Conta Loios

reportagem

Barreiro - Vigilia contra pagamento do estacionamento nos parques do Hospital.
Conselho de Administração afirma parqueamento pago será realidade irreversível

Barreiro - Vigilia contra pagamento do estacionamento nos parques do Hospital.<br />
Conselho de Administração afirma parqueamento pago será realidade irreversível<br />
. Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro Montijo informou que o parqueamento pago será uma realidade irreversível

“Trata-se o parqueamento no acesso à saúde como se de uma ida ao shopping se tratasse. Não o podemos permitir”, afirmou Jessica Pereira, da Comissão de Utentes.

A Comissão de Utentes dos Serviços públicos do Barreiro realizou uma vigilia junto à entrada do Hospital de Nª Srª do Rosário do Barreiro, tendo como objectivo expressar a discordância pelo anunciado pagamento do estacionamento, nos parques do Hospital.

Parqueamento pago será uma realidade irreversível

Jessica Pereira, da Comissão de Utentes referiu que a Comissão de Utentes reuniu com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro Montijo que informou – “o parqueamento pago será uma realidade irreversível”, tendo sido sublinhado que esta decisão tem por justificação que esta é uma situação normalizada com as decisões de outros Centros Hospitalares da região.

Barreiro tem uma rede de transporte público.

Salientou Jessica Pereira, que o Conselho de Administração considera que existe estacionamento disponível na zona envolvente do Hospital e o concelho do Barreiro tem uma rede de transporte público.
Acrescentou Jessica Pereira que a Comissão de Utentes foi informada que o preçario a aplicar será diversificado, entre utentes e trabalhadores, embora não tendo sido divulgados os valores.

Comissão de Utentes alertou o Presidente da Câmara

Jessica Pereira afirmou que sobre esta situação a Comissão de Utentes alertou o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, numa intervenção efectuada na Reunião da Câmara Municipal, tendo o autarca afirmado, disse, que a sua posição seria “tendencialmente contra que se cobre”.
O assunto foi igualmente apresentado numa reunião da Assembleia Municipal do Barreiro.

Medida sobrecarrega quem tem menos recursos

“Entendemos que a cobrança de parque de estacionamento não tem lugar num serviço que se fundou e que se deseja gratuito e universal”, salientou Jessica Pereira.
“Esta medida só vem sobrecarregar ainda mais quem tem menos recursos, criando mais barreiras no acesso aos cuidados de saúde, para além das taxas moderadoras já existentes e no custo crescente dos medicamentos e demais cuidados. Trata-se o parqueamento no acesso à saúde como se de uma ida ao shopping se tratasse. Não o podemos permitir”, acrescentou.

Garantido estacionamento gratuito aos funcionários

No decorrer da vigilia foi expressa a solidariedade por representantes de diversas organizações e entidades, nomeadamente pelo MURPI – Movimento Unitário de Reformados, Pensionistas e Idosos, pela AMPM – Associação de Mulheres com Patologia Mamária, pela USS – União dos Sindicatos de Setúbal – que exigiu que seja garantido o estacionamento gratuito aos funcionários - , pelas Comissão de Utentes da Baixa da Banheira, por Joaquim Correia, representante do Partido Ecologista «Os Verdes», e por Nuno Cavaco, presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, que afirmou – “os utentes não têm que se penalizados com mais taxas”, expressando a opinião contra esta medida por parte do executivo da freguesia.

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156799324797681

11.02.2020 - 16:50

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.