Conta Loios

reportagem

Barreiro - Novas instalações da Unidade de Técnicas Endoscópicas
Melhores condições para os utentes e profissionais de saúde
. Investimento de 370 mil euros

Barreiro - Novas instalações da Unidade de Técnicas Endoscópicas<br />
Melhores condições para os utentes e profissionais de saúde<br />
. Investimento de 370 mil euros A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, no decorrer da inauguração das novas instalações da Unidade de Técnicas Endoscópicas, sublinhou que esta unidade é de grande importância em estratégias de proximidade e contribui para valorização do papel do Serviço Nacional de Saúde.

A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, hoje ao fim da manhã, inaugurou as novas instalações da Unidade de Técnicas Endoscópicas, no Hospital Nossa Senhora do Rosário do Centro Hospitalar Barreiro Montijo.

Cumprir as premissas constitucionais

Jamila Madeira, sublinhou que este equipamento é um exemplo do esforço continuado por parte do Governo no sentido de proporcionar condições para que – “o Serviço Nacional de Saúde continue a desempenhar o seu papel de instrumento de igualdade numa democracia como a nossa, é no acesso e na capacidade de providenciar os serviços de saúde que os utentes precisam que nós conseguimos, de facto, democratizar a saúde e cumprir as premissas constitucionais”.

Repor capacidade produtiva

A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde referiu que no decorrer da legislatura o governo reforçou a capacidade financeira e repôs a capacidade financeira do Serviço Nacional de Saúde, voltada para os recursos humanos – “e, agora, estamos na senda de repor capacidade produtiva, com mais investimento”, quer no plano financeiro, quer no plano de melhoria de resposta em investimentos.
Salientou que a Unidade de Técnicas Endoscópicas é de grande importância em estratégias de proximidade, no acompanhamento, terapêutica e valoriza o Centro Hospitalar Barreiro Montijo.
Referiu como relevante o facto da equipa da nova Unidade ter sido motivada para a implementação de um CRI – Centro de Responsabilidade Integrado.

Criação do Centro de Responsabilidades Integrado

Pedro Lopes, Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, salientou que as novas instalções vão permitir dar resposta toda a tipologia exames, com maior rentabilização, que não acontecia até ao momento, dado que vai ser possível “internalizar grande parte dos exames, que estão sendo feitos fora da instituição, com incómodo do doente, que tem que deslocar e incómodo dos profissionais que têm que acompanhar o doente”.
Referiu que as novas instalações proporcionam melhores condições aos utentes, assim como aos profissionais de saúde, criando até condições, para desenvolver novas dinâmicas do serviço.
A criação do Centro de Responsabilidades Integrado, com o objectivo de fazer mais com os recursos que existem, optimizar os recursos – “este é o pontapé de saída para obtermos melhores resultados para a população”.
Pedro Lopes, referiu que a melhoria dos equipamentos, são também “elementos indutores da motivação dos próprios profissionais”.

Um investimento de 370 mil euros.

Recorde-se que o Centro Hospitalar Barreiro Montijo tem uma área de influência de cerca de 215 mil habitantes.
As obras realizadas nas novas instalações da Unidade de Técnicas Endoscópicas, corresponderam a um investimento de 370 mil euros.
Nesta Unidade são realizados exames médicos nas áreas da Gastroenterologia, Otorrinolaringologia e Pneumologia.
O investimento permitiu a criação de uma nova sala de exames e um espaço de Hospital de Dia para os doentes do foro gastroenterológico; bem como uma sala adequada à vigilância peri-endoscópica.

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156883816777681

05.03.2020 - 18:20

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.