Instituto Politécnico de Setúbal<br>
EST Barreiro é «uma escola que é uma referência ao nível internacional» . Uma escola com taxa de empregabilidade plena

. Saudação ao jornal «Rostos» que tem acompanhado desde sempre a vida do Instituto

“A escola hoje é uma escola que é uma referência ao nível internacional e, é, igualmente, uma escola que promove a igualdade de oportunidades, nomeadamente, quando proporciona a muita gente que está a trabalhar estudar em horário pós-laboral.”, afirmou Pedro Dominguinhos, Presidente do IPS, na sessão evocativa dos 20 anos da ESTB.

Foi no dia 15 de Novembro de 1999, nas suas antigas instalações no Bairro Operário - onde actualmente funciona a Escola Profissional Bento Jesus Caraça - que começou a funcionar a Escola Superior de Tecnologia do Barreiro.
Ontem, nas suas novas instalações, na Urbanização dos Fidalguinhos, foram cantados os parabéns, celebrando-se os 20 anos de vida.

Nunca devemos esquecer a memória institucional

Pedro Dominguinhos, Presidente do Instituto Politécnico de Setúbal, no decorrer da sessão evocativa do 20 º aniversário da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro, salientou o papel da Câmara Municipal do Barreiro para com a ESTB, quer do actual presidente da autarquia, Frederico Rosa.
Salientou, igualmente o contributo de Pedro Canário, presidente da Câmara na data do arranque da ESTB, que foi “um grande aliado” na afirmação da importância da escola para o concelho e para a região.
Referiu, que quando se celebra a vida de uma instituição, “nunca devemos esquecer” “a memória institucional”, sublinhando que por este contributo foi atribuído à Câmara Municipal do Barreiro, nas celebrações dos 40 anos do Instituto Politécnico de Setúbal, a distinção de “Instituição Benemérita”, um reconhecimento aos diversos executivos da CMB, que têm sido um parceiro fundamental.
“Queremos que continue a ter, cada vez mais, esse papel relevante, porque só a colaboração entre diferentes instituições do território, conseguimos construir território, construir cidade, e, sobretudo dar oportunidades às pessoas que aqui vivem, que aqui querem viver e que daqui não querem sair”, disse.

Construiram a familia da ESTB

O presidente do IPS saudou o actual director da ESTB, Pedro Neto, assim como os seus antecessores João Vinagre, que foi o primeiro, Otilia Dias e Pedro Ferreira, todos pela sua acção construiram a “familia da ESTB, assim como para afirmar a escola ao nível nacional e internacional.
Referiu o contributo do Rotary Club do Barreiro na atribuição de Bolsas de Estudo.
Sublinhou a presença da professora Cristina Ferreira, uma memória viva, um exemplo que faz recordar os propósitos, essenciais no trabalho, a união e a coesão, no construir para os outros, no fazer a instituição – “a capacidade de trabalharmos juntos, que aprendi consigo”.

Reconhecer a importância dos nossos parceiros

Pedro Dominguinhos, sublinhou o contributo dos estudantes, de todos os diplomados, que foram a realidade da escola nestes seus 20 anos a criar valor, para a região e para a cidade.
Saudou a comunicação social, em particular o jornal «Rostos» que tem acompanhado, desde sempre, a vida do Instituto e continua a acompanhar – “é fundamental reconhecermos a importância dos nossos parceiros”.

Uma escola que promove a igualdade de oportunidades

O Presidente do IPS sublinhou o papel do IPS e da ESTB na qualificação dos recursos humanos da região, este, disse, é um alvo fundamental da missão do instituto e da escola, quer ao nível nacional, quer ao nível internacional – “sem a qualificação não vencemos os desafios que se nos colocam”.
“A escola hoje é uma escola que é uma referência ao nível internacional e, é, igualmente, uma escola que promove a igualdade de oportunidades, nomeadamente, quando proporciona a muita gente que está a trabalhar estudar em horário pós-laboral.”, afirmou.

Uma escola forte cada vez mais enraizada na comunidade

Pedro Dominguinhos, salientou o espírito de abertura da ESTB, o sair de portas, que não é apenas sair, mas é também a capacidade de trazer as entidades externas para a sua estratégia, para os seus desafios, quer seja ao nível da instituição, em relação ao ensino, ao empreendedorismo, ou da responsabilidade social.
“Estou certo que continuaremos a ter uma escola forte, cada vez mais enraizada na comunidade, e, agora com muito mais capacidade pela qualificação do seu corpo docente, pela sua competência em fazer coisas de uma forma completamente diferente”, referiu.
A encerrar a sua intervenção, procedeu à entrega, de forma simbólica, a escultura que assinala os 40 anos do IPS – Instituto Politécnico de Setúbal.

Uma investigação de qualidade

Pedro Neto, Director da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro, salientou que esta é uma escola que conta com profissionais de alta competência, com uma investigação de qualidade, que presta serviços especializados e cuja taxa de empregabilidade dos seus alunos atinge os 100% - “atinge a taxa de empregabilidade plena”.

Contributo para a cidade do Barreiro

Frederico Rosa , Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, salientou que a ESTB é uma grande familia, referiu a qualidade da educação, uma instituição com as portas abertas que dá um grande contributo para a cidade do Barreiro

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156574545052681

16.11.2019 - 07:02

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.