Conta Loios

moldura

Barreiro - Suposto «encerramento» da Unidade de Saúde Familiar do Lavradio
ACES refere total ausência de fundamento

Barreiro - Suposto «encerramento» da Unidade de Saúde Familiar do Lavradio<br />
ACES refere total ausência de fundamento A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro, em comunicado, sublinha sobre o suposto “encerramento” da Unidade de Saúde Familiar do Lavradio, que a ACES afirma a total ausência de fundamento de tais supostas informações sobre o possível encerramento dessa Unidade de Saúde Familiar.

Divulgamos o comunicado que recebemos da Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro:

Sobre o suposto “encerramento” da Unidade de Saúde Familiar do Lavradio.

1- Aquando da última Assembleia Municipal do Barreiro, extraordinária, realizada no passado dia 30 de janeiro, a CUSPAS, Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro, efetuou, no período de intervenção do público, uma intervenção chamando a atenção dos responsáveis autárquicos para alguns dos problemas do estado da saúde no concelho.

2- Particularmente, a CUSPAS chamou a atenção para a carência de infraestruturas de saúde, Centros de Saúde e Unidades de Saúde Familiar e para o grave problema de continuarem a existir cerca de 18 mil utentes sem médico de família.

3- Na mesma sessão a CUSPAS procurou chamar a atenção dos autarcas para a urgente necessidade de construção do Centro de Saúde do Alto Seixalinho, uma das zonas mais populosas e com menos equipamentos de saúde.

4- Nessa sessão, o Senhor Presidente da Assembleia Municipal fez um apelo à intervenção da CUSPAS no sentido de desmistificar alegados boatos sobre o eventual encerramento da USF do Lavradio.

5- De imediato a CUSPAS indagou junto do Senhor Diretor Executivo do ACES, Agrupamento de Centros de Saúde do Arco Ribeirinho da veracidade, ou da falta dela, sobre essa eventualidade.

6- Como resposta, recebeu a CUSPAS um email, do responsável do ACES, afirmando a total ausência de fundamento de tais supostas informações sobre o possível encerramento dessa Unidade de Saúde Familiar.

7- Nesta conformidade, e confiando na informação do ACES, a CUSPAS regista que são infundadas eventuais preocupações quanto ao assunto e que é dever de todos pugnar pela defesa da verdade rejeitando assim dar voz aos boatos.

Barreiro, 10 de fevereiro de 2019
Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro

11.02.2019 - 00:04

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.